• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#84628
Segundo a filósofa Hannah Arendt, a essência dos Direitos Humanos é o direito a ter direitos. No entanto, tal constatação não está sendo colocada em prática na questão do reconhecimento das mulheres nas ciências da saúde no Brasil, já que seus feitos são tratados com um extremo descaso pela maioria do povo brasílico.Nesse sentido, observa-se um delicado problema, que tem como causas a falta de representação e o silenciamento.

Dessa forma, em primeira análise, a lacuna de consideração é um desafio presente nesse empecilho. Sob esse viés, a poeta Rupi Kaur explica que a representatividade é vital. Porém, é nítido o comportamento desvalorizador no tema da valorização das mulheres na saúde, uma vez que as suas contribuições não são reconhecidas no cenário nacional, o que corrobora o desamparo societário dessas brasileiras e, assim, acarreta na banalização de atitudes que desmerecem os avanços científicos. Logo, urge reverter esse quadro lamentável.

Em paralelo, o número precário de informações é um entrave nessa problemática. Nessa perspectiva, a escritora Djamila Ribeiro defende que é preciso tirar uma situação da invisibilidade para que soluções sejam promovidas. Entretanto, é notória a conduta silenciadora na questão das profissionais das ciências da saúde, visto que a maior parte dos canais informativos não veiculam notícias sobre o assunto na televisão, o que gera um grave atraso na mentalidade social e dificulta a resolução desse imbróglio.Destarte, acabar com esse silêncio é urgente.

Portanto, é indispensável intervir sobre esse impasse.Para isso, o Ministério da Educação deve investir em palestras, por meio dos veículos midiáticos,a fim de demonstrar o papel primordial das mulheres no ramo da saúde.Tais eventos podem, ainda, contar com a presença de médicas para debaterem essa realidade desigual. Paralelamente, é imprescindível que o governo federal crie datas comemorativas para homenagear os serviços dessas cidadãs.Dessa maneira, o Brasil poderá colocar em ação o princípio de Hannah Arendt.

O impossível é somente um limite estabelecido pelas nossas próprias mentes! :)
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 190

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 190

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

0

bom dia, Marina li seu texto e minhas observa&cce[…]

Desconsiderando a pandemia, é evidente o au[…]

Sustentabilidade ambiental

Segundo o trecho presente no diário publica[…]

anasilva1

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM