• Avatar do usuário
#55316
Celas superlotadas e rebeliões em massa, essas são cenas comuns no sistema penitenciário brasileiro. É evidente, que as prisões no Brasil passam por uma profunda crise em seus sistema, visto que falta infraestrutura e a alta reincidência de infratores agrava a questão.

É relevante abordar, primeiramente, o impacto da falta de infraestrutura nos presídios, desde instalações até de pessoal. Além disso, os policias penais se redobram no serviço, devido a falta de servidores. Ademais, as penitenciárias sucateadas e em más condições, pioram todo o contexto da problemática, somando se ainda com a superlotação que é a grande causa das rebeliões.

Outrossim, vale ressaltar que a alta reincidência é um dos fatores que agravam a crise. Logo, observa-se que uma grande parcela dos detentos que ganham liberdade, retornam em menos de um ano, este fato colabora para a superlotação criando um círculo vicioso no sistema. Sendo assim, a diminuição de reincidentes é o primeiro passo a se dar em busca de uma solução eficaz.

Portanto, a crise no sistema carcerário se deve principalmente a um problema estrutural, causado pela alta reincidência e a falta de investimentos em infraestrutura. Ademais, o Governo deve investir na contratação de servidores e na construção e reforma de presídios em péssimas condições, buscando assim um sistema que busque ressocializar, afim de dar uma vida digna a eles.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

#55370
Celas superlotadas e rebeliões em massa, essas são cenas comuns no sistema penitenciário brasileiro. É evidente, que as prisões no Brasil passam por uma profunda crise em seus sistemas, visto que falta de infraestrutura e a alta reincidência de infratores agrava a questão.

É relevante abordar, primeiramente, o impacto da falta de infraestrutura nos presídios, desde instalações até de pessoal. Além disso, os policias penais se redobram no serviço, devido a falta de servidores. Ademais, as penitenciárias sucateadas e em más condições, pioram todo o contexto da problemática, somando se ainda com a superlotação que é a grande causa das rebeliões.

Outrossim, vale ressaltar que a alta reincidência é um dos fatores que agravam a crise. Logo, observa-se que uma grande parcela dos detentos que ganham liberdade, retornam em menos de um ano, este fato colabora para a superlotação criando um círculo vicioso no sistema. Sendo assim, a diminuição de reincidentes é o primeiro passo a se dar em busca de uma solução eficaz.
* Procure fugir do senso comum, traga comprovação para a sua argumentação

Portanto, a crise no sistema carcerário se deve principalmente a um problema estrutural, causado pela alta reincidência e a falta de investimentos em infraestrutura. Ademais, o Governo deve investir na contratação de servidores e na construção e reforma de presídios em péssimas condições, buscando assim um sistema que busque [repetição de palavras, poderia retirar esse "busque" e inserir o "ressocialize"] ressocializar, a fim [separado] de dar uma vida digna a eles.
* Mais atenção na coerência e concordância do que escreve. Procure reler suas frases para observar o sentido

Espero ter ajudado! :D
#55491
Celas superlotadas e rebeliões em massa, essas são cenas comuns no sistema penitenciário brasileiro. É evidente, (essa vírgula separa o sujeito do seu predicado) que as prisões no Brasil passam por uma profunda crise em seus sistema (seus sistemas), visto que falta infraestrutura (aqui seria bom colocar uma virgula antes da conjunção “e”. Traria mais clareza ao período) e a alta reincidência de infratores agrava a questão.

É relevante abordar, primeiramente, o impacto da falta de infraestrutura nos presídios, desde instalações até de pessoal. Além disso (esse “além disso” não ficou legal), os policias penais se redobram no serviço, devido a falta de servidores. Ademais, as penitenciárias sucateadas e em más condições,(virgula inadequada) pioram todo o contexto da problemática, somando se ainda com a superlotação que é a grande causa das rebeliões.

Outrossim, vale ressaltar que a alta reincidência é um dos fatores que agravam a crise. Logo (esse “logo” serve para você concluir um parágrafo), observa-se que uma grande parcela dos detentos que ganham liberdade,(virgula inadequada) retornam em menos de um ano, este fato colabora para a superlotação criando um círculo vicioso no sistema. Sendo assim, a diminuição de reincidentes é o primeiro passo a se dar em busca de uma solução eficaz.

Portanto, a crise no sistema carcerário se deve principalmente a um problema estrutural, causado pela alta reincidência e a falta de investimentos em infraestrutura. Ademais, o Governo deve investir na contratação de servidores e na construção e reforma de presídios em péssimas condições, buscando assim um sistema que busque ressocializar, afim de dar uma vida digna a eles.
**(esse último período não ficou bom. Essa passagem em que diz “buscando assim um sistema que busque ressocializar”; ressocializar quem? O gerúndio “buscando” denota continuidade e isso não se ver nesse período. Evite o gerundismo. Troque por “em que se busca” ou por “no que se busca”.
Espero ter ajudado..

Aqui está a minha análise da sua r[…]

Ficou espetacular! :) Muito obrigado!!

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM