Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#39820
Ao nascer uma criança surda no Brasil é possível prever que ela irá receber tratamento diferenciado, muitas vezes elas sofrem preconceito e dificuldades de exercer sua cidadania. De acordo com a WFD (Federação Mundial dos Surdos) 80% dos surdos de todos o mundo tem baixa escolaridade e problemas de alfabetização. Entretanto, a Declaração dos Direitos Humanos assegura a todos os cidadãos o direito à educação e ao bem-estar social. Portanto, é preciso não só problematizar os desafios da formação educacional dos surdos no Brasil mas também, tomar medidas práticas, para que haja uma mudança significativa nesse cenário.

É possível assegurar que há muitas dificuldades para os surdos, no quesito alfabetização e socialização. Isso ocorre não somente pela negligencia do estado em fomentar medidas que diminuam esse déficit mas também, estamos em uma sociedade que tem muita dificuldade em lidar com as diferenças. Os deficientes auditivos, são muitas vezes vistos como pessoas inferiores, como se gozassem de menor capacidade intelectual, sendo excluídos pelos outros, o que dificulta não só o acesso a educação mas também, a entrada no mercado de trabalho.

No entanto os deficientes auditivos tem seu direito á educação, cultura e lazer assegurados pela Organização Mundial de Direitos Humanos (ONU), porém esses direitos ficam só no papel e não são colocados em prática na vida cotidiana. Outrosssim, se a sociedade se organizasse de tal modo que se sentisse responsável não só por si mesmo mas também, pelos surdos, acredito que esse cenário seria diferente e poderíamos usufruir de uma coletividade mais harmônica e igualitária.
Em suma, para uma melhora significativa no cenária da educação de surdos no Brasil, é indispensável, que o Ministério da educação em conjunto com a sociedade, mudem seu modo de pensar, agir e sentir os deficientes auditivos. É indispensável que as escolas públicas e privadas, promovam a formação de cidadãos que respeitem as diferenças e valorizem a inclusão, através de palestras, debates e trabalhos em grupo. Também é preciso, que o Ministério da Educação disponibilize verbas, para a capacitação de professores de escolas públicas, tornando-os especializados em libras, para que assim os surdos tenham uma formação mais equânime. Dessa forma será possível ter uma sociedade que através do diálogo celebra as diferenças, como diz o líder humanitário Dalai Lama.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 150

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#40111
Olá, @limaisadora! Vou corrigir sua redação.

Ao nascer uma criança surda no Brasil é possível prever que ela irá receber tratamento diferenciado, muitas vezes elas sofrem preconceitos e dificuldades de exercerem sua cidadania. De acordo com a Federação Mundial dos Surdos (WFD), [1] 80% dos surdos de todos o mundo tem baixa escolaridade e problemas de alfabetização. Entretanto, a Declaração dos Direitos Humanos assegura a todos os cidadãos o direito à educação e ao bem-estar social. Portanto, é preciso não só problematizar os desafios da formação educacional dos surdos no Brasil, [2] mas também, [3] tomar medidas práticas, [4]para que haja uma mudança significativa nesse cenário.

[1] Usa-se vírgula para separar orações subordinada adverbial conformativa deslocada. Sei que a nomenclatura é muito grande, mas preciso justificar o porquê da vírgula. Sugiro colocar a sigla após o nome da Federação.
[2] Usa-se vírgula.
[3] Uso desnecessário.
[4] Uso desnecessário.

Comentário: Sua introdução está bem contextualizada, seria interessante colocar os dados estatísticos no desenvolvimento.


É possível assegurar que há muitas dificuldades para os surdos, no quesito alfabetização e socialização. Isso ocorre não somente pela negligencia do Estado[ 5] em fomentar medidas que diminuam esse déficit, mas também estamos em uma sociedade que tem muita dificuldade em lidar com as diferenças. Os deficientes auditivos,[6] são muitas vezes vistos como pessoas inferiores, como se gozassem de menor capacidade intelectual, sendo excluídos pelos outros, o que dificulta não só o acesso a educação mas também, a entrada no mercado de trabalho.

[5] Usa-se vírgula antes de conjunção aditiva, exceto antes da conjunção "e".
[6] Não se separa sujeito do verbo.

Comentário: Você argumenta bem e tem a estrutura sintática com poucos desvios. Se você reler sua redação, verá os desvios, não deixe de fazer isso!

No entanto, os deficientes auditivos tem seu direito á educação, cultura e lazer assegurados pela Organização Mundial de Direitos Humanos (ONU), porém esses direitos ficam só no papel e não são colocados em prática na vida cotidiana. Outrosssim, se a sociedade se organizasse de tal modo que se sentisse responsável não só por si mesmo, mas também, [7]pelos surdos, acredito que [8]esse cenário seria diferente e poderíamos usufruir de uma coletividade mais harmônica e igualitária.

[7] Uso desnecessário da vírgula.
[8] Evite também o uso da 1ª pessoa do singular.

Comentário: Sabe o que gosto na sua escrita? Você é simples e objetiva, porém não esqueça de diversificas seus conectivos. Perceba que "mas também" se repete várias vezes, opte por construções sintáticas diversificadas.


Em suma, para uma melhora significativa no cenário da educação de surdos no Brasil, é indispensável, [9]que o Ministério da Educação (Agente), em conjunto com a sociedade (Agente), [10]mude seu modo de pensar, agir e sentir os deficientes auditivos. É indispensável que as escolas públicas e privadas (Agente)[11]promovam a formação de cidadãos que respeitem as diferenças e valorizem a inclusão, através de palestras, debates e trabalhos em grupo (Ação). Também é preciso, [12]que o Ministério da Educação (Agente) disponibilize verbas (Modo/Meio), para a capacitação de professores de escolas públicas, tornando-os especializados em libras, para que assim os surdos tenham uma formação mais equânime (Efeito/Finalidade). Dessa forma será possível ter uma sociedade que através do diálogo celebra as diferenças, como diz o líder humanitário Dalai Lama.

[9] O que é indispensável? Quem faz o papel de sujeito da oração é o Ministério da Educação. Isso é uma oração subordinada substantiva subjetiva, logo não usa-se vírgula.
[10] Você pode escrever assim: "... é indispensável que o Ministério da Educação, em conjunto com a sociedade, mude seu modo de pensar...".
[11] Não se separa sujeito do verbo.
[12] O que é preciso? Aqui você tem uma oração subordinada substantiva subjetiva , então não usa vírgula.


Comentário: Você propôs duas proposta de intervenção condizentes com sua tese inicial. Atente-se para alguns desvios gramaticais. Você tem uma escrita objetiva e coerente, basta aperfeiçoá-la.


Espero ter ajudado...
Fake News

Jaklyni , Obrigado pela correção

Sua nota ficou 560! Espero ter ajudado ;) Obriga[…]

Vestibulando e PedroEvil , observaç&ati[…]

Depressão No Brasil.

No cenário social vigente, os caminhos para[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM