• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#64105
Em 1904 ocorreu a revolta da vacina, movimento popular, em oposição a obrigatoriedade da imunização contra a varíola, imposta pelo governo do Rio de Janeiro. No panorama atual, o mundo ainda vive com a pandemia, pela Covid-19. Em janeiro de 2021, começou no Brasil o planejamento de vacinação, porém, com a difusão de notícias falsas na internet sobre os efeitos que a vacinação traria, se instaurou um obstáculo, convencer a população a se imunizar. Dentre os desafios para garantir a proteção imunológica da população brasileira, está a propagação das Fake News e a má gestão de aplicação das doses dos imunizantes nos municípios.
Em virtude da problemática, o mal uso das noticias impede que mais pessoas sejam vacinadas. Segundo o site, “Datafolha”, em dezembro de 2020, 22% dos brasileiros não queriam se vacinar contra a covid-19, o motivo foi, as fake News espalhadas pela internet, o que fez a população ficar receosa pelas consequências decorrentes da pós imunização. O problema em questão, se dá pela falta de informação veiculada para as pessoas, então se faz necessário que em todo planejamento onde vise proteção, haja a explicação detalhada do que é a vacina, como ela reage no organismo, a forma pela qual combate os vírus, bactérias e os benefícios que ela traz.
Ademais, a má gestão dos imunizantes, faz com que o planejamento se estenda por um prazo maior. Conforme a fala do ex-ministro da saúde e jornalista brasileiro, Hélder Martins, “A saúde é um problema político, especialmente no que tange a medicina preventiva”. Relacionando a questão política com o planejamento de vacinação, embora o governo distribua igualmente as doses, alguns municípios atrasam o calendário, portanto, é necessário que as cidades revejam o ritmo de aplicação e façam melhorias gradativas, fazendo as aplicações nas datas certas e seguindo o calendário de priorização corretamente, atentando para não cometer erros como perca das vacinas, ou confundir com outros tipos.
Dessa forma, torna-se evidente que os desafios para vacinar a população brasileira precisam ser solucionados. Sendo assim, cabe ao governo estadual juntamente com a mídia realizar projetos que tragam informação sobre os imunizantes para as pessoas, por meio de palestras digitais e entrevistas com profissionais da saúde nos telejornais das regiões, a fim de acabar com a propagação das Fake News e imunizar toda população. Portanto faz-se necessário que o TCE, (Tribunal de Contas do Estado), reforce as fiscalizações nos diferentes estados para que o planejamento de imunização acelere e os calendários sejam cumpridos igualmente, sugerindo o mesmo modo de imunização dos estados avançados para os municípios retardados.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#65295
Boa tarde. Vou colocar aqui os pontos q eu acho q vc pode melhorar. Não sou uma expert do assunto, então talvez eu erre.

Em 1904 ocorreu a revolta da vacina, movimento popular, em oposição a obrigatoriedade da imunização contra a varíola, imposta pelo governo do Rio de Janeiro. No panorama atual, o mundo ainda vive com a pandemia, pela Covid-19. Em janeiro de 2021, começou no Brasil o planejamento de vacinação, porém, com a difusão de notícias falsas na internet sobre os efeitos que a vacinação traria, se instaurou um obstáculo:, convencer a população a se imunizar. Dentre os desafios para garantir a proteção imunológica da população brasileira, está a propagação das Fake News e a má gestão de aplicação das doses dos imunizantes nos municípios. Na parte em amarelo faltou algum conectivo que ligue as duas orações. E, na minha opinião, vc deveria desenvolver mais o seu enfoque temático.

Em virtude da problemática, o mal(eu acho que deveria ser mau) uso das noticias impede que mais pessoas sejam vacinadas. Segundo o site, “Datafolha”, em dezembro de 2020, 22% dos brasileiros não queriam se vacinar contra a covid-19, e o motivo foi, as fake News espalhadas pela internet, o que fez a população ficar receosa pelas consequências decorrentes da pós imunização. O problema em questão, se dá pela falta de informação veiculada para as pessoas, então (acho q ficaria melhor usar portanto ou logo) se faz necessário que em todo planejamento onde vise proteção, haja a explicação detalhada do que é a vacina, como ela reage no organismo, a forma pela qual combate os vírus, bactérias e os benefícios que ela traz. Na parte em azul, sugiro que vc use algum conectivo. Já a parte laranja não contribui para que o texto "flua", a desenvolva mais.

Ademais, a má gestão dos imunizantes, faz com que o planejamento se estenda por um prazo maior. Conforme a fala do ex-ministro da saúde e jornalista brasileiro, Hélder Martins, “A saúde é um problema político, especialmente no que tange a medicina preventiva”. (Faltou algum conectivo para ligar as duas orações)Relacionando a questão política com o planejamento de vacinação, embora o governo distribua igualmente as doses, alguns municípios atrasam o calendário, .Portanto, é necessário que as cidades revejam o ritmo de aplicação e façam melhorias gradativas, fazendo as aplicações nas datas certas e seguindo o calendário de priorização corretamente, atentando para não cometer erros como perca(não tenho certeza, mas a forma correta não seria perda?) das vacinas, ou confundir (use algum pronome que sirva como objeto) com outros tipos.

Dessa forma, torna-se evidente que os desafios para vacinar a população brasileira precisam ser solucionados. Sendo assim, cabe ao governo estadual(agente 1) juntamente com a mídia (agente 2) realizar projetos que tragam informação sobre os imunizantes para as pessoas (meio), por meio de palestras digitais e entrevistas com profissionais da saúde nos telejornais das regiões (detalhamento), a fim de acabar com a propagação das Fake News e imunizar toda população (finalidade). Portanto (esse conectivo dá a ideia de conclusão, aconselho q vc o substitua por algum conectivo de adição, como por exemplo: assim como, como também, ademais, etc.) faz-se necessário que o TCE, (Tribunal de Contas do Estado), reforce as fiscalizações nos diferentes estados para que o planejamento de imunização acelere e os calendários sejam cumpridos igualmente, sugerindo o mesmo modo de imunização dos estados avançados para os municípios retardados (o q seria municípios retardados?). Sugiro q evite expressões como "precisam ser solucionados", porque elas são muito vagas.

Atente-se ao uso das vírgulas. Espero ter ajudado. Não desista nem desanime, fazer redação é difícil, mas com o tempo e a prática fica mais fácil.

hel0oooo , Siiiiim você lembrou kkkkkkkkkkk[…]

Ei , Dante ! legenda: (substituiç&[…]

cassiahso , nossa...MUITO OBRIGADAAA❤❤❤❤❤

tuliofn ooii poderia corrigir pra mim por favor[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM