Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#54833
No contexto da industrialização ocorrida no Brasil, em que o país substituiu o artesanato pelo uso de máquinas, esse processo teve mais predominância na região Sudeste. E, dessa forma, os habitantes foram favorecidos com uma maior qualidade de vida, já que foram concentrados nesse local os maiores investimentos na saúde, educação e economia. Porém, as outras regiões foram desfavorecidas, causando uma grande desigualdade regional, que persiste até nos dias atuais, sendo um grande desafio a ser superado. Portanto, é necessário medidas para resolver a redução de tal desequilíbrio, causados pela falta de investimentos por parte do Governo Federal e a negligência governamental nesses locais.
Ao falar de regiões carentes, o Nordeste é um exemplo, porque possui o menor IDH do país, ou seja, as condições de vida são péssimas. No livro ‘’Vidas Secas’’ mostra a vida do personagem principal, Fabiano, e sua família, que acabam vivendo uma vida miserável e por conta da seca, acabam tendo a necessidade de sair do local que moravam, mas além dessa perspectiva, todos são analfabetos e mostram a falta que a escolaridade faz, já que não sabem como controlar o dinheiro. Além da ficção, isso é uma realidade nessa região, porque a taxa de analfabetismo é elevada e mostra o ensino de educação falho. E mostra, principalmente, a falta de investimento na educação, sendo refletido também no sistema de saúde, porque há uma grande falta de profissionais qualificados pela falta de ensino superior.
O Governo Federal mostra um grande abandono em relação às regiões mais pobres, e o apagão no Amapá comprova esse fato, porque só depois de 22 dias o fornecimento de energia voltou. Enquanto em regiões como o Sudeste as situações como essas são evitadas e prevenidas, porém nas regiões desfavorecidas, as medidas são vistas com descaso e a população é a que sofre com as consequências. Essa falta de atenção pode provocar muitas mortes, assim como ocorreu no colapso na saúde de Manaus, em que a falta de oxigênio já era esperada, porém as autoridades não fizeram as medidas necessárias para prevenir esse acontecimento.
Embora a questão da desigualdade regional seja uma questão difícil de ser resolvida, podem ser adotadas medidas para a resolução desse problema. É necessário que o Ministério da Educação aumente os investimentos no setor educacional das regiões desfavorecidas, fazendo com que ocorra o aumento na verba dos recursos nas escolas públicas para que dessa forma, haja uma infraestrutura melhor e um ensino capaz de formar profissionais qualificados. Além de que o Governo Federal aumente sua capacidade de fiscalização nas regiões necessitadas, por meio de leis regulamentadoras, que sejam capazes de prevenir situações de risco, com a finalidade de melhorar a situação de descaso com essas regiões.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 170

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 150

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#55197
Miniglossário
Desvio: problema de gramática ou de convenções de escrita.
Falha: problema de estrutura sintática.
Inadequação: problema de coesão.
Monobloco: redação constituída por um único parágrafo, configurando um bloco maciço de períodos sem qualquer organização paragráfica identificável.
Operadores argumentativos: elementos que são responsáveis pelo encadeamento dos enunciados, estruturando o texto e determinando a orientação argumentativa.
Parte embrionária: introdução, argumentação ou conclusão muito curta devido a sua pouca produção.
Sem direção: redação que apresenta informações, fatos e opiniões de forma caótica ou desconexa, isto é, um aglomerado de palavras, frases ou ideias que não se articulam entre si em defesa de um ponto de vista.
...
...
Correção da redação
Usuário(a): @eitagabriela

Tipo de correção:
(X) Detalhada
(X) Completa

Legenda:
desnecessário ou redundante
(elementos da proposta de intervenção)
erro correção
linguagem confusa
mandou bem
"melhorável" sugestão
(w): observação
repetição

No contexto da industrialização ocorrida no Brasil, em que o país substituiu o artesanato pelo uso de máquinas, esse processo teve mais predominância na região Sudeste. E, dessa (1) Dessa forma, os habitantes foram favorecidos com uma maior qualidade de vida, já que foram concentrados nesse local os maiores investimentos na saúde, e na educação e economia (2). Porém Em contrapartida (3), as outras regiões foram desfavorecidas, causando uma grande desigualdade regional, que persiste até nos dias atuais, sendo e é um grande desafio a ser superado. Portanto (4), é necessário medidas para resolver a redução (5) de tal desequilíbrio, causados (6) pela falta de investimentos por parte do Governo Federal e pela (7) negligência governamental nesses locais (8). (9)
Ao se falar (10) de regiões carentes, o Nordeste é um exemplo, porque possui o menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do país, ou seja, as condições de vida são péssimas (11). No O (12) livro ‘’Vidas Secas’’ mostra a vida do personagem principal, Fabiano, e da sua família, que acabam vivendo vivem uma vida miserável e, por conta da seca, acabam tendo têm a necessidade de sair do local em (13) que moravam, mas e, além dessa de enfrentarem essa perspectiva, todos são analfabetos e mostram a falta que a escolaridade faz, já que não sabem como controlar o dinheiro (14). (15) Além (16) da ficção, isso é uma realidade nessa região, porque (17) a taxa de analfabetismo é elevada e mostra que o ensino de educação (18) é falho. E mostra (19) Mostra, principalmente, a falta de investimento na educação, sendo refletido a qual tem reflexos também no sistema de saúde, porque (20) há uma grande falta de profissionais qualificados pela falta de ensino superior (21).
O Governo Federal mostra um grande abandono em relação às regiões mais pobres, e o um apagão que ocorreu no Amapá comprova esse fato, porque só depois de 22 dias o fornecimento de energia voltou (22). Enquanto em regiões como o Sudeste as situações como essas são evitadas e prevenidas, porém (23), nas regiões desfavorecidas, as medidas são vistas com descaso e a população é a que sofre com as consequências. Essa falta de atenção pode provocar muitas mortes, assim como ocorreu no colapso na saúde de Manaus (22), em que a falta de oxigênio já era esperada, porém (24) as autoridades não fizeram implementaram as medidas necessárias para prevenir esse acontecimento. (25)
Embora (26) a questão da desigualdade regional seja uma questão difícil de ser resolvida, podem ser adotadas medidas para a resolução desse problema. É necessário que o Ministério da Educação (agente) aumente os investimentos no setor educacional das regiões desfavorecidas (ação), fazendo com que ocorra o aumento na da verba dos destinada aos recursos nas escolas públicas (27), para que, dessa forma, haja uma infraestrutura melhor e um ensino capaz de formar profissionais qualificados (finalidade). Além de que o Ademais, o Governo Federal (agente) aumente deve aumentar sua capacidade de fiscalização nas regiões necessitadas (ação), por meio de leis regulamentadoras, que sejam capazes de prevenir situações de risco (meio), com a finalidade de melhorar a situação de descaso com essas regiões (finalidade) (28). (29)

Observações:
(1) Período fragmentado. Começar a frase com a conjunção "e" costuma gerar esse problema. Evite.
(2) Salvo engano da minha parte, não é habitual usar a expressão "investir na economia". O papel do Estado é geri-la.
(3) "porém" é um ótimo conectivo, mas acho que, nesse caso, "em contrapartida" ficaria melhor. De qualquer forma, é só uma sugestão.
(4) Percebi que você sempre usa mecanismos coesivos entre as frases, o que é muito bom; no entanto, te dou uma dica: de vez em quando, desloque o conectivo. Por exemplo: "É necessário, portanto, medidas para..." em vez de "Portanto, é necessário medidas para..."
(5) Como assim?
(6) "causado" concorda com "desequilíbrio", no singular.
(7) Atenção ao paralelismo.
(8) Muito bem! Antecipar seus argumentos fortalece o projeto de texto. Só tome um cuidado: seus dois argumentos centrais são parecidos demais, haja vista que a falta de investimento é uma forma de negligência.
(9) Boa introdução!
(10) Evite coloquialidades.
(11) O fato de uma região ser a com menor IDH no país não leva, logicamente, à conclusão de que as condições de vida são péssimas. Inclusive, o IDH do Nordeste é considerado médio, e não baixo.
Além disso, não generalize. Mesmo quando a situação social de um local é ruim, sempre há os grupos privilegiados e os desprivilegiados, portanto não é correto dizer, de forma absoluta, que as condições de vida são péssimas. Use modalizadores, como "em geral", "muitas vezes", "frequentemente"...
(12) Desvio grave.
O que mostra mostra algo.
O que = O livro "Vidas secas"
algo = a vida do personagem principal
O livro "Vidas Secas" mostra a vida do personagem principal.
(13) Quem mora mora em algum lugar.
(14) Evite frases tão longas.
(15) O repertório é bom, mas a relação entre ele e a argumentação não ficou muito forte.
(16) Evite repetir conectivos.
(17) Evite repetir conectivos.
(18) Redundante.
(19) Outro período fragmentado.
(20) De novo! É o terceiro "porque" só nesse parágrafo.
(21) Não é pertinente falar sobre saúde aqui. Foque no argumento central do parágrafo. Em vez de introduzir uma nova ideia, de preferência conclua com um fechamento crítico.
(22) Não descreva o acontecimento como se o leitor soubesse do que você está falando. Explique pensando que alguém que não tem nenhuma informação sobre isso precisa entender.
(23) Ou "enquanto", ou "porém".
(24) Evite repetir conectivos.
(25) Só isso? Faltou desenvolver mais. Ficou expositivo demais também. Um exemplo bem explicado já seria o suficiente.
De preferência, utilize esta estrutura: tópico-frasal (apresentação da ideia-núcleo), comprovação (embasamento da ideia-núcleo), aprofundamento (desenvolvimento mais aprofundado do argumento) e fechamento (conclusão do raciocínio).
(26) "embora" é um bom conectivo, mas não liga parágrafos. Não há nenhum operador argumentativo intraparagrafal em todo o seu texto. É preciso que haja pelo menos dois.
(27) Investir mais é o mesmo que aumentar verbas. Não repita informações, sintetize-as!
(28) Faltou o detalhamento à segunda proposta, que é a mais completa. À primeira, faltaram o meio e o detalhamento.
(29) De preferência, escreva um fechamento, em que é recomendada a retomada de um repertório.

Notas:
C1 - 120
Justificativa: há alguns desvios gramaticais e algumas falhas na estrutura sintática.
C2 - 160
Justificativa: não há nenhum repertório produtivo.
C3 - 120
Justificativa: há alguns problemas significativos na argumentação e no projeto de texto.
C4 - 120
Justificativa: articulação mediana, com algumas inadequações e consideráveis repetições.
C5 - 160
Justificativa: proposta com quatro dos cinco elementos necessários.

Total - 680
Continue praticando!!! Conte comigo para melhorar!!!


Referências
Material de leitura dos corretores do ENEM: apostila-manual-de-leitura-dos-corretor ... 15107.html

...
Se puder, doe para o projeto, por favor: donation/index.html
Os usuários que contribuírem terão benefícios no meu sistema de correções.

...
Ei, que tal agora corrigir os textos de outras pessoas? Continue este ciclo!
Você pode consultar a tabela oficial dos corretores do ENEM no link abaixo:
apostila-manual-de-leitura-dos-corretor ... 15107.html
#55207
Materiais de apoio sugeridos para você:

Competência 1
Exercícios diagnósticos com gabarito - Descubra suas dificuldades: exercicios-diagnosticos-com-gabarito-de ... 29204.html
Vírgula e outros sinais de pontuação (opcional): virgula-e-outros-sinais-de-pontuacao-c1-t15059.html

Competência 2
Repertório sociocultural (opcional): repertorio-sociocultural-c2-t15074.html

Competência 3
Projeto de texto: projeto-de-texto-c3-t15094.html
Exercícios sobre habilidades argumentativas (opcional): exercicios-sobre-habilidades-argumentat ... 28899.html
Lógica da argumentação (opcional): logica-da-argumentacao-c3-t15124.html

Competência 4
Mecanismos coesivos: mecanismos-coesivos-c4-t15139.html
Exercícios sobre mecanismos coesivos - Frases de filmes, séries e animações (opcional): exercicio-sobre-mecanismos-coesivos-c4- ... 15267.html

Competência 5
Proposta de intervenção (opcional): proposta-de-intervencao-c5-t15145.html

Competência 1 e 4
Vocabulário e sinônimos (opcional): vocabulario-e-sinonimos-c1-e-c4-t15434.html

Bons estudos! ;)

Durante está crise da pandemia, agrava-se c[…]

Na literatura cinematográfica “Ela da[…]

No filme o menino do pijama listrado, é ret[…]

O combate as epidemias no Brasil

A crescente virtude de epidemias no Brasil est&aac[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM