• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#70162
O longa metragem sul-coreano "Sapatinho vermelho e os Sete Anões", propõe uma crítica social ao ideário padrão de beleza e ao julgamento precipitado de um indivíduo por sua aparência física. Nesse sentido, nota-se no decorrer do filme a insegurança de Chloe, uma princesa gorda, ao receber um tratamento diferente—como ser considerada a mais bela — quando obtém a possibilidade, mediante sapatos mágicos, de se tornar magra. Embora seja uma obra ficcional, é lícito associar a gordofobia, no Brasil, como um problema coletivo que está intimamente ligado aos estigmas sociais e a inclusão incorreta praticada pela mídia.

Em primeiro plano, é mister evidenciar que os estigmas sociais colaboram para a existência de uma visão contestável. Segundo a professora Amanda, "agora tudo gira em torno do meu peso. É difícil achar médicos que tratem do que eu preciso sem me mandar emagrecer". Com isso, é perceptível o quanto as crenças negativas— sobre todo corpo gordo estar afiliado a doenças— induzem o pensamento crítico da população em adotar a magreza como única solução para problemas que podem estar relacionados à situações opostas ao peso, visto que, de acordo com a medicina, o Índice de Massa Corporal (IMC)  não é o único critério determinante da condição de saúde de uma pessoa. Logo, observa -se, infelizmente, uma convicção errônea e generalizada.

Ademais, é imperioso combater a indevida inclusão midiática direcionada a essa conjuntura. Sob esse viés, a mídia assume um grande papel para a influência da gordofobia, já que a inclusão de personagens com sobrepeso ocorre de forma insuficiente e estereotipada, sendo representados como pessoas carentes, que precisam emagrecer para obter sucesso na vida ou serem levadas a sério, assim os papéis de maior destaque tendem ao gênero de comédia, como sucede no filme “Minha Mãe é uma Peça 2”, quando a presença de Marcelina, filha da protagonista, torna-se motivo de diálogos nocivos e piadas sobre seu perfil ccorporal. Pois, se não priorizarem a importância de uma inclusão correta, só ocorrerá aversão e discriminação social.

Portanto, medidas devem ser tomadas para mitigar essses problemas. Por isso, os agentes da saúde, com apoio do Ministério da Educação, devem conscientizar a população com cartilhas educativas — explicações que visem
desmistificar as crenças generalizadas e, também, indicar os problemas relacionados ao endeusamemto do corpo magro— nas escolas e no ambiente familiar, a fim de desenvolver um novo panorama da diversidade de corpos e o acolhimento social. Desta forma, espera-se que o senso crítico afaste esse impasse, realista, presente nos filmes e na vida de muitos indivíduos.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#70185
Oi, Emilly! Primeiramente, quero deixar claro que eu estou loooooonge de ser um especialista, ainda estou no processo de aprendizado também, então isso vei ser mais um comentário sobre sua redação.
Ah, eu acabei de fazer uma redação sobre a violência contra a mulher no Brasil, agradeceria se você também desse uma olhada na minha, assim nos ajudamos.

• Sobre a introdução: acho que você demonstrou bem que entendeu o tema ao associá-lo ao filme; mostrou saber sobre o filme e descreveu-o muito bem, apontando elementos específicos que o relacionam com o tema; acredito que a transição entre a ficção e a realidade brasileira poderia ter sido feita de forma melhor; a tese está fácil de identificar, bem como a base argumentativa.

• Desenvolvimento 1: boa articulação da introdução com esse primeiro parágrafo sobre os estigmas sociais; demonstrou uma variadade de conhecimentos ao falar sobre o IMC, que também foi um bom argumento; acredito que a fala da professora com relação ao tema poderia ter sido melhor situada (quem é a professora ou qual é a fonte dessa fala?)

• Desenvolvimento 2: esse parágrafo eu achei perfeito, desde a argumentação até a exemplificação utilizando o filme Minha Mãe é Uma Peça.

• Conclusão: acredito que a proposta de intervenção está bem completa, com agente, ação, modo, detalhamento e finalidade; o texto também está muito bem concluído; por fim, eu me perguntei se o uso desses traços seriam positivos (talvez demonstre falta de conectivos, não sei, posso estar falando besteira, não costumo usar).

Enfim, espero ter ajudado mais do que atrapalhado.
#70227
pierre064 escreveu:Oi, Emilly! Primeiramente, quero deixar claro que eu estou loooooonge de ser um especialista, ainda estou no processo de aprendizado também, então isso vei ser mais um comentário sobre sua redação.
Ah, eu acabei de fazer uma redação sobre a violência contra a mulher no Brasil, agradeceria se você também desse uma olhada na minha, assim nos ajudamos.

• Sobre a introdução: acho que você demonstrou bem que entendeu o tema ao associá-lo ao filme; mostrou saber sobre o filme e descreveu-o muito bem, apontando elementos específicos que o relacionam com o tema; acredito que a transição entre a ficção e a realidade brasileira poderia ter sido feita de forma melhor; a tese está fácil de identificar, bem como a base argumentativa.

• Desenvolvimento 1: boa articulação da introdução com esse primeiro parágrafo sobre os estigmas sociais; demonstrou uma variadade de conhecimentos ao falar sobre o IMC, que também foi um bom argumento; acredito que a fala da professora com relação ao tema poderia ter sido melhor situada (quem é a professora ou qual é a fonte dessa fala?)

• Desenvolvimento 2: esse parágrafo eu achei perfeito, desde a argumentação até a exemplificação utilizando o filme Minha Mãe é Uma Peça.

• Conclusão: acredito que a proposta de intervenção está bem completa, com agente, ação, modo, detalhamento e finalidade; o texto também está muito bem concluído; por fim, eu me perguntei se o uso desses traços seriam positivos (talvez demonstre falta de conectivos, não sei, posso estar falando besteira, não costumo usar).

Enfim, espero ter ajudado mais do que atrapalhado.
Olá Pierre! 😼👍🏼Tudo bem?
Obrigado por trazer sua analise!

—havia esquecido de marcar alguém, estava exausta nesse dia, valeu mesmo! Sobre o nome do repertório, realmente devia ter colocado completo, mas trinta linhas é complicado para uma pessoa que gosta de escrever "livros" (kkk brincadeiras à parte). O travessão na conclusão normalmente se utiliza para demostrar detalhamento, pelo que venho analisando nas outras redações (recomendo tentar).

—Claro! Vou ficar muito feliz em ajudar, farei minha análise na sua redação após terminar algumas correções pendentes, mas prometo aparecer mais rápido que o flash!😄🙌🏻

A Constituição Federal, norma de mai[…]

Sua redação está maravilhosa[…]

Acesso ao cinema

Segundo o Artigo 215 da Constituição[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM