Por Thiago14
Quantidade de postagens
#68274
A Constituição Federal de 1988, prevê a todo cidadão o direito à saúde, habitação e segurança, entretanto, a falta de mobilização do Estado permitir o agravamento de números de casos de idosos agredidos sobretudo por seus familiares o que representa uma afronta direta a condição humana. Nesse sentido convém analisar as principais causas consequências e possível medida relacionada à esse fenômeno.
Sob esse viés, pode-se apontar como um empecilho à consolidação de uma solução, a má influência mediática. Conforme Pierre Bourdieu, que foi criado para ser instrumento de democracia não deve ser convertido em mecanismo de opressão. Nessa perspectiva, pode-se observar que a mídia, vez de promover debates que elevem o nível de informação da população, influencia na consolidação do problema.
Outro ponto relevante, nessa temática é a falta de democracia contra os casos. Sob essa lógica, o imperativo categórico, de Kant, peconiza que o indivíduo deve agir apenas segundo a máxima que gostaria de ver transformada em lei universal. No entanto, no que tange à questão da violência contra o idoso há uma lacuna no dever moral quanto ao exercício da denúncia.
Por tudo isso, faz-se necessário uma intervenção pontual no problema. Assim, especialistas no assunto, com apoio de ONGs também especializados, devem desenvolver ações que revertam a má influência mediática sobre a violência contra idosos. Tais ações devem ocorrer nas redes sociais, por meio de produção de vídeos que alertam sobre as reais condições da questão, comparando o tratamento que a mídia dá com relatos de pessoas que querem de fato vivência tal problema. É possível também criar "hashtag" para identificar a campanha e ganhar mais visibilidade, a fim de conscientizar a população sobre as consequências do tratamento que determinados canais de comunicação dão ao assunto. Talvez, assim, seja possível construír um país de que Pierre Bourdieu pudesse se orgulhar
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

LeighTeabing JoaoPedro72 Higorvaz EuDavil[…]

JoaoPedro72 Higorvaz geoca obrigada pelas co[…]

Pessoal, podem me ajudar corrigindo e pontuando? A[…]

Aqui está a minha análise da sua red[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM