• Avatar do usuário
#68878
A constituição Federal de 1988 - documento jurídico mais importante do país - prevê em seu artigo 196, o direito a saúde, como direito de todos e dever do estado. Entretanto, nota-se que a saúde pública não é vista como prioridade e faz-se preciso combater esse descaso, como também , reconhecer a importância das reivindicações populares para alterar tal cenário na sociedade brasileira.

Nesse contexto, deve-se ressaltar a ineficiência governamental para garantir a saúde pública no país. De acordo com dados divulgados pelo site "mv.com.br", em 2010, o Brasil investiu quase 5% a menos na saúde do que a média mundial, ou seja, apenas 10,7% de sua receita anual, criando assim uma escassez na quantidade de recursos disponíveis para o custeio de importantes setores da saúde pública. Diante disso, percebesse a falta de médicos, de infraestrutura, poucos leitos, o atendimento sem qualidade e insuficiente para toda a população. Dessa forma, visando o enfrentamento do problema, faz-se necessário um debate, para que esses desafios sejam superados.

Ademais, é importante destacar como a crise econômica influi no acesso á saúde. De acordo com informações do site G1, em 2016, o estado de Mato Grosso reduziu o fornecimento gratuito de medicamentos para pacientes com doenças graves. Tal fato demonstra o quão o bem-estar dos cidadãos se encontra negligenciado. Além disso, o desvio de verbas destinados á saúde contribui com a precariedade desse sistema. Nesse sentido, convém analisarmos as principais consequências de tal postura negligente para nossa sociedade.

Em suma, tornasse evidente que medidas são necessárias. O ministério da saúde pode trabalhar investimento em profissionais qualificados, na construção de hospitais e aquisição de equipamentos e infraestrutura, por meio de verbas e reformas estruturais, com o intuito de garantir a saúde e o atendimento a todos. Dessa forma, o Brasil poderia superar tais desafios para a saúde pública.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A Constituição Federal, norma de mai[…]

Sua redação está maravilhosa[…]

Acesso ao cinema

Segundo o Artigo 215 da Constituição[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM