• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#63631
Na obra “Utopia”, do escritor inglês Thomas More, é retratada uma sociedade perfeita, na qual o corpo social padroniza-se pela ausência de conflitos e problemas. No entanto, o que se observa na realidade contemporânea é o oposto do que o autor prega, uma vez que os empecilhos na formação educacional de surdos no Brasil apresentam barreiras, as quais dificultam a concretização dos planos de More. Esse cenário antagônico é fruto tanto da má preparação escolar, quanto do desrespeito às leis. Diante disso, torna-se fundamental a discussão desses aspectos, a fim do pleno funcionamento da sociedade.
Precipuamente, é fulcral pontuar que os problemas na formação educacional de surdos no país derivam da baixa atuação dos setores governamentais, no que concerne à criação de mecanismos que coíbam tais recorrências. Segundo o pensador Thomas Hobbes, o estado é responsável por garantir o bem-estar da população, entretanto, isso não ocorre no nosso país. Devido à falta de atuação das autoridades, milhares de jovens surdos sofrem problemas diários que os impedem de continuarem nas instituições escolares, tal como a má infraestrutura das escolas, como também à falta de preparação docente em libras para lhes atendê-los. Nesse ínterim, milhares de estudantes surdos desistem da educação por não serem devidamente atendidos.
Ademais, é imperativo ressaltar que a Constituição Federal de 1988, documento jurídico mais importante do país, prevê em seu artigo 6° o direito a educação como inerente a todo cidadão brasileiro. Conquanto, tal prerrogativa não tem se reverberado em ênfase na prática quando se observa a gritante evasão escolar de surdos no país. Comprova-se isso, pelo gráfico apresentado pelo Inep, que de acordo com ele, é decrescente o número de inscritos surdos na educação básica. Esse fato, causa extrema decepção e constrangimento a toda população, os quais se sentem inseguros e sem ter a quem recorrer. Desse modo, faz-se mister a reformulação dessa postura estatal de forma urgente.
Diante dos argumentos supracitados é dever do Estado acabar com os desafios enfrentados na formação de surdos no país, oferecendo uma educação de qualidade para todos os estudantes, de forma igualitária para que haja interação e participação efetiva dos surdos nas escolas. Some-se a isso investimento em educação, valorizando e capacitando os professores, no intuito de formar cidadãos mais comprometidos em garantir o bem-estar da sociedade como um todo. Logo, será possível alcançar a Utopia de More.


@jherodrigues corrigi por favor :mrgreen:
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#63641
Correção de redação - ENEM
➜ Autor(a): @Taiana
➜ Tema: DESAFIOS NA FORMAÇÃO EDUCACIONAL DE SURDOS NO BRASIL
➜ Material de base (🇽)

Atenção! Lembre-se que não sou profissional e, por isso, o único intuito é ajudá-lo(a). Ademais, considere essa correção como um aprofundamento em relação a todos os parâmetros do seu texto. Por isso, então, não estranhe notas mais baixas do que o normal, afinal, essa análise é minuciosa e pode durar (geralmente dura) mais de 1 hora, diferentemente da correção no ENEM, que dura cerca de 3 minutos. Entendendo isso, podemos prosseguir! :D

Legenda de correção:
➜ A1, A2 e retomadas (tese)
Elementos temáticos
➜ Ótimo! Muito bem!
➜ Poderia ser melhor
➜ Erro (desvio)
➜ Confuso (não está claro)
Repetição
➜ Desnecessário
➜ Conectivos e operadores argumentativos
➜ Repertório e/ou material sociocultural
➜ Elementos da proposta

Espelho - Introdução
Na obra “Utopia”, do escritor inglês Thomas More, é retratada uma sociedade perfeita, na qual o corpo social padroniza-se pela ausência de conflitos e problemas (Muito bem!). No entanto (produção do repertório), o que se observa na realidade contemporânea é o oposto do que o autor prega (Boa!), uma vez que os empecilhos (sinônimo de desafios) na formação educacional de surdos no Brasil ¹apresentam barreiras (empecilhos já são barreiras. Como um empecilho vai apresentar algo que ele já é? Confuso), as quais dificultam a concretização dos planos de More (interligação de repertório intra - OK). Esse cenário antagônico é fruto tanto da má preparação escolar (A1 antecipado - OK), quanto do desrespeito às leis (A2 antecipado - OK). Diante disso, torna-se fundamental a discussão desses aspectos, a fim do pleno funcionamento da sociedade. (Ótima finalização!)
Comentários
➜ A sua introdução está excelente! Existe uma tese (porém, rasa, afinal, não há uma descrição específica dos problemas); o repertório utilizado foi produzido, além de retomado para comprovação de ideia; os seus argumentos foram antecipados, o que prova a existência de um plano de texto e, por fim, a sua finalização remete a necessidade de resolução da problemática. Ademais, não encontrei nenhum desvio (pelo menos aparente) gramatical ou estrutural. A minha única objeção é esta:
➜ ¹ Quais barreiras? Quais são os desafios? Você pontuou bem a problemática, porém, não exemplificou e explicou, de fato, os desafios (que, no caso, é um delimitador temático). Porém, a construção da sua introdução está muito bem feita, há, sim, um posicionamento, entretanto, a sua tese podia ser mais clara. Ps.: isso pode não ser um problema direto, até porque, caso você trabalhe bem esses impasses nos desenvolvimentos, essa contextualização na introdução não será, de maneira a atingir os critérios do modelo, necessária. De qualquer forma, atente-se a isso. Ok?

Espelho - Desenvolvimento 1
¹Precipuamente, é fulcral (evite utilizar esse tipo de vocabulário sem necessidade. Substitua por: importante; necessário; viável; indispensável; imprescindível...) pontuar que os problemas na formação educacional de surdos (retomada do A1 antecipado - OK) no país derivam da baixa atuação dos setores governamentais, no que concerne à criação de mecanismos que coíbam tais recorrências. ²Segundo o pensador Thomas Hobbes, o estado é responsável por garantir o bem-estar da população, entretanto, isso não ocorre no nosso (C1, desvio; não utilize a primeira pessoa na dissertação-argumentativa!) país (substitua "nossa país" por Brasil). (ausência de conectivo intra. Recomendações: assim; nesse sentido...) Devido à falta de atuação das autoridades, milhares de jovens surdos sofrem problemas diários que os impedem de continuarem nas instituições escolares, tal como a má infraestrutura das escolas, como também à (a) falta de preparação docente em libras para lhes (C1, desvio; retirar) atendê-los (produção do repertório; produção do A1 antecipado - OK). Nesse ínterim, milhares de estudantes surdos desistem da educação por não serem devidamente atendidos. (Boa finalização!)
Comentários
➜ Desenvolvimento bacana! Em questão de argumentação e contextualização da tese, parabéns, não tenho objeções. É como eu pontuei anteriormente: você não exemplificou os desafios na introdução, mas trouxe-os detalhadamente no desenvolvimento, o que supre a necessidade anterior. A única situação que deve ser revista é, notoriamente, o mau uso (e ausência) de conectivos e operadores. Atente-se a isso, bem como a estes comentários:
➜ ¹ Utilize um conectivo que faça relação direta à sua introdução (Exemplo: Nesse sentido; nessa perspectiva; nesse viés...). Lembre-se: o ENEM, hoje, não configura os operadores de prioridade e relevância como conectivos inter parágrafos, ou seja, desconsideram-os em relação à C4. Exemplos de conectivos de prioridade e relevância: principalmente; primordialmente; a priori; a posteriori; precipuamente... etc. Atente-se a isso! Ok?
➜ ² Utilize um conectivo intra para relacionar a retomada do A1 com o repertório do desenvolvimento. Exemplos: Para essa análise; para essa discussão; nessa perspectiva; sob tal ótica...

Espelho - Desenvolvimento 2
Ademais, é imperativo ressaltar que a Constituição Federal de 1988, documento jurídico mais importante do país, prevê em seu artigo 6° o direito a educação como inerente a todo cidadão brasileiro. Conquanto (produção do repertório), tal prerrogativa não tem se reverberado em ênfase na prática quando se observa a gritante evasão escolar de surdos no país (produção do repertório/retomada do A2 antecipado <desrespeito às leis> - OK). (ausência de conectivo intra) Comprova-se isso, (retirar) pelo (substituir por: por meio de; através...) gráfico apresentado pelo Inep, que de acordo com ele, é decrescente o número de inscritos surdos na educação básica (repertório complementar). Esse fato, (separação de sujeito e predicado; retirar) causa extrema decepção e constrangimento a (à) toda população, os quais se sentem (C1, desvio; concordância; a qual se sente) inseguros (insegura) e sem ter a quem recorrer. Desse modo, faz-se mister a reformulação dessa postura estatal de forma urgente. (antecipação da proposta - OK)
Comentários
➜ O nível desse desenvolvimento caiu um pouco em relação ao anterior, porém, ainda assim, está bacana. Nesse caso, eu apenas explicaria de uma maneira mais clara o fato do porquê de haver a evasão escolar dos surdos, bem como a maneira em que isso acontece no país, claro, de forma detalhada. Isso acrescentaria um bônus de autoria em sua C3. De todo modo, os repertórios foram bem utilizados e produzidos. Atente-se a todos os comentários feitos no próprio espelho, dando ênfase aos erros gramaticais (e estruturais) e, também, ao uso de conectivos. Ok?

Espelho - Conclusão
Diante dos argumentos supracitados(,) é dever do Estado (AGENTE 1/2) acabar com os desafios enfrentados na formação de surdos no país (retomada da problemática - OK), oferecendo (AÇÃO) uma educação de qualidade para todos os estudantes, (retirar) de forma igualitária para (FINALIDADE DA AÇÃO) que haja interação e participação efetiva dos surdos nas escolas. (ausência de conectivo intra)Some-se (Soma-se) a isso investimento em educação (AÇÃO 2), valorizando e capacitando (MODO DA AÇÃO 2) os professores, no intuito de (FINALIDADE DA AÇÃO 2) formar cidadãos mais comprometidos em garantir o bem-estar da sociedade como um todo. Logo, será possível alcançar a Utopia de More. (comprovação do plano de texto - OK)
Comentários
➜ A sua proposta, por não conter um detalhamento, ficou um pouco rasa, mas, ainda assim, compreendeu 4 dos 5 elementos requeridos pela cartilha de correção ENEM: agente, ação, modo/meio, finalidade e, o que não houve, detalhamento de algum dos anteriores. Ademais, você não apresentou uma solução para o seu A2 (desrespeito às leis), apenas ao A1 (má preparação escolar). Cuidado com isso! A sua C2 pode ser prejudicada por falta de planejamento de proposta completo.

Avaliação final
Comentários
➜ Você possui um bom domínio em relação à dissertação-argumentativa. É notório que há uma preocupação com a evidência de um plano de texto, o que é sensacional! Entretanto, a sua redação é melhorável, então, atente-se a todos os comentários feitos anteriormente, dando ênfase aos desvios relacionados à C1, ausências de conectivos e à algumas falhas na organização de argumentos. Ok?

Nota
➜ C1 (140)
Justificativa: Há 5 desvios de naturezas diferentes em seu texto, o que, infelizmente, reduz a sua C5 ao nível médio entre o 3 e o 4 (depende do corretor, por isso a média). Lembrando que, segundo a cartilha de correção ENEM, a C1 mantém-se no nível 4 até a visualização de 4 desvios naturalmente divergentes. Nesse caso, como houve 5, mais um nível foi reduzido. Ah, lembrando que nem todos os corretores podem perceber esses erros, então, em outras correções, a C1 pode aparecer como 160 ou até mesmo 120. Ok?
➜ C2 (180)
Justificativa: O seu plano de texto é evidente, porém, há alguns pontos melhoráveis na produção dos seus argumentos antecipados na introdução e, além disso, não há uma proposta de intervenção que atenue, diretamente, a problemática 2 atribuída ao seu terceiro parágrafo: o desrespeito às leis. Por isso, então, a sua C2 foi reduzida ao nível médio entre o 4 e o 5, ou seja, 180 pontos.
➜ C3 (200)
Justificativa: Há uma boa compreensão de proposta e articulação de ideias. A relação de argumentos é melhorável, porém, não é o suficiente para uma redução de nível. Parabéns!
➜ C4 (160)
Justificativa: Por conta de alguns conectivos serem mal usados, bem como estarem ausentes nas construções inter/intra, além, também, de algumas (poucas) repetições desnecessárias de termos, a sua C4 foi reduzida ao nível 4.
➜ C5 (160)
Justificativa: Para ser maximizada, a sua C5 precisa da presença dos 5 elementos em sua proposta de intervenção. Entretanto, como há a ausência de detalhamento, ela foi reduzida ao nível 4.
#63665
Taiana escreveu:Olá. Agradeço muito a sua atenção 🤝
Vou analisar detalhadamente todos os comentários.
@eurodrigo
Disponha, Taiana! Espero que tenha compreendido a análise para, assim, corrigir os seus erros e, claro, viciar-se nos acertos! :mrgreen:

Sucesso! Abs. ;)

Oiii alguém poderia corrigir minha reda&cc[…]

A fome em período de pandemia

Fome, palavras que para muitas pessoas trazem sent[…]

francis tuliofn ,poderiam ler também e […]

No Brasil, existe o decreto constitucional lei N&d[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM