Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por Geralcinoj
#48995
No filme "Interestelar", a filha do protagonista, Murphy, recebe uma advertência por expor o conhecimento do livro que ela recebeu do pai, pois a sociedade apresentada tornou o conhecimento irrelevante e padronizado. De maneira análoga, o analfabetismo digital também gera esses problemas e, infelizmente, ainda se faz presente na sociedade hodierna. Desse modo, é imprescindível discutir os problemas atrelados a ele, principalmente os da educação, como a restrição do conhecimento e até o desconhecimento dos profissionais da educação de utilizar as ferramentas.

Em primeira análise, limitar o aprendizado somente na escola é um percalço que precisa ser revertido. Nessa perspectiva, o intelectual Paulo Freire demonstra com a sua frase–"Se a educação sozinha não muda a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda"–o quão importante é ter acesso à educação. Entretanto, o exposto não é efetivado e isso se deve a diversos fatores, a destacar os indivíduos que não possuem o material ou mesmo desconhecem o método de utilização deste. Assim, se não houver a efetivação desse meio de ensino, a tendência é a sociedade continuar estagnada.

Outrossim, mesmo com a especialização que os professores possuem para dar aulas presenciais, outros problemas surgem quando deslocados para o ambiente virtual. A partir disso, segundo o livro "O Ser Humano em Tempos de Covid-19", os professores não detém do conhecimento necessário para preparar uma Vídeoaula. Dessarte, é possível inferir que o problema se encontra, seja nos alunos, seja nos educadores que mesmo este possua o meio de comunicação requisitado, a ausência de saber como usar impossibilita o fornecimento das aulas na internet. Então, o aprendizado de como utilizar as ferramentas é mister para todos os associados.

Portanto, intervir contra o analfabetismo digital é de suma importância para a criação de uma sociedade coesa. Para isso, o Governo Federal, principal influente do executivo, deve criar um curso fornecido tanto nas instituições de ensino quanto online, que ofereça os conhecimentos precisos para as aulas virtuais, mas também fornecer um personalizado aos pedagogos, a fim de amenizar os problemas associados às aulas de vídeo, ao vivo principalmente. Acerca do material preciso para as aulas, é preciso que o Estado implemente no Cadastro Único o fornecimento de "tablet" com internet aos que necessitam e que será devolvido ao fim do uso. Dessa maneira, a educação tornar-se-á mais acessível, diferentemente da realidade distópica de "Interestelar".
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 185

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 190

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 190

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 195

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 170

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Avatar do usuário
Por Geralcinoj
#48999
Texto motivador perfeito. :lol:
Avatar do usuário
Por Geralcinoj
#49000
Olá, @jherodrigues , @Ashiley @AhNaoAna , @3m1ly e@DavidBRBut . Poderiam corrigir a minha redação, por favor? Seria de grande ajuda. Agradeço pela atenção. :D
Avatar do usuário
Por jherodrigues
#49015
* Não tenho o que falar dos dois primeiros parágrafos

Outrossim, mesmo com a especialização que os professores possuem para dar aulas presenciais, outros problemas surgem quando deslocados para o ambiente virtual. A partir disso, segundo o livro "O Ser Humano em Tempos de Covid-19", os professores não detêm do conhecimento necessário para preparar uma videoaula. Dessarte, é possível inferir que o problema se encontra, seja nos alunos, seja nos educadores que mesmo este possua o meio de comunicação requisitado, a ausência de saber como usar impossibilita o fornecimento das aulas na internet. Então, o aprendizado de como utilizar as ferramentas é mister para todos os associados.

Portanto, intervir contra o analfabetismo digital é de suma importância para a criação de uma sociedade coesa. Para isso, o Governo Federal, principal influente do executivo, deve criar um curso fornecido tanto nas instituições de ensino quanto online, que ofereça os conhecimentos precisos para as aulas virtuais, mas também fornecer um personalizado aos pedagogos, a fim de amenizar os problemas associados às aulas de vídeo, ao vivo principalmente. Acerca do material preciso para as aulas, é preciso que o Estado implemente no Cadastro Único o fornecimento de "tablet" com internet aos que necessitam e que será devolvido ao fim do uso. Dessa maneira, a educação tornar-se-á mais acessível, diferentemente da realidade distópica de "Interestelar".
* Não identifiquei o meio da ação

É isso, não tenho muito o que falar :lol:
Avatar do usuário
Por Geralcinoj
#49037
jherodrigues escreveu:* Não tenho o que falar dos dois primeiros parágrafos

Outrossim, mesmo com a especialização que os professores possuem para dar aulas presenciais, outros problemas surgem quando deslocados para o ambiente virtual. A partir disso, segundo o livro "O Ser Humano em Tempos de Covid-19", os professores não detêm do conhecimento necessário para preparar uma videoaula. Dessarte, é possível inferir que o problema se encontra, seja nos alunos, seja nos educadores que mesmo este possua o meio de comunicação requisitado, a ausência de saber como usar impossibilita o fornecimento das aulas na internet. Então, o aprendizado de como utilizar as ferramentas é mister para todos os associados.

Portanto, intervir contra o analfabetismo digital é de suma importância para a criação de uma sociedade coesa. Para isso, o Governo Federal, principal influente do executivo, deve criar um curso fornecido tanto nas instituições de ensino quanto online, que ofereça os conhecimentos precisos para as aulas virtuais, mas também fornecer um personalizado aos pedagogos, a fim de amenizar os problemas associados às aulas de vídeo, ao vivo principalmente. Acerca do material preciso para as aulas, é preciso que o Estado implemente no Cadastro Único o fornecimento de "tablet" com internet aos que necessitam e que será devolvido ao fim do uso. Dessa maneira, a educação tornar-se-á mais acessível, diferentemente da realidade distópica de "Interestelar".
* Não identifiquei o meio da ação

É isso, não tenho muito o que falar :lol:
Nossa. Esqueci totalmente que o plural de "detém" é com acento circunflexo.

O meio é esse: "fornecido tanto nas instituições de ensino quanto online, ..."
Achei que o meio não ficou claro. Tentei introduzir o meio sem aquela famosa frase "por meio de" para variar, porém acho que preciso estudar sobre antes de me arriscar assim. :lol:

Muito obrigado pela correção. :D
Avatar do usuário
Por Geralcinoj
#49041
jherodrigues escreveu:@Geralcinoj, o bom desse "por meio de" é que fica na cara logo, melhor arriscar mesmo não :lol:
Sim! :lol:
Avatar do usuário
Por DavidBRBut
#49046
Irei dar minhas opiniões sobre está redação, espero ajudar de alguma forma.

No filme "Interestelar", a filha do protagonista, Murphy, recebe uma advertência por expor o conhecimento do livro que ela recebeu do pai, pois a sociedade apresentada tornou o conhecimento irrelevante e padronizado. De maneira análoga, o analfabetismo digital também gera esses problemas Não acho que ficou tão claro aqui como o analfabetismo digital torna o conhecimento "irrelevante e padronizado" e, infelizmente, ainda se faz presente na sociedade hodierna. Desse modo, é imprescindível discutir os problemas atrelados a ele, principalmente os da educação, como a restrição do conhecimento e até o desconhecimento dos profissionais da educação de utilizar as ferramentas.
A introdução é boa, mas eu tive de reler duas vezes para compreender como a contextualização se encaixará no tema da redação, isso pode pesar com o corretor do Enem

Em primeira análise, limitar o aprendizado somente na escola é um percalço que precisa ser revertido. Nessa perspectiva, o intelectual Paulo Freire demonstra com a sua frase–"Se a educação sozinha não muda a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda"–o quão importante é ter acesso à educação. Entretanto, o exposto não é efetivado e isso se deve a diversos fatores, a destacar os indivíduos que não possuem o material ou mesmo desconhecem o método de utilização deste. Assim, se não houver a efetivação desse meio de ensino, a tendência é a sociedade continuar estagnada. O arguementação está boa, mas na minha opinião não ficou claro aqui que o tema da redação é analfabetismo digital, me parece que essa argumentação se encaixaria melhor com um tema como "ensino à distância"

Outrossim, mesmo com a especialização que os professores possuem para dar aulas presenciais, outros problemas surgem quando deslocados para o ambiente virtual. A partir disso, segundo o livro "O Ser Humano em Tempos de Covid-19", os professores não detém Por estar na terceira pessoa do plural, o correto seria "detêm" do conhecimento necessário para preparar umadeoaula. Dessarte, é possível inferir que o problema se encontra, seja nos alunos, seja nos educadores que mesmo este possua o meio de comunicação requisitado Este trecho me pareceu um pouco confuso , a ausência de saber como usar impossibilita o fornecimento das aulas na internet. Então, o aprendizado de como utilizar as ferramentas Quais ferramentas? é mister para todos os associados. Assim como no parágrafo anterior, a argumentação é boa, mas novamente eu acho que se encaixaria melhor no tema "ensino à distância"

Portanto, intervir contra o analfabetismo digital é de suma importância para a criação de uma sociedade coesa. (Retomada do tema) Para isso, o Governo Federal (Agente), principal influente do executivo, deve criar um curso (Ação) fornecido tanto nas instituições de ensino quanto online criar um curso online para resolver o analfabetismo digital?, que ofereça os conhecimentos precisos para as aulas virtuais, mas também fornecer um personalizado aos pedagogos (detalhamento), a fim de amenizar os problemas associados às aulas de vídeo, ao vivo principalmente (finalidade). Acerca do material preciso para as aulas, é preciso que o Estado (Agente) implemente no Cadastro Único o fornecimento de "tablet" com internet aos que necessitam e que será devolvido ao fim do uso (Ação). Dessa maneira, a educação tornar-se-á Nenhum erro aqui, mas vi alguns professores contra-recomendando o uso de mesóclise na redação do Enem mais acessível, diferentemente da realidade distópica de "Interestelar". Conclusão é ótima, só se esqueceu do meio

A redação apresenta poucas inadequações, o que eu acho que prejudicou foi o foco que você deu para o analfabetismo digital como problema para a educação, até mesmo suas propostas de intervenção são focadas em resolver este problema em específico, e acaba esquecendo do lado mais amplo do analfabetismo digital
Avatar do usuário
Por Geralcinoj
#49048
DavidBRBut escreveu:Irei dar minhas opiniões sobre está redação, espero ajudar de alguma forma.

No filme "Interestelar", a filha do protagonista, Murphy, recebe uma advertência por expor o conhecimento do livro que ela recebeu do pai, pois a sociedade apresentada tornou o conhecimento irrelevante e padronizado. De maneira análoga, o analfabetismo digital também gera esses problemas Não acho que ficou tão claro aqui como o analfabetismo digital torna o conhecimento "irrelevante e padronizado" e, infelizmente, ainda se faz presente na sociedade hodierna. Desse modo, é imprescindível discutir os problemas atrelados a ele, principalmente os da educação, como a restrição do conhecimento e até o desconhecimento dos profissionais da educação de utilizar as ferramentas.
A introdução é boa, mas eu tive de reler duas vezes para compreender como a contextualização se encaixará no tema da redação, isso pode pesar com o corretor do Enem

Em primeira análise, limitar o aprendizado somente na escola é um percalço que precisa ser revertido. Nessa perspectiva, o intelectual Paulo Freire demonstra com a sua frase–"Se a educação sozinha não muda a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda"–o quão importante é ter acesso à educação. Entretanto, o exposto não é efetivado e isso se deve a diversos fatores, a destacar os indivíduos que não possuem o material ou mesmo desconhecem o método de utilização deste. Assim, se não houver a efetivação desse meio de ensino, a tendência é a sociedade continuar estagnada. O arguementação está boa, mas na minha opinião não ficou claro aqui que o tema da redação é analfabetismo digital, me parece que essa argumentação se encaixaria melhor com um tema como "ensino à distância"

Outrossim, mesmo com a especialização que os professores possuem para dar aulas presenciais, outros problemas surgem quando deslocados para o ambiente virtual. A partir disso, segundo o livro "O Ser Humano em Tempos de Covid-19", os professores não detém Por estar na terceira pessoa do plural, o correto seria "detêm" do conhecimento necessário para preparar umadeoaula. Dessarte, é possível inferir que o problema se encontra, seja nos alunos, seja nos educadores que mesmo este possua o meio de comunicação requisitado Este trecho me pareceu um pouco confuso , a ausência de saber como usar impossibilita o fornecimento das aulas na internet. Então, o aprendizado de como utilizar as ferramentas Quais ferramentas? é mister para todos os associados. Assim como no parágrafo anterior, a argumentação é boa, mas novamente eu acho que se encaixaria melhor no tema "ensino à distância"

Portanto, intervir contra o analfabetismo digital é de suma importância para a criação de uma sociedade coesa. (Retomada do tema) Para isso, o Governo Federal (Agente), principal influente do executivo, deve criar um curso (Ação) fornecido tanto nas instituições de ensino quanto online criar um curso online para resolver o analfabetismo digital?, que ofereça os conhecimentos precisos para as aulas virtuais, mas também fornecer um personalizado aos pedagogos (detalhamento), a fim de amenizar os problemas associados às aulas de vídeo, ao vivo principalmente (finalidade). Acerca do material preciso para as aulas, é preciso que o Estado (Agente) implemente no Cadastro Único o fornecimento de "tablet" com internet aos que necessitam e que será devolvido ao fim do uso (Ação). Dessa maneira, a educação tornar-se-á Nenhum erro aqui, mas vi alguns professores contra-recomendando o uso de mesóclise na redação do Enem mais acessível, diferentemente da realidade distópica de "Interestelar". Conclusão é ótima, só se esqueceu do meio

A redação apresenta poucas inadequações, o que eu acho que prejudicou foi o foco que você deu para o analfabetismo digital como problema para a educação, até mesmo suas propostas de intervenção são focadas em resolver este problema em específico, e acaba esquecendo do lado mais amplo do analfabetismo digital


Obrigado pela correção. :D
Avatar do usuário
Por AhNaoAna
#49144
Como já houve correção e explicação, vou apenas indicar uma nota, ok?
Belo texto! :D

É de fundamental importância discutir[…]

É de fundamental importância a discus[…]

O perigo da crise hídrica no Brasil

Avidez Inconsciente O Nilo com mais de 7 mil q[…]

Quem puder me ajudar, agradeço demais! Um a[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM