• Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por Wilmar
#76752
Essa guerra tem três nomes diferentes, Guerras dos farrapos, revolução farroupilha e revolta dos farrapos. Aconteceu no território brasileiro durante o periodo regencial e ganhou o título de pelo maior tempo de duração, dez anos, além desse titulo também foi a que mais

ameaçou a integridade da nação federativa do Brasil. Tudo isso foi iniciado pela elite gaúcha e teve fim com um tratado chamado Poncho Verde graças a um acordo entre o Governo do Brasil e os estancieiros gaúchos, mas oque causou o inicio dessa guerra/revolução? O maior motivo foi a indignação dos estancieiros gaúchos com a política fiscal do governo brasileiro naquela época. Em 1836 os farrapos anunciaram

a separação do Rio Grande do Sul do Brasil e fundaram a República do Piratini. Os charqueadores, famosos fabricantes de chaque, o principalmente alimento dos escravos no sudeste e nordeste estavam deveras insatisfeitos com as impostos cobrados. pelo governo sendo que o charque produzido pelos uruguaios e argentinos tinha impostos bem pequenos, tudo isso acumulado tomava o produto gaúcho menos competitivo, pois era mais caro e tudo que os estancieiros queriam era que o charque gringo fosse taxado tanto quanto o deles para se tomar uma disputa justa, entretanto há outro motivos para a revolta ter acontecido, entre eles são estão: Insatisfação com a criação da Guarda Nacional, Insatisfação com a centralização do governo e a falta de autonomia da provincia, Insatisfação com a negativa do govemo em assumir os prejuízos causados por uma praga de carrapatos que atacou o gado na região em 1834, entre outro....

A revolta se iniciou dia 20 de setembro de 1835 e se espalhou por todo Rio Grande do Sul rapidamente, porém apenas em setembro de 1836 foi fundada a provincia do Piratini que ja citava no início do texto.

Toda revolta tem que haver um lider que comanda e esse não é diferente e teve como lider Bento Gonçalves que também foi presidente por algum tempo da provincia do Piratini, mas claro que temos outros grandes nomes envolvidos nisso como Giuseppe Garibaldi( italiano) e David CanaBarro um militar brasileiro, esses dois nomes foram responsáveis por levar a revolução para a provincia de Santa Catarina e logo depois fundaram a provincia de Juliana em 1839 que durou poucos anos pois o império a tomou no mesmo ano de sua fundação

Embora a guerra dos farrapos durou felizmente teve baixo nivel de mortalidade, pois em 10 anos levou 3 mil vidas que embora qualquer vida perdida seja ruim comparando com sua duração poderia ter sido em maior escala.

Um ponto importante é que não há consenso entre os historiadores sobre se as farrapos queriam de fato separar-se do Brasil ou se apenas queriam garantir mais autonomia para sua provincia. Outro ponto que merece ser considerado é que a luta dos farrapos não contou com o apoio de toda a população gaúcha, temos como por exemplo nossa atual capital, Porto Alegre que não apoiou a revolta.

A concentração dos combates era estilo cavalaria, mas os farrapos se concentraram no combate quando o conflito já estava liquidado a favor do Império Brasileiro, tudo isso de acordo com o jornalista Juremir Machado.

Para tentar conter toda essa revolta, o govemo brasileiro nomeou Luis Alves de Lima e Silva como barão de Caxias. Essa ação foi muito eficiente pois sufocou os farrapos com a ação envolvendo 12 mil homens e assim levou a negociação que levou o fim da Guerra dos farrapos, a Contrato de Pancho Verde teve os seguintes termos aceitamos por ambos lados Taxação em 25% sobre o charque estrangeiro; Anistia para os envolvidos com a revolta; Incorporação dos militares dos farrapos ao exército imperial, mantendo sua patente: Os

provincianos teriam direito de escolher o próprio presidente de provincia (entretanto, isso não foi cumprido): Os escravos que lutaram do lado dos farrapos seriam alforriados (item também não cumprido).

= |||
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Jotaveh e Gi69 :!: :!:

A luta em meio á reciclagem

No Brasil, é bem comum ver por aí ca[…]

A constituição Federal de 1988 (CFI8[…]

Outubro Rosa A prevenção ao c&ac[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM