Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por becavilar
#60064
"porqué volvías cada verano" a autora Belém Lopez Peiró faz relato dos abusos a que foi submetida entre 13 e 16 anos, aos 22 anos ela garante que superou o medo e o denunciou. Nesse tempo, a escritora e jornalista Lopez Peró, transformou a história do abuso em seu primeiro livro, "porque vovias cada verano"(porque voltava todo o verão). Nas férias a escritora visitava seus tios em Santa Lúcia, um povoado de Buenos Aires, Argentina. E foi lá onde aconteceu os episódios de violência sexual que sofreu, por seu tio. Foi notado o abuso pelo namorado de sua mãe, então daí começou todo o processo emocional, físico e justiça.
Sobretudo ela acreditou que faria disso uma arte. A exploração sexual infantil no Brasil, hoje é decorrente. Pois a falta de investimento em um estado social, para que haja saúde, educação e segurança na sociedade, faz com que esse tipo de problema aumente. Além disso, a necessidade de investigação e punição é altamente precisa para aqueles que cometem esses atos. O dever dos pais é ter mais circunspenção e sensatez, ser ouvintes, reconhecer quando algo estiver errado. Existem muitos casos que o padrasto é o abusador, mas a mãe da vítima não tem coragem tem medo de denunciar. 80% dos casos acontecem com pessoas da família. Vemos que uma grande parte dos abusadores já foram abusados, isso não é motivo. É indiscutível, a internet traz muitos benefícios em relação a comunicação. Todavia vieram crimes virtuais e a pedofilia pela a mesma. Portanto, ensinar as crianças a não compartilhar informações pessoais, dificultará o acesso do pedófilos às vítimas. É dever da família, sociedade e estado assegurar a criança e o adolescente direito à vida, a liberdade, saúde e educação. Além de colocá-los a salvo de toda a crueldade desse país, até que cresçam e entendam a injustiça.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Avatar do usuário
Por becavilar
#60065
"porqué volvías cada verano" a autora Belém Lopez Peiró faz relato dos abusos a que foi submetida entre 13 e 16 anos, aos 22 anos ela garante que superou o medo e o denunciou. Nesse tempo, a escritora e jornalista Lopez Peró, transformou a história do abuso em seu primeiro livro, porque vovias cada verano (porque voltava todo o verão). Nas férias a escritora visitava seus tios em Santa Lúcia, um povoado de Buenos Aires, Argentina. E foi lá onde aconteceu os episódios de violência sexual que sofreu, por seu tio. Foi notado o abuso pelo namorado de sua mãe, então daí começou todo o processo emocional, físico e justiça.
Sobretudo ela acreditou que faria disso uma arte. A exploração sexual infantil no Brasil, hoje é decorrente. Pois a falta de investimento em um estado social, para que haja saúde, educação e segurança na sociedade, faz com que esse tipo de problema aumente. Além disso, a necessidade de investigação e punição é altamente precisa para aqueles que cometem esses atos. O dever dos pais é ter mais circunspenção e sensatez, ser ouvintes, reconhecer quando algo estiver errado. Existem muitos casos que o padrasto é o abusador, mas a mãe da vítima não tem coragem tem medo de denunciar. 80% dos casos acontecem com pessoas da família. Vemos que uma grande parte dos abusadores já foram abusados, isso não é motivo. É indiscutível, a internet traz muitos benefícios em relação a comunicação. Todavia vieram crimes virtuais e a pedofilia pela a mesma. Portanto, ensinar as crianças a não compartilhar informações pessoais, dificultará o acesso do pedófilos às vítimas. É dever da família, sociedade e estado assegurar a criança e o adolescente direito à vida, a liberdade, saúde e educação. Além de colocá-los a salvo de toda a crueldade desse país, até que cresçam e entendam a injustiça.

A constituição federal de 1988, docu[…]

Violência doméstica

Agressão a Maria da Penha Vemos que atualm[…]

Obesidade no Brasil

Segundo dados do IBGE, em 2019 um quarto da popula[…]

Medo provocado por pandemia

*Medo causado pela pandemia* Diante de um cas[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM