Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#57979
Na metade do século XVIII deu-se início a Revolução Industrial que impulsionou a economia mundial, além de trazer diversos avanços tecnológicos, apesar deste grande passo para a humanidade, junto a ele vieram vários malefícios, como o aumento da desigualdade social. Assim como esta revolução, a cultura do cancelamento traz consigo muitas vantagens e desvantagens, pois a medida que pode servir como método de ensino, esse movimento também corrobora com o linchamento em massa na internet.
A ideia de cancelamento teve seu início junto ao movimento “#Metoo”, quando a partir da iniciativa da atriz Alyssa Milano, diversas pessoas começaram a relatar suas histórias de assédio sexual usando a hashtag, apesar do motivo importantíssimo pelo qual o movimento lutou e luta até hoje, o objetivo em algum momento foi desvirtuado e tornou-se normalizada a ação de ódio. Atualmente vê-se essas ações vem tomando proporções gigantescas, quanto mais conhecida a pessoa ou empresa, maior a quantidade de pessoas a vir “cancelar” o indivíduo por ter expressado uma opinião contraria ao que se projeta ou espera para tal.
O cancelamento pode ser visto como uma expressão muito egoísta acerca de um ponto de vista, contudo, apesar de necessário quando essas questões de verdade não estão situadas no senso comum e sim em fatos científicos, o linchamento em si parte da ideia da disseminação de uma verdade única. O MC Sid em uma de suas músicas diz “Lembra que, de frente, a minha esquerda é a sua direita/Logo, política é só um ponto de visão”, ao trocar a palavra “política” por “verdade”, percebe-se ali a pluralidade e subjetividade de opiniões, onde num espaço como o da rede social, agregam-se diversos tipos de pessoas, cada um com suas vivências, logo, sua verdade nem sempre é a verdade do outro.
A partir das ideias analisadas percebe-se a necessidade de uma orientação acerca dos reais efeitos que o cancelamento pode trazer, cabe ao Estado junto ao MEC estimular campanhas de conscientização e/ou palestras que trazem aos jovens estudantes a antevisão do malefícios que a ação de linchamento virtual pode trazer. Baseado na boa execução da ideia discutida e a crença de Immanuel Kant que, “O ser humano é aquilo que a educação faz dele”, torna-se incomplexo o processo a ser percorrido para o abrandamento da cultura do cancelamento.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A constituição federal de 1988 ,docu[…]

O ensino a distância, que antes era usado pr[…]

_zigmunt Baumam, sociólogo e filósof[…]

A desigualdade entre as regiões brasileiras[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM