Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#40485
O surgimento da internet no final da década de 60 trouxe inúmeras finalidades. Dentre elas, tem-se como destaque os sites e redes sociais, que parecem inofensivos, entretanto escondem diversos perigos, como a superexposição de crianças na internet no Brasil. Tendo em vista a problemática, é preciso entender as causas e consequências, além de buscar medidas que amenizam esse mal trazendo integridade a sociedade.
Crianças e adolescentes ocupam significativamente as redes sociais. De acordo com o jornalista do "The Wall Street Journal", essa prática se remete ao "Sharenting", que é o compartilhamento de imagens de crianças por seus familiares. A prática é vista, quando famosos criam perfis no Instagram para seus filhos. Um dos motivos da realização dessa ação é porque os responsáveis pretendem demonstrar o amor pelos filhos através de postagens, porém esquecem o prejuízo que a comprovação de afeto causa.
Redes socias de crianças sem monitoramento aumentam os casos de pedofilia. Apesar de alguns perfis das mídias sociais ter a supervisão dos pais, grande parte não possui. De acordo com a advogada Isabela Guimarães Del Monte, os crimes sexuais envolvendo menores aumentaram, em grande parte pela facilidade de espalhamento de fotos e vídeos envolvendo esse grupo. Os danos associados ao delito são prejudiciais a saúde mental de quem os sofrem, moldando indivíduos frustrados e possivelmente com transtornos psicológicos.
:D Diante o exposto, é nítido que a superexposição de crianças na internet ocorrem pelo ego dos pais em mostrar seus filhos na redes, e em outros casos, pela falta de monitoramento, o que sucede como consequência o aumento de crimes sexuais. Infere-se, portanto que as escolas façam palestras e posts onlines conscientizando malefícios destes atos. Cabe ao Estatuto da Criança e do Adolescente em parceria com o Ministério da ciência, Tecnologia e Inovações desenvolver um aplicativo de monitoramento e reconhecimento facial de rostos de menores de 13 anos, assim que forem identificados, os mesmos serão excluídos imediatamente das redes sociais, impedindo o contato com pedófilos. É preciso da mídia e conversas familiares no combate contra o problema, pois juntos é possível resolver a situação.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

#40488
Oi, meu amor! sua redação tem alguns erros, recomendo muito que leia mais redações nota mil.
• Use conectivos para melhor leitura.
• Sua conclusão tem que estar completa, ela precisa ter Agente, ação, meio, detalhamento e modo.
• Na sua conclusão você colocou vários agentes, sua nota não aumenta por isso, você usou quatro agentes e só vai ganhar 40 pontos! É isso. faça apenas uma conclusão, 1 apenas, fica mais fácil, e nela coloca os 4 requisitos que é pedido pela banca. beijos
Estética e Saúde

Aguardando correção ;)

Taissa19 , eu corrigi essa já, mas peguei […]

Assim como apresentado no grandioso filme da Disne[…]

Primeiramente com os avanços da tecnologia […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM