Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#49402
Na trilogia, Crônicas de Amor e Ódio, um reino chamado Venda é retrato como abandonado, excluído dos outros, em que a população precisa matar e morrer para ter o básico, como o alimento. Assim mostra-se relevante pensar no cenário atual da fome no Brasil, que não está muito diferente do que Venda vive, uma vez que a desigualdade social dá forças para manter esse cenário e as classes mais baixas acabam enfrentando diversas situações para minimizar a insegurança alimentar.

De inicio, é notório destacar que infelizmente a desigualdade social ajuda a manter esse quadro de subalimentados, através da má distribuição de renda; falta de investimento em áreas sociais, culturais, de saúde e educação; e na falta de oportunidades de trabalho. Isso porque em uma sociedade capitalista quando a pessoa não gera e não tem capital , dificilmente ela terá algo, até mesmo comida. Prova disso recai no relatório da FAO, qual aponta que 5,2 milhões de pessoas passaram fome no Brasil em 2017.

Ademais, cabe ressaltar a luta diária dos cidadãos brasileiros para conseguir se manter nutrido. Esse cenário envolve, a busca de alimentos em lixões; trabalho infantil; e trabalho em condições precárias e desumanas, afim de garantir o mínimo para viver. Sendo assim, torna-se urgente reconhecer que esse processo não é uma fatalidade, podendo sim ser reversível.

Portanto, compete ao governo elaborar politicas publicas, por meio do Poder Legislativo, uma vez que ele pode criar leis na qual garantem que toda empresa grande tenha pelo menos três indivíduos que se encontrem nessas situações - mantendo o anonimato dos mesmos - dando todo suporte necessário de alimentação básica, moradia e estudos, até que a pessoa consiga se estabelecer. Tendo como objetivo não só minimizar os danos que a fome traz para desenvolvimento físico e mental, como também diminuir a instabilidade politica e social.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A constituição de 1988,artigo 6°[…]

Pessoas com doenças mentais no Brasil s&ati[…]

“Felicidade é um instante de vida ao […]

No Brasil, vêm obtendo notoriedade os estigm[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM