Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#58187
Desde o governo de Juscelino Kubitschek, até antes disso talvez, vê-se o aumento do investimento em automóveis e formas mais rápidas de locomoção, o que logo fez com que a posse de um automóvel – principalmente os carros – fosse tida como sinônimo de uma ascensão social, já que os altos preços permitiam apenas que pessoas em boa colocação social pudessem desfrutar da rápida locomoção e do conforto que os veículos forneciam, dessa maneira o número de automóveis naquela época era bem reduzido, porém, com a ascensão de outras classes sociais principalmente durante o governo petista, pessoas que antes eram extremamente pobres passaram a ter melhores condições de vida, algumas até puderam investir em meios de transporte, o que aumentou o número de carros trafegando nas ruas.
O número de veículos nas rodovias brasileiras tem aumentando crescentemente nas últimas décadas, pois, além da agilidade e conforto, eles possibilitam a independência na hora de se locomover no dia e horário que você preferir, com isso, também aumentaram os congestionamentos, principalmente nas maiores cidades brasileiras, como é o caso da cidade de São Paulo, a maior metrópole da américa latina conta com rodízios semanais para tentar conter o número de congestionamentos e de veículos nas ruas, em contra partida temos o alto número de pessoas que utilizam transporte público que sofre com a lotação.
O caso da mobilidade vai muito além dos carros, há também o aumento do número de pessoas optando pelas ciclovias, o número que em 2014 era de 977, em 2015 mais que dobrou indo para 2.112, o que faz com que as ruas – que já sofriam com o alto número de veículos e transportes públicos – passassem a sofrer também com o aumento de ciclistas que lotavam ainda mais as avenidas, ruas e vielas das cidades brasileiras.
Portanto, para que possamos resolver a questão da mobilidade pública no brasil, é necessário que haja o investimento na melhoria dos transportes públicos por meio dos governadores e prefeitos, fazendo a expansão do uso metroviário e utilizando de investimentos para que mais pessoas optem por esse tipo de locomoção, para que assim haja a troca de veículos individuais pelo transporte coletivo, o que além de diminuir o número de veículos trafegando também ajudaria na questão ambiental.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Promugada pela ONU em 1948, a declaraç&atil[…]

Sua redação não encaixa corre[…]

O filósofo francês Sartre defende que[…]

"Só pro meu prazer..."

Obrigada Ashiley , ficarei mais atenta quanto as […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM