• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#63217
O livro “Extraordinário” mostra a vida de Auggie, um garoto de 10 anos, que nasceu com uma deformidade facial, oriunda de uma síndrome genética. Pela primeira vez em sua vida o garoto irá frequentar uma escola. No entanto, ao chegar ao colégio se depara com o capacitismo, em diversas situações é tratado como incapaz intelectualmente e não é devidamente incluído com os outros alunos. Correlacionando os acontecimentos do livro com a sociedade brasileira, faz-se notável a imperícia do sistema educacional brasileiro em incluir os deficientes aos demais alunos, bem como a falta de atenção das autoridades para as complexas consequências geradas através da discriminação.
Primeiramente, notam-se diversas falhas no sistema educacional brasileiro. No ano de 2015 foi promulgada a Lei Brasileira de Inclusão, tendo como objetivo alavancar a inclusão de pessoas com deficiência, além de determinar que o sistema educacional seja acessível em todos os anos escolares. Todavia, muitas escolas não possuem profissionais capacitados para atender as necessidades dos alunos especiais e, em alguns casos, quando há disponibilidade desses profissionais, os números são escassos. Para Maria Teresa Mantoan, pedagoga e especialista em inclusão escolar, as escolas ainda se baseiam em moldes conservadores, que escolhe os alunos e trabalha apenas com os que atendem às suas expectativas.
Ademais, o bullying é extremamente presente na vida das pessoas com algum tipo de deficiência. Segundo pesquisa realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), 96,5% dos alunos admitem o preconceito contra pessoas com deficiência. Fato que mostra como a falta de atenção das autoridades para a inclusão dessas pessoas, gera graves consequências àqueles que recebem a violência. Uma vez que, alguns dos praticantes das agressões, sejam elas físicas, verbais ou mentais, não possuem conhecimento sobre a gravidade das deficiências, além disso, muitas das vezes, o preconceito é trazido de casa.
Portanto, faz-se necessário que as autoridades, por meio, de órgãos como o Ministério da Educação e o Conselho Nacional de Educação criem campanhas nas redes sociais e nos programas de televisão sobre a conscientização e a importância da inclusão social de pessoas portadoras de deficiências. Além do mais, as escolas devem parar de escolher os alunos e aceitar a todos de maneira igualitária. Além do mais, as escolas devem contratar mais profissionais qualificados para atenderem as necessidades dos alunos deficientes.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#63660
O livro “Extraordinário” mostra a vida de Auggie, um garoto de 10 anos, que nasceu com uma deformidade facial, oriunda de uma síndrome genética. Pela primeira vez em sua vida o garoto irá frequentar uma escola. No entanto, ao chegar ao colégio se depara com o capacitismo, em diversas situações < procure exemplificar] é tratado como incapaz intelectualmente e não é devidamente incluído com os outros alunos. [faltou conectivo] Correlacionando os acontecimentos do livro com a sociedade brasileira, faz-se notável a imperícia do sistema educacional brasileiro em incluir os deficientes aos demais alunos, bem como a falta de atenção das autoridades para as complexas consequências geradas através da discriminação.

[evite esse conectivo > Primeiramente, notam-se diversas falhas < prefira exemplificar o que sabe e não generalizar assim] no sistema educacional brasileiro. [faltou conectivo] No ano de 2015 foi promulgada a Lei Brasileira de Inclusão, tendo como objetivo alavancar a inclusão de pessoas com deficiência, além de determinar que o sistema educacional seja acessível em todos os anos escolares. Todavia, muitas escolas não possuem profissionais capacitados para atender as necessidades dos alunos especiais e, em alguns casos, quando há disponibilidade desses profissionais, os números são escassos. [melhorar conectivo] Para Maria Teresa Mantoan, pedagoga e especialista em inclusão escolar, as escolas ainda se baseiam em moldes conservadores, que escolhe os alunos e trabalha apenas com os que atendem às suas expectativas. < esse trecho deveria ser uma arrematação e não um novo repertório]
* Muito repertório, um já basta

Ademais, o bullying é extremamente presente na vida das pessoas com algum tipo de deficiência. Segundo pesquisa realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), 96,5% dos alunos admitem o preconceito contra pessoas com deficiência. [melhorar conectivo] Fato que mostra como a falta de atenção das autoridades para a inclusão dessas pessoas, gera graves consequências àqueles que recebem a violência. Uma vez que, alguns dos praticantes das agressões, sejam elas físicas, verbais ou mentais, não possuem conhecimento sobre a gravidade das deficiências, além disso, muitas das vezes, o preconceito é trazido de casa.

Portanto, [faltou arrematação do tema aqui] faz-se necessário que as autoridades < seria melhor citar o Governo Federal], por meio, de órgãos como o Ministério da Educação e o Conselho Nacional de Educação criem campanhas nas redes sociais e nos programas de televisão sobre a conscientização e a importância da inclusão social de pessoas portadoras de deficiências. Além do mais, as escolas devem parar de escolher os alunos e aceitar a todos de maneira igualitária. Além do mais, as escolas devem contratar mais profissionais qualificados para atenderem as necessidades dos alunos deficientes.
* A intervenção deve conter os elementos: agente + ação + meio + finalidade + detalhamento de um desses elementos
* Não foque em conscientização somente, é uma solução ineficaz
País dos sonhos

O escritor Stefan Zweing devido à persegui&[…]

Igualdade social

Como o título tudo diz ,não só[…]

Alienação parental no Brasil

A Declaração Universal dos Direitos […]

hel0oooo , Siiiiim você lembrou kkkkkkkkkkk[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM