Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#51441
A constituição federal de 1988, documento jurídico mais importante do país, prevê em seu artigo 6°, o direito à segurança como inerente a todo cidadão brasileiro. Conquanto, tal prerrogativa não tem se reverberado com ênfase na prática quando se observa a violência policial contra negro. Nesse contexto, percebe-se a configuração de um grave problema de contornos específicos, em virtude do preconceito e da ausência de medida governamentais.
A princípio, é incontestável que a questão do preconceito está entre a causa da violência contra negro. Segundo Nicolau Maquiavel, no livro "O Príncipe", para se manter no poder, o Governo deve operar tendo como objetivo o bem universal. No entanto, é notório que no Brasil, esse princípio não é exercido, já que a maioria da violência policial ocorre em negro. Dessa forma, é evidente que existem falhas no princípio da isonomia  no qual todos devem se tratados de forma igualitária.
Sob esse viés, deve-se ressaltar ausência de medidas governamentais para combateresse mal no Brasil. Nesse sentido, observa-se o grande número de caso em que jovens são mortos por em ações políciais em comunidades ou detidos em abordagem pela cor de pele. Essa conjuntura, segundo os ideais do filósofo contratualista John Locke, configura-se como uma violação do "contrato social``, já que o Estado não cumpre sua função de garantir que os cidadãos desfrutem de direitos indispensáveis, como a segurança, o que infelizmente é evidente  no país.
  Portanto,medidas devem ser tomadas para resolver a questão da violência policial contra os negro no País. Para tanto, o Governo, em parceria com o MEC, deve financiar projetos educacionais nas escolas, por meio de uma ampla divulgação midiática, que inclua  propagandas televisivas, entrevistas em jornais e debates entre professores e alunos. Desse sentido, o intuito de tal medida deve ser diagnóstico das carências de cada ambiente escolar e a erradicação da violência. Dessa forma, a ação iniciada no presente será capaz de modificar o futuro de toda a sociedade brasileira
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#51454
A Constituição Federal de 1988, documento jurídico mais importante do país, prevê em seu artigo 6°, o direito à segurança como inerente a todo cidadão brasileiro. Conquanto, tal prerrogativa não tem se reverberado com ênfase na prática quando se observa a violência policial contra negro. Nesse contexto, percebe-se a configuração de um grave problema de contornos específicos, em virtude do preconceito e da ausência de medida governamentais.

A princípio, é incontestável que a questão do preconceito está entre a causa da violência contra negro. Segundo o filósofo Nicolau Maquiavel, no livro "O Príncipe", para manter-se no poder, o governo deve operar tendo como objetivo o bem universal. No entanto, é notório que no Brasil, esse princípio não é exercido, já que a maioria da violência policial ocorre em negro. Dessa forma, é evidente que existem falhas no princípio da isonomia no qual todos devem se tratados de forma igualitária. [tem que argumentar mais, o argumento tem que ser maior que o repertório, mas a estrutura está certa]

[melhorar conectivo] Sob esse viés, deve-se ressaltar ausência de medidas governamentais para combater esse mal no Brasil. Nesse sentido, observa-se o grande número de caso em que jovens são mortos por em ações policiais em comunidades ou detidos em abordagem pela cor de pele. Essa conjuntura, segundo os ideais do filósofo contratualista John Locke, configura-se como uma violação do "contrato social", já que o Estado não cumpre sua função de garantir que os cidadãos desfrutem de direitos indispensáveis, como a segurança, o que infelizmente é evidente no país. [procure estabelecer uma estrutura nos parágrafos, a estética da redação é avaliada também, aqui o repertório ficou no final, então repita a estrutura do parágrafo anterior]

Portanto,medidas devem ser tomadas para resolver a questão da violência policial contra os negros no país. Para tanto, o Governo, em parceria com o MEC, deve financiar projetos educacionais nas escolas, por meio de uma ampla divulgação midiática, que inclua propagandas televisivas, entrevistas em jornais e debates entre professores e alunos. Nesse sentido, o intuito de tal medida deve ser diagnóstico das carências de cada ambiente escolar e a erradicação da violência. Dessa forma < já usou esse conectivo antes, procure não repetir conectivos e palavras], a ação iniciada no presente será capaz de modificar o futuro de toda a sociedade brasileira
* Intervenção completa
A busca pela aparência perfeita

A busca descontrolada pela aparência perfeit[…]

XxDamastco pode avaliar, por favor?

NayraSantos marliac Juliana2020 EduardoP[…]

Inspirado nos relatos da professora norte-american[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM