Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por juliananjos
#37463
"É muito covarde cortar infâncias pela metade, pra ser um adulto, sem tumulto, não existe atalho", nesse trecho da canção "Sementes" de Emicida e Drik Barbosa, discute sobre o trabalho infantil ainda presente no Brasil. O trabalho infantil cresce proporcionalmente às crises econômicas, onde famílias se encontram em vulnerabilidade socioeconômica e as crianças são submetidas ao trabalho para ajudar no lar, impactando em sua infância e aprendizagem escolar.

A mão de obra ilegal infantil tem como causa primordial, fatores econômicos ligados a pobreza e o desemprego de famílias, gerando consequências precoces e futuras na vida das crianças. Segundo o Sistema de Informação de Agraves de Notificação (Sinan), do Ministério da Saúde, de 2007 a 2019, foram registrados 279 acidentes fatais entre crianças de 5 a 7 anos, que estavam em trabalhos ilegais. Além disso, outra consequência direta do trabalho na rotina de crianças são as faltas e provável evasão escolar, prejudicando o ensino e desenvolvimento infantil.

Por outro lado, vale destacar os fatores raciais, uma vez que parte do princípio histórico e estrutural no Brasil, quando no período colonial eram utilizados a mão de obra de crianças de origem africana nas lavouras de açúcar. De acordo com o Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (FNPETI), crianças negras representam 62,7% da mão de obra precoce. Portanto, apesar da ilegalidade do trabalho infantil, ainda há a naturalização e invisibilidade de seus riscos, representando um descaso aos direitos infantis.

Dessa forma, é emergente a prática de ações assistências e fiscalizadoras, devendo ao Ministério e a Justiça do Trabalho, através de seus órgãos a priorização de políticas de renda para famílias carentes em situações de desemprego e pobreza, e a fiscalização de locais com a utilização da exploração e trabalho infantil, bem como campanhas que visibilizam a preservação infantil, a fim de que se tenha um anteparo social em meio às crises, protegendo a infância e construindo o futuro pleno e seguro de crianças.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Anaaa , claroo :D A propaganda se tornou uma p[…]

Não é incomum, em séries e fi[…]

Sua nota ficou 360! Espero ter ajudado! Ajudou […]

Promulgada em 1988, a constituição c[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM