Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#37818
A automedicação é a prática que diz respeito à obtenção e ao uso não atestado de determinadas substâncias lícitas,presentes,muitas vezes,em locais de fácil acesso,como em farmácias.No Brasil,tal problema é alvo de discussões,já que,acarretado não somente pela acessibilidade mas também pela falsa convicção de que tais medicamentos não podem oferecer danos à saúde,tal hábito vem se tornando comum no país.

Primeiramente,é incontestável a necessidade da avaliação de crenças presentes na sociedade. Derivadas de propagandas exageradas e ausência de instruções,a ideia de que medicamentos não oferecem riscos ao bem estar é comum.Fazendo com que,aliada à fácil comercialização de tais drogas,seja habitual a distribuição sem os imprescindíveis cuidados de avaliação profissional.O que contém potencial risco de alergias e intoxicações.Segundo o sistema nacional de informações tóxico-farmacológicas,em 2003,28% das notificações de intoxicação no país ocorreram pela automedicação.

Além disso,deve-se apontar que,apesar de a Agência Nacional da Vigilância Sanitária apresentar regulamentações para a venda e propaganda de tais produtos,não há instrução para aqueles que os obtém.Por isso,ao deparar-se com algum problema de saúde,o cidadão usualmente recorre à meios rápidos de alívio,que,em quase todos os casos,são por meio de medicação não prescrita.De acordo com o ministério da Saúde,60 mil pessoas,entre 2010 e 2015,foram ao médico devido ao uso dessas substâncias de forma equivocada. Dado a isso,o que era somente uma prática corriqueira na vida dos brasileiros,é agora um motivo comum de visita aos centros hospitalares.

Nessa perspectiva,portanto,fica evidente a necessidade de intervenções.Por isso,é crucial o papel do ministério da educação que,junto com as escolas,deve se dedicar à palestras educativas por meio de programas nacionais alertando sobre os riscos da automedicação.Ademais,ao poder legislativo cabe o dever de desenvolver leis mais concretas que visem o controle do comércio de tais drogas,diminuindo potencialmente os casos de intoxicação e,consequentemente,a perda de vidas e desenvolvimento de superbactérias.Espera-se,com tais medidas,que o problema passe de uma pauta atual para uma mazela passada na sociedade.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Com essa pontuação, ou o tema da redação é desenvolvido adequadamente, porém de forma previsível, com pouco avanço em relação ao senso comum ou, embora o texto demonstre domínio adequado do tipo textual exigido, a progressão textual apresenta algum problema.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 100

Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 80

Você atingiu aproximadamente 40% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma insuficiente, proposta de intervenção relacionada ao tema, sem clareza, ou não articulada com a discussão desenvolvida no texto.

*Perdoem o erro "afim" ao invés d[…]

vcs poderiam corrigir?

Tendo em vista a atual situação de f[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM