Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#46479
A constituição federal de 1988, documento jurídico mais importante do país, prevê em seu artigo 6 o direito a educação básica como inerente a todo cidadão brasileiro. Conquanto, tal prerrogativa não tem se notado com ênfase na prática quando se observa a falta de incentivo da leitura na infância, dificultando a universalização desse direito social tão importante. Diante dessa perspectiva, faz-se necessária a análise dos fatores que favorecem esse quadro. O problema da falta de incentivo - leitura na infância

Em uma primeira análise, deve-se ressaltar a importância da leitura para a formação da vida acadêmica e social do indivíduo, pois, a mesma aumenta os conhecimentos e aprimora o vocabulário e a escrita. No entanto, percebe-se uma frequente acomodação, já que grande parte das crianças e adolescentes não se interessam em aprofundar seus conhecimentos. Tal evidência pode ser fundamentada no modelo de ensino tradicional das instituições, haja visto que em grande maioria, os alunos só decoram as matérias para serem aprovados ao final do ano, como se fossem meros robôs a cumprir tarefas.

Ademais, é fundamental salientar que o avanço da tecnologia é um dos principais impulsionadores dessa falta de incentivo no Brasil e no mundo. Segundo Carlos Drummond de Andrade, principal modernista brasileiro ''A leitura é uma fonte inesgotável de prazer, mas, por incrível que pareça, a quase totalidade não sente esta sede''. Essa frase pode ser evidenciada aos dias de hoje, visto que jogos e vídeos nos celulares, tablets e computadores são mais atrativos para o entretenimento infantil. Entretanto, essa conjuntura é favorável à leitura, visto que há infinitos sites que disponibilizam livros para serem baixados gratuitamente, possibilitando uma apreciação de acordo com os interesses procurados por tal.

Depreende-se, portanto, a necessidade de se combater esses obstáculos. Para isso, é imprescindível que o Ministério da Educação, por intermédio de campanhas de incentivo, invista em construção de bibliotecas públicas com boa infraestrutura e um acervo atualizado e diversificado. Além disso, alterações na grade escolar podem ser feitas para contribuir com um maior tempo de leitura em sala, fazendo com que assim, a sede pela leitura seja frequente desde cedo, tal como afirma Carlos Drummond de Andrade.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A importância da leitura

É importante destacar de início que […]

Lally EscreverOnline Logo BuscarNova redaç&[…]

Evasão escolar

É de conhecimento geral que, em nosso pa&i[…]

De acordo com Friedrich Hegel o estado deve prote[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM