Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#40979
Na séria “This is Us” são retratadas crises de ansiedade e ataques de pânico, vividas pelo personagem Randall. A produção aborda, ainda, a depressão e os vícios, sofridos pelos irmãos do personagem, e mostra a importância do suporte familiar e o caminho para o tratamento. Entretanto, fora da ficção, o caminho percorrido no combate à ansiedade é dificultado por inúmeros desafios. Dessa forma, pode-se citar como fatos geradores dessa problemática a falta de informação e a pressão social.

Primeiramente, é inegável que a falta de informação seja uma responsável direta para que a dificuldade no combate à ansiedade seja potencializada. Isso se verifica, pois há um tabu acerca da busca por tratamentos psicológicos, visto que a sociedade contemporânea ainda liga a necessidade de terapia à loucura. Segundo Erving Goffman, o estigma social é causado pela característica do indivíduo que o inabilita para a aceitação social plena. De modo análogo, pessoa que possuem transtorno de ansiedade são consideradas “anormais” quando comparadas aos conceitos predefinidos pela comunidade, tornando-as estigmatizadas por sua característica. Logo, é preciso converter a conjuntura atual.

Seguidamente, observa-se a influência da pressão social para a manutenção do impasse. Isso se dá, pois há uma indústria da felicidade que faz com que a sociedade acredite em uma fórmula para alcançar a felicidade em tempo integral. Essa realidade é retratada no jogo “The Red Strings Club”. Na produção, uma empresa planeja vender a felicidade sem limites a partir de implantes, contudo percebe-se que os próprios desenvolvedores do projeto sofrem de ansiedade e de depressão, devido a imposição da felicidade. Desse modo, é perceptível como a pressão para o alcance de uma felicidade sem limites torna a sociedade mais ansiosa por meio de padrões inalcançáveis. Portanto, é necessária uma mudança nessa situação.

Em suma, verifica-se que o tema exposto é grave e precisa de soluções urgentes. Para isso, o Ministério da Saúde deve desmistificar a ansiedade, por meio de palestras em escolas e de propagandas de conscientização nas mídias, a fim de acabar com o preconceito e, desse modo, dissipar o tabu. Além disso, o Ministério da Educação deve aguçar a criticidade do indivíduo, a fim de que ele possa entender que não há uma felicidade plena ou uma fórmula para ela. Dessa forma, casos como os de Randall poderão ser evitados.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

GlendaMorais Muito obrigada pela correç&[…]

;) A violência está ligada de maneira[…]

É de conhecimento geral, que o advento da T[…]

Oi, jherodrigues poderia corrigir a minha?? eu[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM