Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#43644
Promulgada pela ONU, em 1948, a Declaração Universal dos Direitos Humanos garante a todo cidadão o direito ao lazer. Conquanto, no Brasil contemporâneo, está ordem não se exerce na prática, haja vista que a falta de democratização do acesso ao cinema é um óbice para o corpo social. Neste sentido, em razão da insuficiência legislativa e do silenciamento, emerge um problema complexo, que precisa ser revertido.
Primeiramente, é importante salientar à insuficiência legislativa como um impasse latente. Segundo o matemático Thomas Hobbes, é dever do estado garantir o bem-estar da população. Todavia, é notório que tal afirmação não é retratada na prática, uma vez que as práticas administrativas superiores não visam promover a igualdade para todas as pessoas de baixa renda e que não conseguem ter acesso ao cinema. De certo, é inquestionável a falta de leis e projetos, pois sem estes a população é impedida de frequentar locais públicos.
Ademais, o silenciamento é um problema agravante. De acordo com a escritora Nadezhda Mondelston, o silêncio é um verdadeiro crime para a humanidade. De tal forma, é inegável que a democratização aos espaços de lazer não é muito discutido nos debates, já que a população não se tem conhecimento a respeito sobre o assunto exposto, fazendo com que à abordagem seja negligenciada para o corpo social.
Portanto, intervenções faz-se necessária. Para isso, o Governo- principal entidade política do país- deve promover a criação de uma lei chamada "Bolsa cinema", e por meio de verbas ao Poder Legislativo, possa exercer a ordem na prática, com o intuito de incluir as pessoas de baixa renda nas salas de cinema. Somente assim, o Brasil irá garantir o direito do lazer a todos os cidadões, como reitera a Declaração Universal.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 190

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 170

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#43672
Contextualização
Apresentação do tema
Tese
Termos coesivos
Tópico Frasal
Dados
Argumentação
Arrematação da Tese
Elementos da proposta de intervenção
Frase de efeito
Comentários

Promulgada pela ONU, em 1948, a Declaração Universal dos Direitos Humanos garante a todo cidadão o direito ao lazer. Conquanto, no Brasil contemporâneo, está ordem não se exerce na prática, haja vista que a falta de democratização do acesso ao cinema é um óbice para o corpo social. Neste sentido, em razão da insuficiência legislativa e do silenciamento, emerge um problema complexo, que precisa ser revertido.( Boa! Contextualiza, apresenta a tema e a tese!)

Primeiramente, é importante salientar à insuficiência legislativa como um impasse latente. Segundo o matemático Thomas Hobbes, é dever do estado garantir o bem-estar da população. Todavia, é notório que tal afirmação não é retratada na prática, uma vez que as práticas administrativas superiores não visam promover a igualdade para todas as pessoas de baixa renda e que não conseguem ter acesso ao cinema. De certo, é inquestionável a falta de leis e projetos, pois sem estes a população é impedida de frequentar locais públicos.( Nesse desenvolvimento sua argumentação é rasa e superficial, aconsleho trabalhar mais sua abordagem!)

Ademais, o silenciamento é um problema agravante. De acordo com a escritora Nadezhda Mondelston, o silêncio é um verdadeiro crime para a humanidade. De tal forma, é inegável que a democratização aos espaços de lazer não é muito discutido nos debates, já que a população não se tem conhecimento a respeito sobre o assunto exposto, fazendo com que à abordagem seja negligenciada para o corpo social.( Nesse desenvolvimento novamente sua abordagem é rasa e delimitada. Faltou também a arrematação de tese!)

Portanto, intervenções faz-se necessária. Para isso, o Governo( Agente)- principal entidade política do país-( Detalhamento) deve promover a criação de uma lei chamada "Bolsa cinema"( Ação), e por meio de verbas ao Poder Legislativo,( Meio) possa exercer a ordem na prática, com o intuito de incluir as pessoas de baixa renda nas salas de cinema. ( Finalidade)Somente assim, o Brasil irá garantir o direito do lazer a todos os cidadões, como reitera a Declaração Universal.( Conclusão completa!)

Sua redação não é ruim, mas carece de aspectos relevantes. Estude arguentação e arrematação de tese!
No mais, é só!
Espero a próxima! :D
#43717
Vestibulando escreveu:
GlendaMorais escreveu:Sua nota ficou 880!
Espero ter ajudado! ;)
Obrigado pela correção! Se possível, você poderia me dar alguma dica de como posso melhorar meus argumentos?
grato!
É simples é só você tentar aprofundar mais suas ideias! Faça sempre a pergunta: será que estou convencendo o leitor? Escreva na medida em que o tema seja abordado como um todo, para que a mensagem passada seja compreendida e convincente. Leia redações nota mil, ajudará nesse quesito!
#43878
Promulgada pela ONU, em 1948, a Declaração Universal dos Direitos Humanos garante a todo cidadão o direito ao lazer. Conquanto, no Brasil contemporâneo, está(esta) ordem não se exerce na prática, haja vista que a falta de democratização do acesso ao cinema é um óbice para o corpo social. Neste sentido, em razão da insuficiência legislativa(t1) e do silenciamento(t3), emerge um problema complexo, que precisa ser revertido.(Ótima introdução! Bem sintetizada e faz o que promete !)
Primeiramente, é importante salientar à insuficiência legislativa como um impasse latente(Boa entrada no D1). Segundo o matemático Thomas Hobbes, é dever do estado garantir o bem-estar da população(Boa citação, porém, ao meu ver, caberia mais dizer que ele era um filósofo contratualista. Mas como também era matemático, segue o baile!). Todavia, é notório que tal afirmação não é retratada na prática, uma vez que as práticas administrativas superiores não visam promover a igualdade para todas as pessoas de baixa renda e que não conseguem ter acesso ao cinema. De certo, é inquestionável a falta de leis e projetos, pois sem estes a população é impedida de frequentar locais públicos.(Ótimo parágrafo, uma arrematação de tese seria a cereja do bolo.)
Ademais, o silenciamento é um problema agravante. De acordo com a escritora Nadezhda Mondelston, o silêncio é um verdadeiro crime para a humanidade. De tal forma, é inegável que a democratização aos espaços de lazer não é muito discutido nos debates, já que a população não se tem conhecimento a respeito sobre o assunto exposto, fazendo com que à abordagem seja negligenciada para o corpo social.( A ideia é ótima, e a citação também! Porém, faltou um pouco de você aqui, tente expor sua opinião, assim aprofundará seu argumento. Estude arremate de tese!!!)
Portanto, intervenções faz-se necessária( Fazem-se necessárias). Para isso, o Governo- principal(Agente) entidade política do país-(Não vejo utilidade nesse informação) deve promover a criação de uma lei(Ação) chamada "Bolsa cinema"(Detalhamento), e por meio de verbas ao Poder Legislativo, possa exercer a ordem na prática(Modo), com o intuito de incluir as pessoas de baixa renda nas salas de cinema(Efeito). Somente assim, o Brasil irá garantir o direito do lazer a todos os cidadões, como reitera a Declaração Universal.(Conclusão completíssima! Parabéns!)
C1- 160 (identifiquei poucos erros de português, porém, mais que dois.)
C2- 200(boas citações perante a problemática)
C3- 200( sem repetições, e um bom número de conectivos)
C4- 160( tirei ponto aqui, por conta do segundo parágrafo, e da falta do arremate nas teses!)
C5- 200( sem mais comentários, parabés!)
Nota: 920

Comenta-se muito sobre soluções para[…]

No filme Coringa, de 2019, o personagem Arthur (co[…]

A xenofobia não é um problema recent[…]

Na Grécia antiga, o conceito de beleza idea[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM