Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#55551
São Tomás de Aquino defendeu que devemos tratar todos de maneira igualitária. Contudo, é perceptível que a sociedade brasileira encontra-se em oposição quanto as questões religiosas no país. Nesse sentido, a intolerância religiosa se dissemina de maneira atroz em meio às pessoas devido a falta de debates e a insuficiência legislativa, tornando comum os ataques sofridos por pessoas pertencentes às religiões exclusas de "grupos sociais".
Primeiramente, é importante salientar que o silenciamento em meio aos debates é um forte empecilho no combate à intolerância religiosa no Brasil. Segundo o sociólogo e filósofo alemão Habermas, a liguagem é uma verdadeira forma de ação. Entretanto, é notório que a falta de discussões leva ao desconhecimento das pessoas sobre o respeito e a aceitação ao novo, gerando ignorância e a ideia de que para ser comum o outro deve se adaptar ao que a maioria acha certo. Dessa forma, é necessário a disseminação de conhecimento em meio a população utilizando a oralidade.
Ademais, das diversas consequências ocasionadas da intolerância religiosa cabe destacar a violência sofrida pelos adeptos dessas religiões. Nesse ângulo é importante destacar que a constituição Federal de 1988 assegura o estado brasileiro como sendo laico, e ainda prevê a liberdade de credo. Contudo, a falta de leis que fiscalizem e incrimine atos violentos oriundos da intolerância religiosa só ajuda na disseminação de ataques físicos e psicológicos, cada dia mais presente na vida dos indivíduos adeptos a outra religião. Dessa maneira, a falta de leis que assegurem tais pessoas e as protejam de ataques só ajuda para a perduração de tal problema.
Portanto, uma intervenção faz-se necessária o quanto antes. Para isso, o Ministério da Educação, por meio das escolas da rede pública poderia incluir na grade curricular separada da Cultura Afro-Brasileira, a religiosidade, que deve ser abordada de maneira clara e aprofundada. Tal matéria poderia ter como base fundamental a tolerância e como ela deve ser exercida pelas pessoas no dia dia, sendo repassada para os alunos durante as aulas, sentimentos básicos de grande importância, como por exemplo, o respeito e a empatia. Com isso, cumpre-se o que foi defendido por São Tomás de Aquino e há igualdade idependente de qualquer fator ameno.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Desmatamento Florestal.

No filme " Pica Pau", narra uma hist&oac[…]

    No livro 1986 de George orwell, &eac[…]

“Segundo Émile Durkheim, soció[…]

A falta de estrutura para acolher pessoas com defi[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM