• Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por Heitorcn
#74093
Igor Angelkorte, ator e diretor brasileiro, relatou durante o programa de TV "Encontro com Fátima Bernardes", em 2016, que sofria bullying na sua infância, pelo fato de ter vitiligo, doença que causa perda de coloração na pele, não tem cura e pode durar anos, ou até a vida toda. "Qualquer coisa de diferente na infância é motivo para bullying", disse Igor. Isso ocorre, pois há falta de informação e incentivo, por parte das escolas e da mídia, principalmente.

  O termo "bullying", primeiramente, caracteriza-se por atos de agressão e intimidação físicas, verbais e psicológicas contra alguém, causados pelo estranhamento ou rancor por parte do praticante. Um indivíduo que não é aceito em um determinado grupo social, portanto, comumente possui problemas físicos ou mentais, pode ser negro ou ter uma baixa condição financeira, e ocorre predominantemente no âmbito escolar. Já o agressor comete esses atos de violência, na maioria dos casos, por conta de sua criação familiar ou até por já ter sofrido agressões. É evidente que muitos alunos vivem situações em que os pais pregam ódio e enxergam a violência como a única forma de educar seus filhos.

  Nessa perspectiva, grande parte dos agressores praticam essas intimidações físicas e psicológicas como uma espécie de válvula de escape, para descontar sua raiva de seus pais, ou deles mesmos. Ou seja, o praticante pode ter sido a vítima, e poucos pensam por esse sentido. O bullying, ainda, causa impactos devastadores e irreversíveis, tanto para a vida de quem pratica, quanto para quem sofre. Os primeiros sintomas são o isolamento social da vítima, queda no rendimento escolar e na autoestima, quadros de depressão, e no pior das hipóteses, suicídio.

  Em suma, o bullying deve ser combatido de forma ativa e direta, por parte das escolas, famílias e mídia. No âmbito escolar, portanto, é necessária a atenção ao comportamento dos alunos, o incentivo do diálogo, ou até a contratação de psicólogos para acompanhar o andamento desses estudantes. É importante também que as famílias discutam sobre esse assunto no ambiente domiciliar, a arrecadação de institutos sociais contra o bullying, conscientizando a população nas redes sociais e na internet.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Saúde Pública no Brasil

OLÁ! Tudo bem? Espero que seu dia estej[…]

3m1ly aaah muito obrigada pela correç&ati[…]

Consumismo no Brasil

Eraldonunes eurodrigo Gi69 Anne24 Lol[…]

Jean Jaques Rosseau, filósofo iluminista, a[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM