Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#51655
O escritor Carlos Drummond de Andrade em seu poema "No meio do caminho", retrata de modo figurado os contratempos que o ser humano sofre em sua jornada. Analogamente, esse preceito assemelha-se a luta cotidiana dos seus educadores, visto que, a desvalorização desses profissionais vem a muito tempo acontecendo. Dessa forma, é evidente que essa problemática vem em razão da insuficiência legislativa e do descrédito da sociedade.

Primeiramente, é lícito postular a ausência de medidas governamentais para combater a falta de políticas públicas para melhorar os índices de analfabetização no Brasil. Sob a perspectiva do filósofo São Tomás de Aquino, em um sociedade democrática, todos os indivíduos são dignos e têm mesma importância, além dos direitos e deveres que devem ser garantidos pelo Estado, entretanto isso não ocorre no Brasil, por causa da baixa operação das autoridades. Nessa perspectiva, a alfabetização e indispensável para tornar a sociedade pensante, a falta de políticas públicas e leis precisam ser atualizadas, por serem legislações antigas, atualmente não atendem a demanda da educação atual.

Ademais, o descrédito da sociedade também é um promotor desse problema. De acordo com dados do IBGE, o Brasil tem mais de 12 milhões de analfabetos, por conta que muitas pessoas ainda elegem outras prioridades em suas vidas deixando a sua alfabetização em segundo plano. Sob esse viés, muitos não tem condições e precisam trabalhar para garantir sua sobrevivência, isso contribui para o abandono escolar e a evasão.

Portanto, é essencial que a atuação estatal e social para tais obstáculos sejam resolvidos. Assim, os desafios para a educação podem ser superados, é preciso que o Ministério da Educação destine mais porcentagens de verbas para a construção de mais escolas, dando mais atenção a lugares de difícil acesso, como interiores e comunidades ribeirinhas, a fim de proporcionar uma educação ao maior número de pessoas possíveis. Além disso, as mídias deveriam investir mais neste tema, mostrando a importância do ensino e professores. Feito isso, poderá se consolidar um Brasil melhor.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Com essa pontuação, ou o tema da redação é desenvolvido adequadamente, porém de forma previsível, com pouco avanço em relação ao senso comum ou, embora o texto demonstre domínio adequado do tipo textual exigido, a progressão textual apresenta algum problema.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 100

Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#53223
olá sou @wagner123 e venho corrigir a sua redação
O escritor Carlos Drummond de Andrade em seu poema "No meio do caminho", retrata de modo figurado os contratempos que o ser humano sofre em sua jornada[1]. Analogamente, esse preceito assemelha-se a luta cotidiana dos seus educadores, visto que, a desvalorização desses profissionais[2] vem a muito tempo acontecendo. Dessa forma, é evidente que essa problemática vem em razão da insuficiência legislativa e do descrédito da sociedade.
[1] muito boa a sua parafrase sobre o esse poema, você trouxe uma abordagem muito mais culta e pertinente da clássica tem uma pedra no meio do caminho no meio do caminho tinha uma pedra kkkk
[2]acredito que aqui houve um tangenciamento pois o tema é a valorização da alfabetização e não dos educadores. Mesmo apesar de eu ter entendido a relação com o tema isso deve ser mais explícito.
:!: boa introdução , sem mais comentários

Primeiramente, é lícito postular a ausência de medidas governamentais para combater a falta de políticas públicas para melhorar os índices de analfabetização[3] no Brasil. [4]Sob a perspectiva do filósofo São Tomás de Aquino, em um sociedade democrática, todos os indivíduos são dignos e têm mesma importância, além dos direitos e deveres que devem ser garantidos pelo Estado. Entretanto[5], isso não ocorre no Brasil, por causa da baixa operação das autoridades[6]. Nessa perspectiva, a alfabetização e indispensável para tornar a sociedade pensante, [7]a falta de políticas públicas e leis precisam ser atualizadas, por serem legislações antigas[8], atualmente não atendem a demanda da educação atual.
[3] pera não seria alfabetizaçã[email protected]
[4] sem conectivo
[5] justaposição frasal ou seja, tem virgula em lugar que deveria haver ponto e letra maiúscula
[6] como eles são [email protected] e como eles podem reverter esse [email protected] e como o Estado se relaciona com a alfabetização e a sua valorizaçã[email protected]
[7]sem conectivo
[8] ficou um pouco confuso pois você indiretamente diz que a educação não evoluiu devido a legislação de 1988 porém isso não é verdade justamente pela criação de vários programas que incentivam a educação como o fornecimento de materiais escolares e alimento, desenvolvimento de olímpiadas estudantis...
:!: voce poderia desmembrar mais a sua argumentação


Ademais, o descrédito da sociedade também é um promotor desse problema. [9]De acordo com dados do IBGE, o Brasil tem mais de 12 milhões de analfabetos, por conta que muitas pessoas ainda elegem outras prioridades em suas vidas deixando a sua alfabetização em segundo plano. Sob esse viés, muitos não tem condições e precisam trabalhar para garantir sua sobrevivência, isso contribui para o abandono escolar e a evasão.
[9] faltou o conectivo
[10] você fala de muitas coisas porém não diz nada sobre o tópico frasal que, para mim, foge um pouco do que voce está querendo dizer. Confuso.
[11] argumentação rasa pois muitas pessoas trabalham e têm uma estabilidade financeira porém mesmo assim tem problemas com a alfabetização.
:!: eu diria que esse paragrafo foi marcado pela confusão e superficialidade

Portanto, é essencial que a atuação estatal e social para tais obstáculos sejam resolvidos. Assim, os desafios para a educação podem ser superados[12] é preciso que o Ministério da Educação[AGENTE] destine mais porcentagens de verbas para a construção de mais escolas[AÇÃO], dando mais atenção a lugares de difícil acesso, como interiores e comunidades ribeirinhas[DETALHAMENTO], a fim de [FINALIDADE] proporcionar uma educação ao maior número de pessoas possíveis. Além disso, as mídias deveriam investir mais neste tema, mostrando a importância do ensino e professores. Feito isso, poderá se consolidar um Brasil melhor.
[12] quebra de sentido da frase
[13] duas propostas porém as duas estão incompletas por isso vou considerar a que tem mais elementos. Assim, faltou o meio.

NOTAS
C1=120 problemas de diversas naturezas como falhas sintáticas e vírgulas
C2=120 boa estrutura de redação porém os desenvolvimentos fazem a decair
C3=100 argumentos fracos , generalizados e superficiais
C4=120 problemas quanto ao uso de conectivos
C5=160 faltou o meio
nota final=620

Embora o Francis Bacon já tenha dado exce[…]

Durante muito tempo a sociedade trata ansiedade, d[…]

O ENEM digital é a nova novidades no Exame […]

A Polícia Rodoviária Federal PRF &ea[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM