• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#67978
A declaração universal dos Direitos humanos de 1948 defende a manutenção do respeito entre os povos de uma mesma nação. No entanto, no cenário brasileiro atual observa-se justamente o contrário, quando a questão dos Desafios do combate à obesidade no Brasil. Nesse contexto, percebe-se a configuração de um grave problema de contorno específico, em virtude da má alimentação e a da falta de exercícios físicos.
Em primeiro lugar, deve-se destacar a má alimentação como uma das causas da obesidade no Brasil. Nesse sentido, percebe-se que muitos jovens têm uma má alimentação na atualidade, ademais comem em excesso hambúrguer, pizza, doces e entre outras comidas sem perceberem o quanto faz mal para a saúde. Como diz o filósofo George Bernard Shaw "O processo é impossível sem mudança e aqueles que não conseguem mudar a mente não conseguem mudar nada", dessa maneira é necessário mudanças.
Além disso, é fundamental apontar a falta de exercícios físicos como impulsionador da obesidade no Brasil. Segundo Confúcio "Não corrigir as falhas é o mesmo que cometer novos erros". Diante de tal exposto, é necessário saber que atualmente muitos jovens são sedentários e com isso deve além de uma boa alimentação, colocarem em seus horários vagos a prática de alguma atividade física. Logo, é inaceitável não fazermos nada em relação a este problema.
Portanto, os desafios do combate a obesidade no Brasil é assunto de interesse comum para uma melhor sociedade. Para osso, é imprescindível que o Ministério da Educação (MEC) proponha palestras nas escolas sobre como a alimentação saudável é importante e também o quão prejudicial à saúde é a falta de exercícios físicos, com a finalidade de amenizar a obesidade atualmente, além de conscientizar muitos jovens sobre essa temática. Afinal, um Estado democrático tem como princípio o respeito da dignidade da pessoa humana.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 130

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Com essa pontuação, ou o tema da redação é desenvolvido adequadamente, porém de forma previsível, com pouco avanço em relação ao senso comum ou, embora o texto demonstre domínio adequado do tipo textual exigido, a progressão textual apresenta algum problema.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 70

Você atingiu aproximadamente 40% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas desorganizados ou contraditórios e limitados aos argumentos dos textos motivadores apresentados na proposta de redação.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 110

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 100

Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

#67982
A declaração universal dos Direitos humanos de 1948 defende a manutenção do respeito entre os povos de uma mesma nação. No entanto, no cenário brasileiro atual observa-se justamente o contrário, quando a questão dos Desafios do combate à obesidade no Brasil. Nesse contexto, percebe-se a configuração de um grave problema de contorno específico, em virtude da má alimentação e a da falta de exercícios físicos.
Em primeiro lugar, deve-se destacar a má alimentação como uma das causas da obesidade no Brasil. Nesse sentido, percebe-se que muitos jovens têm uma má alimentação na atualidade, ademais comem em excesso hambúrguer, pizza, doces e entre outras comidas sem perceberem o quanto faz mal para a saúde. Como diz o filósofo George Bernard Shaw "O processo é impossível sem mudança e aqueles que não conseguem mudar a mente não conseguem mudar nada", dessa maneira é necessário mudanças.
Além disso, é fundamental apontar a falta de exercícios físicos como impulsionador da obesidade no Brasil. Segundo Confúcio "Não corrigir as falhas é o mesmo que cometer novos erros". Diante de tal exposto, é necessário saber que atualmente muitos jovens são sedentários e com isso deve além de uma boa alimentação, colocarem em seus horários vagos a prática de alguma atividade física. Logo, é inaceitável não fazermos nada em relação a este problema.
Portanto, os desafios do combate a obesidade no Brasil é assunto de interesse comum para uma melhor sociedade. Para isso, é imprescindível que o Ministério da Educação (MEC) proponha palestras nas escolas sobre como a alimentação saudável é importante e também o quão prejudicial à saúde é a falta de exercícios físicos, com a finalidade de amenizar a obesidade atualmente, além de conscientizar muitos jovens sobre essa temática. Afinal, um Estado democrático tem como princípio o respeito da dignidade da pessoa humana.
#68254
Ei Jamily, posso sim!
Assim que possível. Tenho andado bem ocupada nesses últimos dias, mas em breve te dou um retorno! :D
#68443
Oi, tudo bem? Vamos à correção.

A declaração universal dos Direitos humanos de 1948 defende a manutenção do respeito entre os povos de uma mesma nação (contextualização). No entanto, no cenário brasileiro atual observa-se justamente o contrário, quando a (quanto à) questão dos Desafios do combate à obesidade no Brasil (tese). Nesse contexto, percebe-se a configuração de um grave problema de contorno específico, em virtude da má alimentação e a da falta de exercícios físicos (encaminhamento).

Em primeiro lugar, deve-se destacar a má alimentação como uma das causas da obesidade no Brasil (apresentação da ideia). Nesse sentido, percebe-se que muitos jovens têm uma má alimentação na atualidade, ademais comem em excesso hambúrguer, pizza, doces e entre outras comidas sem perceberem o quanto faz mal para a saúde (como você comprova isso?) (encaminhamento da argumentação). Como diz o filósofo George Bernard Shaw "O processo é impossível sem mudança e aqueles que não conseguem mudar a mente não conseguem mudar nada", dessa maneira é necessário mudanças (fechamento).

Além disso, é fundamental apontar a falta de exercícios físicos como impulsionador da obesidade no Brasil (apresentação da ideia). Segundo Confúcio (quem é esse?) "Não corrigir as falhas é o mesmo que cometer novos erros". Diante de tal exposto, é necessário saber que atualmente muitos jovens são sedentários e com isso deve além de uma boa alimentação, colocarem em seus horários vagos a prática de alguma atividade física (como você comprova isso?) (encaminhamento da argumentação). Logo, é inaceitável não fazermos (Não pode utilizar primeira pessoa) nada em relação a este problema (fechamento).

Portanto, os desafios do combate a obesidade no Brasil é assunto de interesse comum(não recomendo utilizar) para uma melhor sociedade. Para isso, é imprescindível que o Ministério da Educação (MEC) (agente) proponha palestras nas escolas sobre como a alimentação saudável é importante e também o quão prejudicial à saúde é a falta de exercícios físicos (ação), com a finalidade de amenizar a obesidade atualmente, além de conscientizar muitos jovens sobre essa temática (finalidade). Afinal, um Estado democrático tem como princípio o respeito da dignidade da pessoa humana (finalização).

OPINIÃO: Você possui uma boa organização textual e respeita as estruturas corretamente, porém, trabalhe na sua argumentação. Saia do senso comum, pois você deu várias referências mas não citou a origem da sua conclusão, e isso não pode ocorrer. Utilize repertórios pertinentes como dados estatísticos, socioculturais e etc. Cuidado para não escrever em primeira pessoa singular/plural, é proibido. Não encontrei detalhamento na sua proposta de intervenção.
Pratique!

Espero ter te ajudado de alguma forma, de coração.
Se precisar, me chame ou mencione!
Aguardo o seu próximo texto.
:D

De acordo com a Primeira Lei de Newton, um corpo e[…]

Doação do coração

A série médica americana "Grey'[…]

Carinho sanguíneo

A série médica americana "Grey'[…]

Índio no Brasil

Hoje,na sociedade brasileira, as políticas […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM