• Avatar do usuário
#81685
No livro "A Rainha Vermelha", o professor Julian Jacos, apesar de pertencer à parcela mais nobre da sociedade, não tem seu trabalho de professor devidamente reconhecido. De maneira análoga, a falta de reconhecimento do professor é acompanhada pela inversão de papéis nas salas de aula brasileiras, potencializada principalmente pela formação familiar e pelo silenciamento.

Diante desse cenário, a formação familiar é uma causa latente do problema. A respeito disso, o filósofo Immanuel Kant afirma que o ser humano é resultado educação que teve. Sob essa perspectiva, muitas famílias, ao educarem seus filhos, têm desvalorizado a importância dos educadores em suas formações, de modo que seus filhos, possivelmente, tornar-se-ão estudantes despreocupados com as suas obrigações e tarefas escolares.

Outrossim, o silenciamento permite o agravamento do imbróglios exposto. Nesse sentido, o pensador Habermas defende que a linguagem é uma verdadeira forma de ação. Sob essa ótica, é inadmissível que os meios de comunicação, como a televisão, jornais, redes sociais, negligenciem a abordagem da inversão de papéis nas salas de aula, visto que, com a ausência da discussão desse assunto na mídia, será mais difícil sua identificação nas escolas.

Portanto, em razão da formação familiar e do silenciamento, faz-se necessária uma intervenção. Desse modo, o Ministério da Educação, por meio de maior arrecadação de impostos, deve criar campanhas destinadas às instituições escolares, com o intuito de combater a inversão de papéis no ambiente escolar. Além disso, tal ação pode contar com a distribuição de panfletos que auxiliem às famílias acompanharem a vida escolar de seus filhos. Assim, a realidade de Julian não será reproduzida no Brasil.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#81692
No livro "A Rainha Vermelha", o professor Julian Jacos, apesar de pertencer à parcela mais nobre da sociedade, não tem seu trabalho de professor devidamente reconhecido. De maneira análoga, a falta de reconhecimento do professor é acompanhada pela inversão de papéis nas salas de aula brasileiras, potencializada principalmente pela formação familiar e pelo silenciamento.

Diante desse cenário, a formação familiar é uma causa latente do problema. A respeito disso, o filósofo Immanuel Kant afirma que o ser humano é resultadoda educação que teve. Sob essa perspectiva, muitas famílias, ao educarem seus filhos, têm desvalorizado a importância dos educadores em suas formações, de modo que seus filhos, possivelmente, tornar-se-ão estudantes despreocupados com as suas obrigações e tarefas escolares.
desdobrar mais o argumento

Sugestão: Exemplificar como acontece na prática a questão de desvalorização dos educadores

Outrossim, o silenciamento permite o agravamento do imbróglios exposto. Nesse sentido, o pensador Habermas defende que a linguagem é uma verdadeira forma de ação. Sob essa ótica, é inadmissível que os meios de comunicação, como a televisão, jornais, redes sociais, negligenciamnegligenciem a abordagem da inversão de papéis nas salas de aula, visto que, com a ausência da discussão desse assunto na mídia, será mais difícil sua identificação nas escolas.
desdobrar mais o argumento
Sugestão: Falar sobre as consequências de uma maneira mais explícita

Portanto, em razão da formação familiar e do silenciamento, faz-se necessária uma intervenção. Desse modo, o Ministério da Educação, por meio de maior arrecadação de impostos, deve criar campanhas destinadas às instituições escolares, com o intuito de combater a inversão de papéis no ambiente escolar. Além disso, tal ação pode contar com a distribuição de panfletos que auxiliem as às famílias a acompanharem a vida escolar de seus filhos. Assim, a realidade de Julian não será reproduzida no Brasil.

Camp 1: Poucos erros
Camp 2: Ok
Camp 3: Tornar sua argumentação mais consistente desdobrando mais os argumentos
Camp 4: ok
Camp 5: ok

Lembrando que não sou corretora😅😅
Redação ENEM 2021

chicao KarllaViit EuDavila Eumesmaoxi Ped[…]

Olá, alguém poderia corrigir? 😊 @An[…]

Na novela Avenida Brasil, é visto um exempl[…]

Você poderia dar uma nota para minha reda&cc[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM