• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#71306
"A ignorância nunca resolve uma questão". A afirmação atribuída ao ex-primeiro ministro Benjamin Disraeli pode ser aplicada ao comportamento da sociedade diante da evasão escolar no cenário brasileiro, uma vez que a incapacidade das pessoas em analisar de forma crítica essa problemática, concetriza a falta de medidas para a sua erradicação. Isso ocorre tanto pela desigualdade social existente quanto pelo descaso estatal com relação ao ensino público do país.
Sob esse viés, é inegável dissertar a respeito da desigualdade social existente, uma vez que, muitos alunos conforme dados e estudos do IBGE e do Ministério da Educação, possuem baixa renda. Jovens que cursam principalmente o Ensino Médio desistem de ou abandonam a escola por precisarem trabalhar para contribuir a renda familiar. Em muitos casos, observa-se reflexos da evasão escolar no meio social, como a entrada para a criminalidade e o aumento da violência. Nesse sentido, fica claro a intensificação das disparidades sociais no abandono das escolas.
Consequentemente, a negligência do Estado em relação a investimentos de escolas públicas aumentam essa problemática. Observa-se que vários jovens, onde em sua grande parte moram em locais de difícil acesso e não possuem escolas públicas proximas as suas residências, são restritos das escolas. Ainda sim, ocorre a falta de professores nas escolas, por conseguinte não ocorre a aula, resultandi em desinteresse desses alunos, gerando a saída desses jovens dos colégios.
Portanto, medidas são necessárias para diminuir os impactos da evasão escolar em questão no Brasil. O Estado deve construir escolas públicas em todas as comunidades carentes do país, do ensino básico ao médio, e ainda sim, garantir a manutenção escolar e o transporte público estudantil, promovendo assim, a melhora no ensino público. Somente assim, diminuirá os impactos do abandono escolar. :D :D
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#71374
:geek: @Willa @Deivid16 @Anakass s @cassiahso o Olá, tudo bem com vocês?
Poderiam dar uma olhadinha na minha redação? Meu nome é Tainara e estudo em uma escola em que minha professora sempre corrigi as redações com base nas competências do ENEM, entretanto, gostaria de uma opinião extra sobre minha redação! ☺
Sou nova na plataforma mas podem esperar que sempre que precisarem de ajuda, ou que eu dê uma olhada na redação de vocês, será um prazer ❤
#72070
Olá, como vai? Espero que muito bem!

Depois de eras, cá estou eu aqui para corrigir sua redação! Gostei demais dela e isso me incentivou MUITO a dar meu melhor na correção, mas assim como você, ainda estou aprendendo, então sou passível de erros, rs.

Esclarecidos esses pontos, vamos a minha análise. Espero que goste!

// INTRODUÇÃO 💡

""[1] A ignorância nunca resolve uma questão". A afirmação atribuída ao ex-primeiro ministro Benjamin Disraeli pode ser aplicada ao comportamento da sociedade diante da evasão escolar no cenário brasileiro, uma vez que a incapacidade das pessoas em analisar de forma crítica essa problemática [4], [5] concretiza a falta de medidas para a sua erradicação. [3] Isso ocorre tanto pela desigualdade social existente quanto pelo descaso estatal com relação ao ensino público do país."

[1] Contextualização;
[2] Conectivos (não teve);
[3] Tese;
[4] Vírgula usada erroneamente;
[5] Erro de digitação.
[Observações] Seu repertório é incrível e muito pertinente ao tema, adorei! Como um todo, sua introdução cumpre com os padrões do ENEM, apresentando uma boa contextualização e uma tese bem formada, que dá indícios do que será discorrido nos próximos parágrafos. Minhas únicas ressalvas são em relação ao uso das vírgulas e a falta de conectivos no começo das frases. No tocante às virgulas, deixarei um vídeo ao final que é super ilustrativo, pois tenho medo de tentar explicar o assunto e acabar confundindo ele ainda mais (augekkkk) e sobre os conectivos, é recomendável que você os use em todo o começo de frase (quando possível, claro), porque contribui muito com a coesão do seu texto e ajuda o corretor a ver que você sabe direitinho o que você está fazendo. No entanto, é importante salientar que seu parágrafo ficou sim muito bom sem esses conectivos, então peço apenas que você tenha certa atenção em relação a isso, pois não é sempre que é possível não usar esses conectivos, tudo bem?

// PREIMEIRO PARÁGRAFO DE DESENVOLVIMENTO (D1) 📌

"[1] Sob esse viés, [2] é inegável dissertar a respeito da desigualdade social existente, uma vez que, muitos alunos [8], [3] conforme dados e estudos do IBGE e do Ministério da Educação, possuem baixa renda. [6: Desse modo/ Seguindo-se esse raciocínio,] [4] Jovens que cursam principalmente o Ensino Médio desistem [9] de ou abandonam a escola por precisarem trabalhar para contribuir a renda familiar. [6: Com isso,] Em muitos casos, observa-se reflexos da evasão escolar no meio social, como a entrada para a criminalidade e o aumento da violência. [1] Nesse sentido, [5] fica [7] clara a intensificação das disparidades sociais no abandono das escolas."

[1] Conectivos;
[2] Oração introdutória do que será abordado no D1;
[3] Argumento de autoridade;
[4] Desenvolvimento da tese;
[5] Oração conclusiva da D1;
[6] Ausência de conectivo;
[7] Erro de concordância.
[8] Erro de vírgula;
[9] Conjunção desnecessária.
[Observações] Já aqui na D1 a ausência de conectivos acabou prejudicando um bocado a qualidade e encadeamento de ideias. Notei também que seu argumento de autoridade foi usado logo na frase de introdução do seu desenvolvimento e está tudo bem, mas isso acaba dando a ideia que seu repertório é mais importante que sua própria tese, então recomento fortemente que você utilize seu argumento de autoridade e o desenvolva após essa frase introdutória, de verdade. Ademais, houve um erro de concordância, em que o termo "claro" tem de concordar com "a intensificação" que está no feminino, logo, há a necessidade de se usar "clara". Por fim, assim como na introdução, houve um erro de vírgula aqui.

// SEGUNDO PARÁGRAFO DE DESENVOLVIMENTO (D2) 📍

"[1] Consequentemente, [2] a negligência do Estado em relação a investimentos de escolas públicas aumentam essa problemática. [6: Sob essa ótica,] [4] Observa-se que vários jovens, onde em sua grande parte moram em locais de difícil acesso e não possuem escolas públicas [7] próximas [9] às suas residências, são restritos das escolas. [1] Ainda sim, ocorre a falta de professores nas escolas, por conseguinte não ocorre a aula, [8] resultando em desinteresse desses alunos, gerando a saída desses jovens dos colégios."

[1] Conectivos;
[2] Oração introdutória do que será abordado na D2;
[3] Argumento de autoridade;
[4] Desenvolvimento da tese;
[5] Oração conclusiva da D2 (não teve);
[6] Ausência de conectivo;
[7] Erro de acentuação;
[8] Erro de digitação;
[9] Ausência de crase.
[Observações] Nesse segundo parágrafo não consegui localizar nenhum repertório de autoridade ou sociocultural que desse base para sua argumentação. Além disso, encontrei erros que já havia visto em outros parágrafos, somado a um erro de crase, pois o termo "próximo" requer um complemento (próximo a algo) e, somando-se isso a "as suas residências", temos que próximo a + as suas residências = próximo às suas residências. Espero que tenha dado para entender, mas caso não, deixarei um vídeo sobre logo mais, também.

// CONCLUSÃO 🏆

"[1] Portanto, [2] medidas são necessárias para diminuir os impactos da evasão escolar em questão no Brasil. [9:Dessa forma,] [3] O Estado [4] deve construir escolas públicas em todas as comunidades carentes do país, [7] do ensino básico ao médio, e ainda sim, garantir a manutenção escolar e o transporte público estudantil, [6] promovendo assim, a melhora no ensino público. [8] Somente assim, diminuirá os impactos do abandono escolar."

[1] Conectivos;
[2] Oração introdutória da conclusão;
[3] Agente
[4] Ação
[5] Modo como essa ação será colocada em prática (não encontrei)
[6] Objetivo da ação
[7] Detalhamento;
[8] Oração de encerramento da conclusão;
[9] Ausência de conectivo.
[Observações] Na conclusão, senti a falta de um detalhamento maior sobre que parte do Estado fará isso, visto que o Estado é muito amplo (é bom citar tipo um dos três poderes, pois mesmo ainda sendo abrangente, já delimita um pouco mais a sua proposta de intervenção). Ademais, faltou o modo como sua proposta será colocada em prática. Ficou bem claro o que você propõe fazer, mas como o Estado poderia colocar tudo isso em prática? De resto, ficou muito bom e não tenho o que pontuar.

// OPINIÃO GERAL

A meu ver, é perceptível que você tem potencial para conquistar o tão sonhado +900 na redação no final do ano, apenas recomendo que se atente um pouco mais aos pontos citados. Para facilitar sua jornada, deixo aqui os vídeos que citei, para que seus desvios não voltem a ocorrer.








E esse é o fim da minha análise, espero que tenha gostado!
Por fim, peço que, se puder, você pode olhar uma de minhas redações?
Beijos e até mais! 🌼

O Brasil tem enfrentado sérios problemas no[…]

* A acrescente **** No início do texto.

O Brasil tem enfrentado, com frequência, pro[…]

Livex pode corrigir por favor

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM