Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#49929
A Constituição Federal de 1988, documento jurídico mais importante do país, prevê em seu artigo 6º, o direito a saúde  como inerente a todo cidadão brasileiro. Todavia, tal prerrogativa não tem se evidenciado  com ênfase na prática quando se observa os casos de câncer de mama,dificultando,deste modo,a universalização desse direito social tão importante. Desse modo, em razão da ineficácia do Estado e falta de informação do corpo social, emerge um problema que precisa ser revertido.

Primeiramente, a negligência estatal é uma causa latente do empecilho. Nesse sentido, com a escassez  de políticas públicas para  investimentos tanto em tecnológias a fim de tratamentos melhores quanto para prevenção desse tumor. Essa conjuntura, segundo as ideias do filósofo contratualista John Locke, configura-se como uma violação do “contrato social”, já que o Estado não cumpre sua função de garantir que os cidadãos desfrutem de direitos indispensáveis, como o bem-estar  o que infelizmente é evidente no país.

Ademais, outra  razão para configuração do problema é o silenciamento. Segundo o filósofo francês  Focault, na sociedade pós-mordena alguns temas são silenciados para que estruturas de poder sejam mantidas. Dessa forma,  verifica-se uma lacuna em torno de debates sobre o câncer de mama, o que contribui para o aumento da falta de conhecimento da população sobre a questão, tornando a resolução mais dificultada.

Portanto, é mister que providências sejam tomadas para amenizar o quadro atual. Para isso, é imprescindível que o Ministério  da Saúde -órgão responsável pela promoção da recuperação da saúde da população-  deve realizar uma campanha informativa chamada " O Câncer de Mama? " que evidencie para população a complexidade da situação e maneiras  de descobrir a doença e quais os procedimentos realiza por meio de informações compartilhadas, principalmente com intermédio da mídia, visto que ela tem um forte poder de persuasão. Com finalidade, que os cidadãos tenha noções sobre o assunto.Assim, tornar-se-á possível a construção de uma sociedade permeada pela efetivação dos elementos listados na Magna Carta.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 150

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#50386
A Constituição Federal de 1988, documento jurídico mais importante do país, prevê em seu artigo 6º, o direito a saúde como inerente a todo cidadão brasileiro. Todavia, tal prerrogativa não tem se evidenciado com ênfase na prática quando se observa os casos de câncer de mama, dificultando, deste modo, a universalização desse direito social tão importante. Desse modo, em razão da ineficácia do Estado e falta de informação do corpo social, emerge um problema que precisa ser revertido.

Primeiramente, a negligência estatal é uma causa latente do empecilho. Nesse sentido, com a escassez de políticas públicas para investimentos tanto em tecnológicas a fim de tratamentos melhores quanto para prevenção desse tumor. Essa conjuntura, segundo as ideias do filósofo contratualista John Locke, configura-se como uma violação do “contrato social”, já que o Estado não cumpre sua função de garantir que os cidadãos desfrutem de direitos indispensáveis, como o bem-estar o que infelizmente é evidente no país.
* Precisa organizar suas ideias na estrutura: chamar o argumento + repertório (citação) + argumentação + arrematação

Ademais, outra razão para configuração do problema é o silenciamento. Segundo o filósofo francês Focault, na sociedade pós-moderna alguns temas são silenciados para que estruturas de poder sejam mantidas. Dessa forma, verifica-se uma lacuna em torno de debates sobre o câncer de mama, o que contribui para o aumento da falta de conhecimento da população sobre a questão, tornando a resolução mais dificultada. [faltou arrematação]

Portanto, é mister que providências sejam tomadas para amenizar o quadro atual. Para isso, é imprescindível que o Ministério da Saúde - órgão responsável pela promoção da recuperação da saúde da população - deve realizar uma campanha informativa chamada: "O Câncer de Mama?", que evidencie para população a complexidade da situação e maneiras de descobrir a doença e quais os procedimentos realiza, por meio de informações compartilhadas, principalmente com intermédio da mídia, visto que ela tem um forte poder de persuasão. [faltou conectivo] Com finalidade de que os cidadãos tenham noção sobre o assunto. Assim, tornar-se-á possível a construção de uma sociedade permeada pela efetivação dos elementos listados na Magna Carta.
* Intervenção completa
#50477
A Constituição Federal de 1988, documento jurídico mais importante do país, prevê em seu artigo 6º, o direito a saúde como inerente a todo cidadão brasileiro. Todavia, tal prerrogativa não tem se evidenciado com ênfase na prática quando se observa os casos de câncer de mama,dificultando,deste modo,a universalização desse direito social tão importante. Desse modo, em razão da ineficácia do Estado e falta de informação do corpo social, emerge um problema que precisa ser revertido.

Desse modo 2 vezes, tente evitar a repetição
falta espaço entre as vírgulas
tese 1= ineficácia do Estado
tese 2= falta de informação do corpo social

Primeiramente, a negligência estatal é uma causa latente do empecilho. Nesse sentido, com a escassez de políticas públicas para investimentos tanto em tecnológias a fim de tratamentos melhores quanto para prevenção desse tumor. Essa conjuntura, segundo as ideias do filósofo contratualista John Locke, configura-se como uma violação do “contrato social”, já que o Estado não cumpre sua função de garantir que os cidadãos desfrutem de direitos indispensáveis, como o bem-estar o que infelizmente é evidente no país.

"tecnologia"
esse primeiro período ficou confuso
Faltou uma argumentação final com base na citação do filósofo, você não relacionou bem.
tese 1 ok
Ademais, outra razão para configuração do problema é o silenciamento. Segundo o filósofo francês Focault, na sociedade pós-mordena alguns temas são silenciados para que estruturas de poder sejam mantidas. Dessa forma, verifica-se uma lacuna em torno de debates sobre o câncer de mama, o que contribui para o aumento da falta de conhecimento da população sobre a questão, tornando a resolução mais dificultada.

tese 2 ok
"em torno dos debates acerca do câncer de mama" ficaria melhor
3 parágrafo ok


Portanto, é mister que providências sejam tomadas para amenizar o quadro atual. Para isso, é imprescindível que o Ministério da Saúde -órgão responsável pela promoção da recuperação da saúde da população- deve realizar uma campanha informativa chamada " O Câncer de Mama? " que evidencie para população a complexidade da situação e maneiras de descobrir a doença e quais os procedimentos realiza por meio de informações compartilhadas, principalmente com intermédio da mídia, visto que ela tem um forte poder de persuasão. Com finalidade, que os cidadãos tenha noções sobre o assunto.Assim, tornar-se-á possível a construção de uma sociedade permeada pela efetivação dos elementos listados na Magna Carta.

"deva realizar.."
proposta completa, com a citação de 2 agentes que é o mínimo
É bom elaborar sempre 2 propostas, e sempre 1 completa.
Evite utilizar, por intermédio da mídia (já que ela é um dos agentes) seria bom você colocar, por meio de palestras ou campanhas com o auxílio da mídia

De acordo com o IBGE(instituto brasileiro de geogr[…]

No Brasil, os mais velhos são considerados […]

Desde os incentivos à expansão da po[…]

Inspirado no Facismo e no líder polí[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM