Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por VicAngelim
#40338
O escritor brasileiro Machado de Assis, em sua fase realista, despiu a sociedade brasileira e teceu críticas ás condutas egoístas e superficiais presenciadas nessa nação. Não longe da ficção, percebem-se aspectos semelhantes no que tange à questão da cultura do cancelamento, que consiste em julgamentos excessivos, principalmente no meio virtual, até mesmo em questões simples. Nessa perspectiva, é imperioso ressaltar que essa problemática emerge devido à estruturação de uma sociedade carente de altruísmo e resulta em problemas na saúde mental dos indivíduos que são "cancelados" , configurando um impasse social.

Seguindo esse ponto de vista, evidencia-se que uma das raízes desse revés é a falta de empatia notabilizada no comportamento das pessoas. Analogamente, a microfísica do poder, conceito criado por Michel Foucault, articula que o poder está estruturado na sociedade por meio de diversas insituições que disciplinam o indivíduo para que ele aja dentro dos limites morais e sociais impostos pelo Estado. Ou seja, essa rotina de ordens faz com que muitos sujeitos criem um desejo de ordenar e justifica a atitude de julgar, presente na cultura do cancelamento, pois essa é uma forma simples e imediata de obter a sensação de poder.

Outrossim, essa prática reflete negativamente no bem-estar psicológico das pessoas que recebem as profanações. Decerto, a liberdade de expressão é um direito previsto no Artigo 5° da Constituição Federal de 1988, no entanto, conforme dito pelo filósofo inglês Herbert Spencer, a liberdade de cada um termina quando começa a do outro. Dessa forma, há uma confusão em diferenciar discurso de ódio de liberdade de expressão, haja em vista que os pronunciamentos julgadores, na maioria das vezes, ferem a dignidade do outro.

Portanto, urge a efetivação de ações para atenuar esse óbice. Para mais, o Ministério da Cidadania deve buscar conscientizar as pessoas, por meio de campanhas nas redes sociais - utilizando a #MaisEmpatia - a fim de instigar atitudes mais empáticas. Como efeito social, a nação brasileira será menos egoísta e superficial, concorde Machado proferiu, e caminhará para uma evolução social ao adotar um comportamento mais altruísta.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Dúvida!

GlendaMorais , jherodrigues , Geralcinoj eu mo[…]

Em primeira análise Vale ressaltar o filme […]

Discurso de ódio no Brasil

O Brasil, de modo geral, é classificado int[…]

Um dos desafios da atualidade está relacion[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM