• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#84500
EVASÃO ESCOLAR

Segundo John Rawls, expoente filósofo americano, um Estado só pode ser justo se ele maximizar as condições de vida das pessoas que possuem mínimos. Entretanto, o atual cenário brasileiro evidência que, na maioria dos casos, a evasão escolar está associada a crianças e jovens de baixa renda; sendo um problema que se agrava, ainda mais, pela falta de infraestrutura escolar. Tal fato, não apenas vai de encontro à visão de Rawls, como também demonstra problemas estruturais de Estado relacionados à evasão escolar, a qual configura um grave desafio a ser sanado no pelo Ministério da Educação do Brasil.

A constituição Federal, promulgada em 1988, assegura o direito à educação a todos e de qualidade. Contudo, às vezes esse direito precisa ser postergado ou, até mesmo, ignorado por crianças e jovens devido à necessidade de complementação da renda familiar, que já é baixa. Segundo os dados do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), cerca de 5 milhões de alunos abandonaram seus estudos, a maioria ex-alunos das escolas públicas e com renda familiar menor que um salário mínimo. Além disso, problemas básicos, como a falta de itens de higiene e vestimentas, dificultam a continuidade desses alunos, pois afetam sua dignidade no ambiente escolar.

Ademais, destaca-se que a falta de infraestrutura escolar: professor, transporte, material, merenda, usualmente são mais precárias em zonas rurais e áreas de difícil acesso – tribos indígenas e comunidades ribeirinhas – por serem localidades sem grande desenvolvimento econômico ou com baixa densidade populacional; corroborando para que alunos mais vulneráveis economicamente permaneçam segregados da sociedade pela falta de educação e renda.

Portanto, em virtude dos fatos mencionados, o Ministério da Educação – incumbido de garantir o progresso do ensino brasileiro – deve implementar políticas públicas que asseguram o acesso à educação, não descartando sua associação com políticas assistencialistas, pois, como apresentado, a evasão escola tem ligação direta com a renda familiar do aluno. Ressalta-se, também, que as melhorias na infraestrutura escolar, independentemente de sua região, necessitam de atenção estatal, uma vez que sua ausência agrava a segregação dos alunos mais carentes. Com isso, será possível a formação de um país, que na visão de Rawls, fortalece a garantia de um estado mais justo.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#84531
Olá Ronaldjr ! Tudo bem? Vou corrigir sua redação.

Em uma primeira análise, logo de início, gostaria de aconselhá-lo a se adequar a um dos padrões básicos de estruturas de redações. Aprenda o básico primeiro, para depois iniciar com técnicas de filósofos ou técnicas históricas. Como assim técnica básica? Ora, a introdução com um tópico frasal dizendo de imediato sua posição sobre o assunto, também os 2 problemas que deveriam ter sido expostos na sua introdução para ser abordado em cada parágrafo do desenvolvimento e tal.

Note, você iniciou com uma frase de filósofo e depois você usou uma conjunção adversativa (entretanto), porém não há nexo nessa adversidade tratada. Faltou, ainda me referindo à introdução, a exposição clara dos 2 problemas que seriam desenvolvidos nos parágrafos de desenvolvimento.
Assim, como você não pôs claramente esses 2 problemas, seu primeiro parágrafo de desenvolvimento foi basicamente um relato, uma descrição do fato, apenas dados. Não há posição, não há o que ser influenciado ali. A redação em si é você tentando influenciar um leitor sobre seu ponto de vista sobre determinado fato. Dados cruz não são ponto de vista. Veja bem, note seu segundo parágrafo de desenvolvimento, você usou todo o espaço, todo o segundo parágrafo é um tópico frasal. Ou seja, você mostrou sua opinião, porém esse parágrafo foi só o tópico frasal. Caso tenha dúvidas o que é tópico frasal, recomendo ver esta videoaula : https://www.youtube.com/watch?v=AyIPesoTUQ0 ou só pesquise no google. Mas, basicamente, o tópico frasal é uma afirmação inicial com sua posição sobre o tema. Assim, você usou o 2 parágrafo todo para fazer um tópico frasal, faltou o resto.

A conclusão eu não cheguei a lê-la. Pois, o que ocorre é que a redação está escrito : "Vunesp". A banca Vunesp para concursos públicos não utiliza a forma de correção do ENEM, não há proposta de intervenção. A conclusão é simples. Uma retomada do tema com conclusões finais sobre o assunto.


Nas minhas correções, eu costumo refazer a redação para que o aluno entenda os erros, eu a refaço por completo. Porém, caso eu refaça sua redação, terei de criar os tópicos frasais e os 2 problemas básicos que iria abordar no desenvolvimento e que não ficou bem claro na sua introdução, logo peço que refaça sua redação com esses pontos que ditei, e eu a corrigirei novamente e caso haja necessidade a refarei.
#84537
@Bolsonaro2018, muito obrigado pelo Feedback! Segui o seu conselho e refiz a redação. Caso tenha um tempo, ficarei muito grado, mais uma vez, pela correção. Obrigado e Deus te abençoe!

ALTA EVASÃO E BAIXA RENDA (Vunesp)

A saída de crianças e jovens das escolas ainda é um problema que persiste no cenário brasileiro. Embora a Constituição Federal, promulgada em 1988, garanta o acesso à educação de qualidade, muitos alunos, contudo, não conseguem usufruir de tal direito em razão de problemas sociais relacionados, principalmente, à baixa renda de suas famílias. Entraves como a busca pela complementação da renda familiar, por parte do aluno, bem como a ausência de políticas públicas em localidades periféricas, corroboram para o afastamento gradual das atividades escolares, chegando ao caso, infelizmente, do abandono.

Em primeira análise, convém destacar que a baixa renda é um fator segregador da sociedade, pois impede a vivência plena do ambiente educacional. Em um país onde quase 100 milhões de pessoas recebem menos que um salário mínimo, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), torna-se frequente a evasão escolar, especialmente no ensino médio, para o ingresso no trabalho; visando amparar seus familiares com as despesas do lar. Essa fuga momentânea com cunho financeiro na infância e adolescência, gera-se, consequentemente, pessoas menos instruídas; favorecendo, portanto, a continuidade de uma classe de baixa renda.

Além disso, a falta de políticas públicas voltadas para a educação - transporte, alimentação, ambiente digno de estudo, bolsa estudantil – sobretudo em regiões afastadas de grandes centros, como áreas rurais e periféricas, que são regiões mais carentes de investimento público, acabam resultando no agravamento das evasões. Uma vez que, sem qualquer política assistencialista que possa garantir o mínimo de permanência ao aluno e atratividade pelo ensino, a escolha pelo trabalho prematuro não se faz tão difícil. Isso, além de fortalecer a evasão escolar, cria “bolhas de pobreza” em tais regiões, dado uma população menos instruída.

Portanto, em virtude dos fatos mencionados, a baixa renda, comum a grande parte dos brasileiros, possui ligação direta com a evasão escolar, que leva, consequentemente, a continuidade desse cenário. Além disso, a ausência de políticas públicas por parte do Estado, não só corrobora, também, para a evasão, como favorece o empobrecimento das localidades que se encontram.
#84540
@ronaldjr, Meu amigo Ronald! Que velocidade de aprendizagem haha! Li por cima a redação e que evolução, meus parabéns! Amanhã, vou ler com calma para corrigir totalmente e dar a nota na postagem que você fez, pois já está tarde. Porém, recusei-me a não responder a ti antes de sair do PC, pois que evolução assombrosa! Mantendo esse foco, vai detonar a VUNESP! Tmj ! Até amanhã!
Invisibilidade na sociedade

O romance filosófico "Utopia", re[…]

Olá Hospedar , tudo bem? 😺👋🏻 &[…]

SKKSKDKDK JoaoPedro72 isso é uma obr[…]

Oie, vocês poderiam corrigir minha reda&cced[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM