Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#52915
Machado de Assis, em sua fase realista, despiu a sociedade brasileira e teceu críticas aos comportamentos egoístas e superficiais que caracterizam essa nação. Não distante da ficção, tais aspectos são evidenciados no que tange à questão das doenças mentais no Brasil contemporâneo, haja vista que os problemas mentais afetam cerca de 5% dá população, conforme dados da OMS, todavia, tal cenário é negligenciado. Essa conjuntura ocorre devido, sobretudo, à influência midiática e a desinformação popular, o que urge reflexão.
A priori, é fulcral ressaltar acerca da influência midiátic como contribuinte do revés. No "Século das Luzes", o Iluminismo, movimento intelectual e filosófico, na Europa, disseminou informações que culminaram com a queda do absolutismo, revolucionando o mundo. Nesse sentido, é notório o poder das mídias na difusão de informações e padrões de comportamento. Contudo, hodiernamente, os veículos de informações são propulsores de estilos de vida e estereótipos inalcançáveis. Por consequência, acaba gerando frustrações e causando inúmeros problemas mentais no tecido social brasileiro. Desse modo, faz-se mister mudança na postura midiática.
A posterior, é imperativo destacar a falta de informação na sociedade acerca das doenças mentais. O livro "Ensaios sobre a cegueira", de José Saramago, retrata o contexto de uma epidemia que está deixando a população cega. Nesse ínterim, o autor propõe uma crítica aos problemas sociais que são negligenciados devido à desinformação. Nessa perspectiva, tal crítica pode ser aplicada ao cenário das doenças mentais no Brasil, tendo em conta que a desinformação restringe a visão de mundo de parcela populacional, o qual acarreta a perpetuação de preconceitos em relação a essa questão. Por esse motivo, problemas como esse encontram terra fértil para se perdurar.
Destarte, é substâncial a adoção de medidas. Para tanto, a mídia deve discutir sobre a problemática, por meio de programas televisionados, com participação popular, os quais serão veiculados pelos próprios veículos de informação, com o intuito de informar o corpo social e, consequentemente, combater o preconceito. Além disso, deve promover campanhas de aceitação e quebra de estereótipos pré-estabelecidos, por meio de redes sociais e programas na tv aberta, objetivando combater os problemas mentais advindos da validação de uma vida utópica. À vista disso, será possível distanciar a sociedade brasileira daquela descrita por Machado.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Desde a segunda grande guerra mundial (1939-1945),[…]

Vou explicar. Mas não se preocupe: 800 &eac[…]

O Racismo no Brasil

Como a jherodrigues já corrigiu e fez com[…]

O mito da caverna, de Platão, descreve a si[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM