Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
Por Walesca
#42752
O acesso ao ensino público superior, no Brasil, tem sido assunto de constantes debates, pois tem-se observado que na universidade grande parte dos estudantes provém do ensino particular e das classes médias e altas. Logo, as minorias-negros e pobres- ficam fora dessa vantagem do ensino universitário. Sendo assim, a cota é um meio, de muita importância para a inclusão de alunos pertencentes às minorias.

A dificuldade para o acesso das minorias ao ensino superior provem das questões histórico, sociais brasileiras como o racismo sendo uma construção de opiniões, ideológicas baseadas na inferioridade dos negros que provém do período da escravidão. Sendo assim, o preconceito racial serviu como “barreira” para o ingresso dos negros, pois muitos eram de baixa renda e separados socialmente, portanto o acesso a universidade era visto como algo distante.

No entanto, questão racial não é o único impedimento para o ingresso das minorias a universidade, observa-se também a separação do ensino público em relação ao particular. Por exemplo, a falta de infraestrutura das escolas, mal remuneração dos professores entre outros fatores colaborem para que ocorra a diferença entre o público e o privado. Assim, percebe-se que a adoção do sistema de cotas é essencial para que se promova a inclusão social das minorias.

Diante disso, o governo federal, por meio do Ministério da Educação deve promover uma melhor estruturação do ensino público como: investimentos em infraestrutura, melhor remuneração do profissional da educação, novas formas da base nacional curricular comum para tornar o ensino mais interativo e inclusivo e diante as mídias sociais criar campanhas e movimentos a fins de mostrar que não existe diferença entre público e privado em questões raciais. Com isso, as ações afirmativas contribuiriam para que houvesse uma diminuição da segregação das minorias quanto ao acesso do ensino superior, logo ocorreria uma democratização do ensino, preceito este que vai de encontro às ideias defendidas pela Constituição Cidadã.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Contextualização Apresenta&cced[…]

Sua nota ficou 640! Espero ter ajudado! ;)

Impacto das Fake News

A mentira quando é falada várias vez[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM