• Avatar do usuário
#66464
A produção ficcional "Mãos Talentosas" narra a história real do Dr. Benjamin Carson, que cresceu em um lar desfeito em meio à pobreza e ao preconceito, e sua mãe uma senhora analfabeta que insistiu em dar as oportunidades que ela não teve. Com efeito as dificuldades sofridas por ela é a realidade de muitos brasileiros fora da ficção. Nesse sentido torna-se claro como o sistema educacional precário figura como a origem dessa problemática. Assim, não só a falha educacional, como também o baixo investimento do poder público aprofundam nessa situação calamitosa.

Em primeiro plano, é lícito postular ausência de medidas governamentais para combater a falha educacional. Sobre a perspectiva do filósofo grego Pitágoras é necessário educar as crianças para que não seja preciso punir os homens, entretanto, isso não acontece no Brasil. De acordo com o Instituto Brasileiro de geografia e estatística o (IBGE) aponta que 6,6%, aproximadamente 11 milhões de brasileiros não sabem ler nem escrever. Desse modo, faz-se mister a reformulação dessa postura estatal de forma urgente.

Ademais, o baixo investimento do poder público também pode ser apontado como produtor do problema. De acordo com o artigo 205 da Constituição Federal a educação é direito de todos e dever do Estado. Partindo desse pressuposto, percebe-se que a falta do ensino promove o aumento da desigualdade social, tendo em vista que a população analfabeta tem mais dificuldade de conseguir um emprego e renda. Destarte tudo isso, retada a resolução do empecilho, já que a falta de investimento do estado contribui para a perpetuação deste cenário caótico.

Portanto, é essencial a atuação estatal e social para que tais obstáculos sejam superados. Assim, o Tribunal de Contas da União deve direcionar capital que, por intermédio do Ministério da Educação, junto ao Ministério da Cidadania devem promover projetos pedagógicos como palestras e ações comunitárias capazes de promover a alfabetização de todos, essa iniciativa terá a finalidade de aumentar o investimento da educação e garantir que o Brasil seja uma nação igualitária.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

De acordo com a Primeira Lei de Newton, um corpo e[…]

Doação do coração

A série médica americana "Grey'[…]

Carinho sanguíneo

A série médica americana "Grey'[…]

Índio no Brasil

Hoje,na sociedade brasileira, as políticas […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM