• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#73199
Em um dos episódios de "Grey's Anatomy", um paciente do Seatle Grace Hospital precisa urgentemente de um fígado, mas apesar de estar há muito tempo na lista de espera, não consegue o órgão facilmente. Não distante da ficção, no Brasil hodierno, a demanda por órgãos é maior que a quantidade doada, o que configura um sério problema. Nesse ínterim, estratégias devem ser aplicadas para alterar essa situação que possui como causas: a carência de diálogo no que tange à morte e a falta de informações sobre a concessão de órgãos.
///
A priori, faz-se relevante pontuar que o ato de evitar debater acerca da morte corrobora a problemática. Consoante o filósofo Heidegger, ainda que seja necessário refletir e falar sobre a morte, os homens evitam fazer isso. Seguindo essa linha de pensamento, é válido afirmar que, se as pessoas ignoram a morte, elas não pensam na possibilidade de doar seus órgãos, e, quando pensam, não dizem aos familiares que deseja doá-los ao falecer, já que a morte não é um assunto agradável. Com efeito, um indivíduo que poderia ser doador não terá seus órgãos doados ao falecer, pois não avisou seus familiares — aos quais pertencem a decisão de doar órgãos. Logo, fica nítida a necessidade de incentivar o diálogo sobre o óbito e a cessão de órgãos.
///
A posteriori, a falta de informações no que concerne à doação de órgãos é um impulsionador do imbróglio. Consoante o filósofo grego Sócrates, os erros são consequência da ignorância humana. Diante disso, vale lembrar que a doação de órgãos acontece, na maioria das vezes, quando alguém morre devido a uma parada encefálica — caso em que não há estímulos cerebrais, mas os outros órgãos continuam funcionando por determinado período de tempo —, porém os familiares do recém-falecido, na esperança de que ele volte à vida negam a concessão dos órgãos do parente, uma vez que não sabem que a parada cerebral é letal. Logo, informar a população é essencial para que haja aumento de doações de órgãos.
///
Portanto, com o intuito de aumentar a doação de órgãos e salvar vidas, urge que o Ministério da Saúde em parceria com o Ministério da Educação façam campanhas nas plataformas de streaming, por meio de propagandas em canais televisivos de grande audiência — Globo e SBT. Tais campanhas devem contar com neurologistas, os quais devem explicar como ocorre a morte encefálica, além de incentivar o diálogo familiar acerca da morte e da possiblidade de doação de órgãos. Somente assim, a realidade vivida nos hospitais da nação verde-amarela se distanciará de Seatle Grace.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#73204
@vitoriaca
@emillysilva
@chihirukiki
@maiconpgtu
@jheromagnoli
@eurodrigo

Não vou dar tempo para sentirem minha falta, já marquei de novo🤭(brincadeiras à parte)🤣

Tudo bem, galera? Espero que sim?🥰
Se puderem apenas apontar erros e pontuar já está bom. Creio que errei umas vírgulas 😅.
#73207
Oiiiii, Gi! 🐰 💛
Dei uma sumida por aqui por conta da demanda nos estudos, mas assim que der eu passo e vejo se você ainda precisa dessa correção. Inclusive, não faço redação há um tempo, preciso MUITO voltar. 😢😥
#73224
Em um dos episódios de "Grey's Anatomy", um paciente do Seatle Grace Hospital precisa urgentemente de um fígado, mas apesar de estar há muito tempo na lista de espera, não consegue o órgão facilmente. Não distante da ficção, no Brasil hodierno, a demanda por órgãos é maior que a quantidade doada, o que configura um sério problema. Nesse ínterim, estratégias devem ser aplicadas para alterar essa situação que possui como causas: a carência de diálogo no que tange à morte e a falta de informações sobre a concessão de órgãos.

:arrow: PERFEITO ;)

A priori, faz-se relevante pontuar que o ato de evitar debater acerca da morte corrobora a problemática. Consoante o filósofo Heidegger, ainda que seja necessário refletir e falar sobre a morte, os homens evitam fazer isso. Seguindo essa linha de pensamento, é válido afirmar que, se as pessoas ignoram a morte, elas não pensam na possibilidade de doar seus órgãos, e, quando pensam, não dizem aos familiares que deseja doá-los ao falecer, já que a morte não é um assunto agradável. Com efeito, um indivíduo que poderia ser doador não terá seus órgãos doados ao falecer, pois não[1] avisou seus familiares — aos quais pertencem a 2] decisão de doar órgãos. Logo, fica nítida a necessidade de incentivar o diálogo sobre o óbito e a cessão de órgãos.

:arrow: [1] - Essa conjunção deve ser separada por vírgula ',' ; pois, não...
:arrow: [2] - Erro de crase, deveria usar a conjunção "a" ; pertecem á...

A posteriori, a falta de informações no que concerne à doação de órgãos é um impulsionador do imbróglio. Consoante o filósofo grego Sócrates, os erros são consequência da ignorância humana. Diante disso, vale lembrar que a doação de órgãos acontece, na maioria das vezes, quando alguém morre devido a uma parada encefálica — caso em que não há estímulos cerebrais, mas os outros órgãos continuam funcionando por determinado período de tempo —, porém os familiares do recém-falecido, na esperança de que ele volte à vida negam a concessão dos órgãos[3] do parente, uma vez que não sabem que a parada cerebral é letal. Logo, informar a população é essencial para que haja[4]um aumento de doações de órgãos.

:arrow: [3] REPETIÇÃO DA PALAVRA 'ÓRGÃO'
:arrow: [4] ERRO GRAMATICAL, ONDE ESSA PALAVRA É UMA PERÍFRASE, PODENDO SER SUBSTITUÍDA POR 'HAVER'

Portanto, com o intuito de aumentar a doação de órgãos e salvar vidas, urge que o Ministério da Saúde em parceria com o Ministério da Educação façam campanhas nas plataformas de streaming[5], por meio de propagandas em canais televisivos de grande audiência — Globo e SBT. Tais campanhas devem contar com neurologistas, os quais devem explicar como ocorre a morte encefálica, além de incentivar o diálogo familiar acerca da morte e da possiblidade[6] de doação de órgãos. Somente assim, a realidade vivida nos hospitais da nação verde-amarela se distanciará de Seatle Grace.

:arrow: [5] Possível ESTRANGEIRISMO, onde usa-se aspas na palavra.
:arrow: [6] Possível erro de digitação
#73415
OLA GIGI! Tudo bem!? Espero que seu dia esteja "maravilindo"! 👋🏻😺🌤

desculpa a demora, mas cheguei! Fiz essa pequena análise sobre algumas dicas e observações com muito carinho, espero que te ajude em algo. Very, very beijos!♡♡♡
╭──────────────╯

🦆 ⌕ 𖨂 Correção de EmiillySilva》▷
RedaçãoGI69

Tema: "OS DESAFIOS DA DOAÇÃO DE ÓRGÃOS NO BRASIL."

👥⌕ 𖨂 ᵉˢˢᵃ ᶜᵒʳʳᵉᶜ̧ᵃ̃ᵒ ᵗᵉᵐ ᶜᵒᵐᵒ ᶠᶦⁿᵃˡᶦᵈᵃᵈᵉ ᵍᵘᶦᵃʳ ᵉ ᵃˡᵉʳᵗᵃʳ ᵒ ᵉˢᶜʳᶦᵗᵒʳ ᵈᵉ ˢᵉᵘˢ ᵈᵉˢˡᶦᶻᵉˢ ᵒᵘ ᵖᵒˢˢᶦ́ᵛᵉᶦˢ ᵉʳʳᵒˢ ᵈᵉ ᵃᶜᵒʳᵈᵒ ᶜᵒᵐ ᵒ ᵐᵒᵈᵉˡᵒ ᵈᵉ ʳᵉᵈᵃᶜ̧ᵃ̃ᵒ ᵉⁿᵉᵐ. ᵃᵖᵃʳᵗᶦʳ ᵈᶦˢˢᵒ ᵉ́ ᶦᵐᵖᵒʳᵗᵃⁿᵗᵉ ᵈᵉˢᵗᵃᶜᵃʳ ᵠᵘᵉ ⁿᵃ̃ᵒ ˢᵒᵘ ᵘᵐ ᵖʳᵒᶠᶦˢˢᶦᵒⁿᵃˡ ⁿᵃ ᵃ́ʳᵉᵃ, ᵉⁿᵗᵃ̃ᵒ ᵠᵘᵃˡᵠᵘᵉʳ ᵉᵠᵘᶦ́ᵛᵒᶜᵒ ᵈᵃ ᵐᶦⁿʰᵃ ᵖᵃʳᵗᵉ ᵇᵃˢᵗᵃ ᵐᵉ ᶦⁿᶠᵒʳᵐᵃʳ, ᵖᵒᶦˢ, ᶠᵃᶜ̧ᵒ ᵃᵖᵉⁿᵃˢ ᶜᵒᵐ ᶦⁿᵗᵘᶦᵗᵒ ᵈᵉ ᵃʲᵘᵈᵃʳ ᵒˢ ᵒᵘᵗʳᵒˢ
─────────────────
Competências
﹌﹌﹌﹌﹌﹌﹌﹌

Incrível
mude essa parte se possível/ faltou algo.
Erro.( como: ortografia, fuga do tema, falta de coesão, ser incoerente, usar linguagem informal, frases ambíguas [...])
Repetição vocabular.
Conectivos.
Repertório.
Elementos da introdução.
→ ᵉˣᵖᵉᶜᵗᵃᵗⁱᵛᵃˢ ᵖᵃʳᵃ ᵒ ᵈᵉˢᵉⁿᵛᵒˡᵛⁱᵐᵉⁿᵗᵒ ⁰¹
→ ᵉˣᵖᵉᶜᵗᵃᵗⁱᵛᵃˢ ᵖᵃʳᵃ ᵒ ᵈᵉˢᵉⁿᵛᵒˡᵛⁱᵐᵉⁿᵗᵒ ⁰²
➬ ⟨ ⟩ Atenção
destaque de um comentário.

[⚠️》 Perdão se alguma cor sair errada.]
- - - - - - - - - - -- - - - - - - - - - -- - - - - - - - - - -- - - - -
INTRODUÇÃO
╰──────────────────╮

Em um dos episódios de "Grey's Anatomy", um paciente do Seatle[Erro》"Seattle"] Grace Hospital precisa urgentemente de um fígado, mas apesar de estar há muito tempo na lista de espera, não consegue o órgão facilmente. Não distante da ficção, no Brasil hodierno, a demanda por órgãos é maior que a quantidade doada, o que configura um sério problema.『🅰️ Nesse ínterim, estratégias devem ser aplicadas para alterar essa situação que possui como causas: a carência de diálogo no que tange à morte ➬ᵉˣᵖᵉᶜᵗᵃᵗⁱᵛᵃˢ ᵖᵃʳᵃ ᵒ ᵈᵉˢᵉⁿᵛᵒˡᵛⁱᵐᵉⁿᵗᵒ ⁰¹ e a falta de informações sobre a concessão de órgãos. ➬ᵉˣᵖᵉᶜᵗᵃᵗⁱᵛᵃˢ ᵖᵃʳᵃ ᵒ ᵈᵉˢᵉⁿᵛᵒˡᵛⁱᵐᵉⁿᵗᵒ ⁰²『🅱️

╭──────────────────╯
⌜ ✎⌝ Ótimo! Simplesmente incrível sua introdução, garante todos os pontos necessários para uma estrutura planejada.
▪️cuidado com o erro citado acima.

✔)Contextualização『 narração ficcional
✔)problematização. 『🅰️
✔)Apresentação da tese. 『🅱️
✔)̶ Citação breve de dois argumentos.『01 e 02


- - - - - - - - - - -- - - - - - - - - - -- - - - - - - - - - -- - - -

⁰¹【 DESENVOLVIMENTO
╰──────────────────╮
A priori,[Atenção》estrangeirismo》evite usar esse conectivo, pois "A priori" é uma locução adverbial da língua latina, que não se encontra no dicionário da língua portuguesa, mas é muito usada para indicar “aquilo que vem antes de”.] faz-se relevante pontuar que o ato de evitar debater acerca da morte corrobora a problemática. Consoante o filósofo Heidegger, ainda que seja necessário refletir e falar sobre a morte, os homens evitam fazer isso. Seguindo essa linha de pensamento, é válido afirmar que, se as pessoas ignoram ["um diálogo sobre"] a morte, elas não pensam na possibilidade de doar seus órgãos, e, quando pensam, não dizem aos familiares que deseja[Erro》"desejam"] doá-los ao falecer, já que a morte não é um assunto agradável. Com efeito, um indivíduo que poderia ser doador não terá seus órgãos doados ao falecer, pois [Erro》"vírgula"]não avisou seus familiares — aos quais pertencem a[Erro》"á"] decisão de doar órgãos. Logo, fica nítida a necessidade de incentivar o diálogo sobre o óbito e a cessão de órgãos.
[⭐》fechamento do parágrafo concluído!]

╭──────────────────╯
⌜ ✎⌝ Sua discussão aqui foi muito verídica e atenciosa, abordou muito bem o tema nesse quesito. 😱👏
▪️cuidado com os erros citados acima.
▪️crase.
▪️vírgula.
▪️concordância.
▪️estrangeirismo.
▪️ esse fechamento é um tipo incrível de abordagem para a conclusão e para seu projeto de texto.


╭──────────────────╯


- - - - - - - - - - -- - - - - - - - - - -- - - - - - - - - - -- - - -

╭──────────────╯

⁰² 【 DESENVOLVIMENTO
╰──────────────────╮
A posteriori,[Atenção》"A posteriori" também assume estrangeirismo/latinismo] a falta de informações no que concerne à doação de órgãos é um impulsionador do imbróglio. Consoante o filósofo grego Sócrates, os erros são consequência[" consequênciaS"] da ignorância humana. Diante disso, vale lembrar que a doação de órgãos acontece, na maioria das vezes, quando alguém morre devido a uma parada encefálica — caso em que não há estímulos cerebrais, mas os outros órgãos continuam funcionando por determinado período de tempo [Atenção》"Período de tempo" é um pleonasmo–Pleonasmo consiste na repetição de um termo da oração ou do significado de uma expressão, isto é, alguma informação que é repetida desnecessariamente– é preferível período ou tempo, não os dois] —, porém [Erro》"vírgula"] os familiares do recém-falecido, na esperança de que ele volte à vida negam a concessão dos órgãos do parente, uma vez que não sabem que a parada cerebral é letal. Logo, informar a população é essencial para que haja aumento de doações de órgãos.
.[⭐》fechamento do parágrafo concluído!]


╭──────────────────╯
⌜ ✎⌝ Esse parágrafo também ficou incrível, porém acredito que poderia ter desenvolvido mais a questão da desinformação, pois você acabou dando um foco muito grande ao assunto da "parada encefálica". Logo, se possível, na próxima, adicione um comprimeiro na sua introdução— expectativa para o desenvolvimento⁰²— anunciado que vai se centrar nessa questão, já que informar sobre algo pode ter uma ampla diversidade de particularidades.
▪️Cuidado com o pleonasmo.
▪️vírgula.
▪️concordância.
▪️estrangeirismo.
▪️ótimo tópico frasal.


- - - - - - - - - -- - - - - - - - - - -- - - - - - - - - - -- - - -

╭──────────────╯

CONCLUSÃO
╰──────────────────╮
Portanto, com o intuito de aumentar a doação de órgãos e salvar vidas,[⭐》OBJETIVO] urge que o Ministério da Saúde[⭐》AGENTE] em parceria com o Ministério da Educação façam campanhas nas plataformas de streaming,[Erro》estrangeirismo requer aspas/ ⭐》AÇÃO] por meio de propagandas em canais televisivos de grande audiência[⭐》MEIO] — Globo e SBT. Tais campanhas devem contar com neurologistas, os quais devem explicar como ocorre a morte encefálica, além de incentivar o diálogo familiar acerca da morte e da possiblidade[Erro》"possibilidade"] de doação de órgãos.[⭐》DETALHAMENTO] Somente assim, a realidade vivida nos hospitais da nação verde-amarela se distanciará de Seatle Grace.[⭐》OBJETIVO/FINALIDADE]

╭──────────────────╯
⌜ ✎⌝ Conclusão perfeita, como sempre, bem definida. Parabéns!

╭──────────────────╯

🔍Proposta contém:
[✔《🌟🌟🌟🌟🌟]completa.

✅AGENTE. (Quem tomará providências)
✅AÇÃO. ( O modo, a forma que será feita)
✅OBJETIVO. ( O propósito após ser feita)
✅MEIO. (Por onde? Mídia? Escolas?...)
✅DETALHAMENTO.( Forma mais detalhada do meio, agente ou ação)



╔═══════════════════╗
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Competências
════════════════════
⠀⠀⠀⠀ᵃⁿᵃˡⁱˢᵉ ᵈᵉ ᵖᵒⁿᵗᵒˢ / ⠀⠀⠀⠀⠀ ᵗᵒᵗᵃˡ
1️⃣✅✅✅✅☑☑》 160
Infelizmente encontrei uma quantia de erros que excederam o valor previsto. Sinta-se livre de questioná-los visto que posso ter me equivocado em algum.
﹋﹋﹋﹋﹋﹋﹋﹋﹋﹋﹋﹋﹋﹋﹋﹋﹋
Errospermitidos:⠀⠀/⠀⠀ encontrados:
⠀⠀⠀⠀⠀ [✔]2️⃣⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀[✖]9️⃣
﹋﹋﹋﹋﹋﹋﹋﹋﹋﹋﹋﹋﹋﹋﹋﹋﹋
2️⃣✅✅✅✅✅✅200
você não foge do tema e o desenvolve muito bem!

3️⃣✅✅✅✅✅☑》 180
Aplica conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo, e apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, em defesa de um ponto de vista. Porém, ressalto que deveria desenvolver mais sobre a desinformação social na parte explicada no seu D2(segundo desenvolvimento)

4️⃣✅✅✅✅✅✅200
Articula as partes do texto, com poucas inadequações, e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

5️⃣✅✅✅✅✅200
Conclusão muito boa.
════════════════════
⠀⠀⠀⠀⠀⠀ 《 TOTAL9️⃣4️⃣0️⃣
╚═══════════════════╝
[Estou aprendendo a mexer com as competências, então, caso esteja deslocada de forma indevida me informe. ]
- - - - - - - - - -- - - - - - - - - - -- - - - - - - - - - -- - - -
📍Trajetória de estudos》complete a lista.♡《
╔════════════╗
□ não estudei.
■estudei e entendi.

╚════════════╝



□. Concordância.
□.regências.
□. Vírgula.
□. Sinônimos.
□. Desconstruir uma redação nota mil analisando pontos como: conectivos, repertório, fechamento dos desenvolvimentos, conclusão,[...]

↳entre outros pontos importantes.

[ desculpa qualquer erro, também estou aprendendo como vocês. Essa só foi uma pequena análise por minha parte, mesmo que eu não seja tão boa ainda. (Além de fazer isso à noite, ou seja, o próprio Zumbi em pessoa)♡]

🌟Dicas do dia:

1- Há cartilhas de redações nota 1000, feitas pelo Lucas Felpi, disponíveis gratuitamente. Uma indicação das redações de 2019:
https://www.lucasfelpi.com.br/redamil

2- Canais aconselháveis:







[🔥》"Continue! A força de vontade é o lema que conduz a nossa vida e nos faz navegar em busca de nossos sonhos."]

BOA SORTE E UM BEIJO NO CÉREBRO. 😚🧠

╭──────────────╯
#73432
@Emily Silva muito obrigada😃!

Quando disse que faltava informação me referia justamente à morte cerebral, visto que a maioria das doações de órgãos ocorre devido a isso.

Eita, peguei esses conectivos "A priori" e "A posteriori" de uma redação nota mil. Achei legal, mas você está correta.

Eu estava em dúvida se "período de tempo" é uma redundância. Obrigada por esclarecer.😊

😘🧠
#73478
Gi69 escreveu:@Emily Silva muito obrigada😃!

Quando disse que faltava informação me referia justamente à morte cerebral, visto que a maioria das doações de órgãos ocorre devido a isso.

Eita, peguei esses conectivos "A priori" e "A posteriori" de uma redação nota mil. Achei legal, mas você está correta.

Eu estava em dúvida se "período de tempo" é uma redundância. Obrigada por esclarecer.😊

😘🧠
Por nada, adoro te ajudar! 🤗😁

Tentarei explicar o motivo da D2:
Já de início quero ressaltar que está corretíssima em abordar sobre isso Gi. Porém, em minha análise, na introdução dá a entender que você vai comentar sobre a desinformação no geral, quando falo no "geral", quero dizer que muitas pessoas ainda desconhecem o processo (que você comentou) e o funcionamento das documentações para efetuar isso, assim, por acreditarem neste ato como algo complexo, acabam não participando. Como explica Ierecê Miranda, coordenadora adjunta da Central de Transplantes: “A população do Pará ainda é muito mal informada quanto à doação de órgãos. Quando não se tem informação, se cria um medo, um mito. Muitas vezes, isso pode atrapalhar e ocasionar as recusas”.
Não se preocupe, são apenas detalhes, acredito que citando a Morte encefálica na sua introdução já resolva seu planejamento de texto. Lembrando que também depende da visão de quem irá corrigir sua redação, talvez isso nem seja um problema.

Sobre os conectivos, ( fique tranquila) não tirei ponto deles, apenas dei um conselho mesmo. (melhor garantir do que remediar, pois só quero mil de você Gigi💪🏻😼)


Fico grata em ter ajudado de alguma forma. Beijão!💖

No filme Maze Runner é retratado um mundo p[…]

https://projetoredacaonota1000.com.br/tendencias-e[…]

Se vocês puderem corrigir minha redaç[…]

Padrão de beleza

Gi69 poderia corrigir por favor ? Obrigada Em[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM