Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#59088
De forma cômica-trágica, Manuel Bandeira retrata a aproximação da morte por tuberculose em seu poema “Pneumotórax”, refletindo acerca dessa ameaça à saúde pública nos séculos passados. Atualmente, mesmo após os avanços informacionais e medicinais, a sociedade corre o risco de “voltar no tempo”, uma vez que o aparecimento de superbactérias volta a oferecer um risco sanitário devido a um quadro de imprudência no que tange a automedicação. A usabilidade e a facilidade de aquisição de fármacos, somado ao seu uso desenfreado sem prescrição médica, está dando lugar a um cenário de ameaça à integridade coletiva.

Sendo a automedicação, segundo o Conselho Federal de Farmácia (CFF), uma prática recorrente em 77% dos brasileiros, os efeitos da utilização de medicamentos de forma errônea vão muito além de uma consequência isolada. Tomando a teoria evolucionista de Charles Darwin como base, uma futura pandemia ocasionada por uma superbactéria resistente a antibióticos, selecionada pelo meio devido ao uso desmedido desses remédios, pode estar propícia a acontecer. Uma realidade análoga a Europa no século XIV, na qual a Peste Negra se instalava por todo o continente, fica mais próxima a cada automedicação efetuada.

Ademais a essa posterior situação de caos, o uso indiscriminado de medicamentos, que constantemente é incentivado por conhecidos e facilitado pelas farmácias, é causador de frequentes problemas ao cidadão. A comodidade na aquisição, fomentada pelo sistema capitalista, junto ao imediatismo social que cria no indivíduo uma predisposição a não buscar uma ajuda profissional, resulta em uma frequente recorrência à automedicação e ao alheamento às prescrições médicas. Dessa forma, fica cada vez mais evidente as consequências desse mal hábito. Dependência, ocultamento ou agravamento dos sintomas, inibição ou potencialização dos efeitos e intoxicação são apenas alguns dos resultados.

Com os crescentes hábitos contemporâneos de automedicação, se torna necessário a adoção de medidas que gerem o estreitamento do uso de medicamentos sem prescrição. Destarte, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) precisa implantar maiores fiscalizações e impor restrições mais rígidas no que diz respeito a compra de fármacos. Acrescido a isso, o Estado, por meio do Ministério da Saúde, deve promover campanhas de conscientização a fim de orientar acerca das ameaças trazidas por esse hábito, além de alavancar o investimento no sistema de saúde público para garantir um atendimento eficiente a todos. Medidas imediatas se tornam cada dia mais necessárias para assegurar a integridade coletiva brasileira.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

NathaliaLima , olá, boa-noite! irei corrig[…]

Anninha , olá, boa-noite! irei corrigir su[…]

A vocação para o mercado de trabalho[…]

MoniqTorres , olá, boa-noite! posso corrig[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM