Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#42536
São Tomás de Aquino, defendeu que todos os indivíduos devem ser tratados com a mesma importância. No entanto, hodiernamente, nota-se uma deturpação no ideal do filósofo, visto que, há desafios para o combate à xenofobia no Brasil. Essa realidade deve-se essencialmente ao silenciamento e à sensação de superioridade.
Primeiramente, convém frisar a falta de debates sobre o imbróglio. Conforme Habermas, a fala é a verdadeira forma de ação. Sob essa óptica, apesar de a xenofobia estar presente na sociedade, o mesmo tem invisibilidade e pode fazer com que muitas pessoas continuem agindo de forma preconceituosa, sem se situar dos danos à vítima e sem se questionar sobre tal atitude. Consequentemente, esta causa é um catalisador do problema.
Em segundo plano, outra causa é ao fato da massificação da sensação de superioridade. Acerca disso alude-se a Teoria da Eugenia, na qual indivíduos julgam outros como inferiores, em virtude de alguma característica. Nesse sentido, ao analisar o corpo social é notório, que algumas pessoa não respeitam as diferenças com os imigrantes e não aceitam o fato de os mesmos serem considerados cidadãos brasileiros. Logo, combater a xenofobia se torna mais desafiador.
Em virtude do argumentos supracitados, são necessárias medidas para a resolução do problema. O Governo Federal, como instância máxima da administração executiva, precisa criar uma campanha. Na qual, imigrantes narrem toda trajetória que percorreram até chegar ao Brasil e o motivo que os fizeram sair de lá, está ação deve circular na mídia e redes sociais, fazendo com que as pessoas se conscientizem de todos os desafios que essas vítimas passaram e que essa mudança drástica não foi uma escolha e sim necessidade. A fim, de que este preconceito seja erradicado da sociedade brasileira e que seja concretizado o que o filósofo defendeu.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#42558
São Tomás de Aquino, defendeu que todos os indivíduos devem ser tratados com a mesma importância. No entanto, hodiernamente, nota-se uma deturpação no ideal do filósofo, visto que, há desafios para o combate à xenofobia no Brasil. Essa realidade deve-se essencialmente ao silenciamento e à sensação de superioridade. [acredito que está no caminho certo]

Primeiramente, convém frisar a falta de debates sobre o imbróglio. Conforme Habermas, a fala é a verdadeira forma de ação. Sob essa óptica, apesar de a xenofobia estar presente na sociedade, o mesmo tem invisibilidade e pode fazer com que muitas pessoas continuem agindo de forma preconceituosa, sem se situar dos danos à vítima e sem se questionar sobre tal atitude. Consequentemente, esta causa é um catalisador do problema.

Em segundo plano, outra causa é ao fato da massificação da sensação de superioridade. Acerca disso, alude-se a Teoria da Eugenia, na qual indivíduos julgam outros como inferiores, em virtude de alguma característica. Nesse sentido, ao analisar o corpo social é notório, que algumas pessoa não respeitam as diferenças com os imigrantes e não aceitam o fato de os mesmos serem considerados cidadãos brasileiros. Logo, combater a xenofobia se torna mais desafiador.

Em virtude do argumentos supracitados, são necessárias medidas para a resolução do problema. [conectivo] O Governo Federal, como instância máxima da administração executiva, precisa criar uma campanha. Na qual, imigrantes narrem toda trajetória que percorreram até chegar ao Brasil e o motivo que os fizeram sair de lá, está ação deve circular na mídia e redes sociais, fazendo [evitar gerúndio] com que as pessoas se conscientizem de todos os desafios que essas vítimas passaram e que essa mudança drástica não foi uma escolha e sim necessidade. A fim, de que este preconceito seja erradicado da sociedade brasileira e que seja concretizado o que o filósofo defendeu. [abordou somente conscientização, é ineficaz, tem que trazer uma solução mais técnica junto]

Espero ter ajudado! ;)

Muito obrigada pela sua correção G[…]

Bom dia! :D Sua redação nã[…]

Como já houve correção nada a[…]

Sua nota ficou 760! Espero ter ajudado!!

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM