• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#93124
O jornalista Gilberto Dimenstein, ao produzir a obra “Cidadão de Papel”, afirmou que a consolidação de uma sociedade democrática exige a garantia dos direitos fundamentais de um povo. No entanto, ao observar a educação nos presídios brasileiros, constata-se que o direito à educação, elencado na constituição de 1988, não têm sido pragmaticamente assegurado na prática. Com efeito, é imprescindível enunciar o aspecto sociocultural e a insuficiência legislativa como pilares fundamentais da chaga.

Nesse contexto, torna-se evidente a influência do fator sociocultural. Conforme Jurgen Habermas, a razão comunicativa - o diálogo - constitui etapa fundamental do desenvolvimento social. Nesse ínterim, a falta de estímulo ao debate a respeito da educação prisional, todavia, coíbe o poder transformador da deliberação e, consequentemente, ocasionando a alienação ainda maior dos indivíduos nos presídios nacionais, visto que, em sua grande maioria dos que estão lá, não finalizaram nem o ensino básico. Destarte, discorrer criticamente sobre a problemática é o primeiro passo para a legitimação do progresso sociocultural habermaseano.

Ademais, é cabível pontuar que a ineficácia das leis corrobora com a persistência da vicissitude. A esse respeito, segundo a afirmação do filósofo grego Aristóteles, o objetivo da legislatura é promover uma vida digna aos cidadãos. Nessa lógica, o cenário atual contrasta o ideal aristotélico, posto que a educação nos presídios é ineficiente e arcaica, necessitando de total reforma e readequação do atual modelo de ensino para funcionar. Assim, medidas precisam ser tomadas pelas autoridades competentes, a fim de atenuar o revés.

Infere-se, portanto, que o imbróglio abordado necessita ser solucionado. Logo, concerne ao Estado - responsável pela garantia dos direitos individuais e coletivos para o cidadão - promover debates com profissionais da educação, por meio de programas televisivos vinculados em canais de sinal aberto, e a criação de uma comissão fiscalizadora nos presídios, através de projeto de lei, a fim de inibir os impactos causados pelo impasse. Dessa forma, com a razão comunicativa de Habermas e a justiça de Aristóteles a sociedade brasileira deixará de ser de papel, como enfatizou Dimenstein.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 187

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 173

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 173

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

0
#0
@Tomazz, gostei muito da sua redação de verdade e acho que você está no caminho, então vou te dar apenas algumas dicas de acordo com o que eu sei, que você escolhe se serão ou não validas.

Na Competência 1 eu não posso te ajudar, ela fala sobre ortografia, pontuação, regência, etc e como ainda estou melhorando nela, além de também ser aluna e não professora, creio que não saberei dizer se está correto ou não.

Na Competência 4, você apresenta repertórios muito bons no texto, porém acho que você poderia explicar melhor a sua última frase do texto, onde você trás uma retomada de todos os argumentos. Essa retomada é extremamente necessária exatamente como você fez, entretanto, o que pode ser somente minha opinião também, não consegui entender a relação do seu primeiro repertório com os outros.

Na Competência 5, nessa só não dei total por causa do agente, o Estado é muito amplo de se falar e ele em si não é um agente, porque apresentam muitas subdivições que não se relacionam com sua proposta. Dessa forma, minha sugestão seria expecificar mais que seria o responsável por colocar sua PI (proposta de intervenção) em vigor. Um exemplo disso é o Ministério da Educação, ele está dentro do Estado, mas é uma parte mais expecifica dele que se encaixa com seu problema. Desculpa se pareceu confuso.

Últimas diquinhas que talvez possa ajudar.
1° Parágrafo, 3° período: "Com efeito, é imprescindível..." Aqui eu te perguntaria, "Com que efeito?" e apesar de você te-lô dito anteriormente, quando inicia uma nova frase você tem que interligar as informações. Por mim, claro, eu só acrecentaria um "esse" ali no meio e prontinho, já retomaria as informações, ficaria "Com esse efeito, é imprescindível..."

3° Parágrafo, 3° Período: "Assim, medidas precisam ser tomadas..." Aqui eu iria te perguntar, "Que medicas?" e por mais que você tenha que trazer essas medidas na PI, você pode dar um leve esboço delas no seu desenvolvimento, pra evitar também as lacunas argumentativas. Dessa forma, eu deixaria "Assim, medidas, como... precisam ser tomadas..."

Lembrando que tudo isso é baseado na minha opinião como aluna, não ignore a ajuda de um professor na hora da correção, mas espero ter ajudado :) Se depois puder dar uma ajudinha la na minha correção agradeço, bjs :lol:
3
#93232
@Tomazz, gostei muito da sua redação de verdade e acho que você está no caminho, então vou te dar apenas algumas dicas de acordo com o que eu sei, que você escolhe se serão ou não validas.

Na Competência 1 eu não posso te ajudar, ela fala sobre ortografia, pontuação, regência, etc e como ainda estou melhorando nela, além de também ser aluna e não professora, creio que não saberei dizer se está correto ou não.

Na Competência 4, você apresenta repertórios muito bons no texto, porém acho que você poderia explicar melhor a sua última frase do texto, onde você trás uma retomada de todos os argumentos. Essa retomada é extremamente necessária exatamente como você fez, entretanto, o que pode ser somente minha opinião também, não consegui entender a relação do seu primeiro repertório com os outros.

Na Competência 5, nessa só não dei total por causa do agente, o Estado é muito amplo de se falar e ele em si não é um agente, porque apresentam muitas subdivições que não se relacionam com sua proposta. Dessa forma, minha sugestão seria expecificar mais que seria o responsável por colocar sua PI (proposta de intervenção) em vigor. Um exemplo disso é o Ministério da Educação, ele está dentro do Estado, mas é uma parte mais expecifica dele que se encaixa com seu problema. Desculpa se pareceu confuso.

Últimas diquinhas que talvez possa ajudar.
1° Parágrafo, 3° período: "Com efeito, é imprescindível..." Aqui eu te perguntaria, "Com que efeito?" e apesar de você te-lô dito anteriormente, quando inicia uma nova frase você tem que interligar as informações. Por mim, claro, eu só acrecentaria um "esse" ali no meio e prontinho, já retomaria as informações, ficaria "Com esse efeito, é imprescindível..."

3° Parágrafo, 3° Período: "Assim, medidas precisam ser tomadas..." Aqui eu iria te perguntar, "Que medicas?" e por mais que você tenha que trazer essas medidas na PI, você pode dar um leve esboço delas no seu desenvolvimento, pra evitar também as lacunas argumentativas. Dessa forma, eu deixaria "Assim, medidas, como... precisam ser tomadas..."

Lembrando que tudo isso é baseado na minha opinião como aluna, não ignore a ajuda de um professor na hora da correção, mas espero ter ajudado :) Se depois puder dar uma ajudinha la na minha correção agradeço, bjs :lol:
3
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
1 Respostas 
195 Exibições
por Heloisa50
0 Respostas 
85 Exibições
por juliabellini
0 Respostas 
22 Exibições
por 0405
0 Respostas 
2511 Exibições
por Charlotte99
4 Respostas 
489 Exibições
por Guimo3XD
0 Respostas 
305 Exibições
por alunalet
0 Respostas 
78 Exibições
por Samile
0 Respostas 
109 Exibições
por Samile
0 Respostas 
75 Exibições
por Gui123
0 Respostas 
52 Exibições
por Gui123
A desregulação do mundo

Alberto Demenstein, em seu livro"O Cidad&[…]

Foi na Grécia antiga onde começou a […]

Compromisso do empreendedor

Educação Fiscal é conjunto el[…]

1 bez

Ola, tudo bem? Vou te dá uma breve corre&cc[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM