Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#60107
Na série O Preço da Perfeição, produzida pela, Netflix, mostra a vida de bailarinas, de um concorrido studio de dança; durante um episódio a personagem Bette se machuca, e tem uma torção no pé, com medo de ser expulsa do campeonato, ela começa a tomar medicamentos da sua mãe, para o alívio das dores, o que ao longo da trama lhe traz sérios problemas, como o agravamento da fratura. De maneira análoga à história fictícia, a questão da automedicação, no Brasil, pode ser relacionada àquela do século XXI: em que a cada vez mais propagandas televisionadas impulsionam a compra e venda de drogas medicamentosas e o uso inadequado de remédios para melhor performance dos jovens na escola ou faculdade.
Em primeiro lugar, é importante destacar que as publicidades transmitidas por emissoras de tv, são de fator determinante para o uso inadequado de medicamentos. Isso ocorre, em grande parte, devido a população estar em um ambiente “corrido”, onde não se reserva um tempo para o cuidado do seu corpo. Essa ideia vai ao encontro da frase do filósofo Confúcio em que diz “Saber o que é correto e não fazer é falta de coragem’’, em sua fala o autor mostra que a sociedade sabe qual é a melhor atitude a ser tomada, mas escolhe ignorá-la. Assim, fica claro que o pensador previu a realidade do mundo atual, em que ao se sentir mal prefere-se ir a farmácia e comprar um analgésico, do que ir ao médico para um check up, em que se pode descobrir a real causa do problema, e o solucionar de forma que não volte mais.
Além disso, faz-se necessário lembrar que o uso de medicamentos para o aumento da concentração sem prescrição médica, se dá de forma mais abrangente entre os adolescentes, por ser nessa fase que se a maior pressão social. Essa prática é consequência de uma população que implanta na mente dos jovens uma ideia de que eles tem que ser perfeitos em tudo, como a frase muito dita nas famílias brasileiras: “se você não entrar em uma boa faculdade você nunca vai ser ninguém”. No livro “Sociedade do Espetáculo”, escrito pelo filósofo Guy Debord, é explicitada sua teoria de que todas as pessoas vivem suas vidas como se fosse uma performance, tentando sempre dar o melhor show umas para as outras e aparentar a perfeição. Paralelamente, observa-se que ao perceberem que é impossível agradar a todos, é então que esses estudantes buscam solução em remédios controlados, que na maioria das vezes são para o uso de pacientes com déficit de atenção.
Portanto é preciso que o Governo tome providências para amenizar o quadro atual. Para a diminuição do consumo inadequado de fármacos, no Brasil, urge que o Ministério da Saúde crie, por meio de leis, que aumentem a restrição do acesso a medicamentos. Essas leis também vão mudar o modelo das receitas médicas, de forma que haja uma unificação no receituário, dando assim maior segurança ao farmacêutico na hora da venda do remédio. Somente assim, será possível evitar uma sociedade de jovens como Bette, que preferiu uma resposta rápida para seu problema, mas que a longo prazo lhe trouxe sérios prejuízos.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

Invisibilidade Social

[mention]sixthero art[/mention], oii, vcs podem […]

A pandemia do novo coronavírus mudou o mund[…]

Thamyres123 , por nada! precisando estamos aqui […]

Com o advento da Revolução Té[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM