Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#36285
Entre os anos de 2018 e 2019 o índice de desflorestamento, no Brasil, foi de aproximadamente 9.762km², é o que afirma o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Nesse contexto, constata-se que as negligências governamentais, interligada ao advento da agropecuária, promovem, de uma forma ampla, a degradação ambiental. Logo, faz-se imprescindível a atuação de subterfúgios eficientes, a fim de mitigar essa problemática presente em vários países, sobretudo no Brasil.

Em primeira instância, é mister salientar que, de acordo com a Constituição Federal, “Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, impondo-se ao poder público o dever de defendê-lo e preservá-lo”. Contudo, a realidade brasileira denota-se contraditória ao que é descrito no âmbito legal, uma vez que é visível a ausência de medidas estatais que visem coibir a degradação ambiental nacional, sobretudo na Amazônia. Nesse cenário, observa-se que, primordialmente, a fauna e a flora nacional tenderão a sofrer com as queimadas e suas consequências, encontrando-se à mercê da inércia governamental, o que transcende a importância de uma diligência adequada do Estado em busca de combater esse infortúnio social.

Ademais, cabe pontuar que o advento do modelo agropecuário, em áreas de florestamento, alavancou o índice de queimadas no Brasil. Nesse âmbito, a agropecuária desenfreada proporciona um fenômeno preocupante: segundo o World Wildlife Fund (WWF) – também conhecido como Fundo Mundial da Natureza – a taxa de queimadas entre os anos de 2000 e 2002, no Brasil, quase triplicaram, passando de 16 mil para 42 mil casos por ano, o que evidencia um descontrole exacerbado, e muitas vezes desnecessário, do manejo agrícola para a plantação e pastagens de gado. Sendo assim, faz-se essencial a adoção de mecanismos, por meio da esfera legal, que promovam uma adequada educação agrícola para com pequenos e grandes agricultores.

Desta forma, é necessário a intervenção do Governo Federal – órgão responsável por gerir e organizar a sociedade -, com o apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a fim de corroborar mecanismos efetivos que promovam uma adequada educação agrícola à pequenos e grandes agricultores, por intermédio do setor legal, em busca de estimular uma eficiência sustentável do manejo agrícola e, consequentemente, acarretar na preservação ecológica do meio ambiente brasileiro, assim como estipulado pela Constituição Federal.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#36321
@GabrielOliv, Olá! Tudo bem? Me chamo Eduardo, e eu vou corrigir essa sua redação pra explicar minha nota. Pra falar a verdade, eu não iria, pois ao começar ler sua redação, eu só tinha notado dois errinhos. Aí eu não queria tirar sua nota por isso. No entanto, eu acho que tenho problema com vírgula, pois não deixo nenhuma passar. Vou destacar seus seria com vírgulas e a nota da C5.

1 - Introdução
Entre os anos de 2018 e 2019(1) o índice de desflorestamento, (2)no Brasil, (3) foi de aproximadamente 9.762km², é o que afirma o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Nesse contexto, constata-se que as negligências governamentais, interligada ao advento da agropecuária, promovem, de uma forma ampla, a degradação ambiental. Logo, faz-se imprescindível a atuação de subterfúgios eficientes, a fim de mitigar essa problemática presente em vários países, sobretudo no Brasil.

(1) Faltou uma vírgula aqui.
(2) Vírgula desnecessária.
(3) Vírgula desnecessária.

Comentário: Sua introdução está perfeita! Voce apresenta muito bem as suas duas teses, e isso é ótimo. Ademais, desculpa se sou tão rígido com a colocação correta da vírgula, mas os corretores do Enem serão mais observadores que eu.

Dica: Estude sobre pontuação, principalmente na colocação correta da vírgula.

2 - Desenvolvimento 1
Em primeira instância, é mister salientar que, de acordo com a Constituição Federal, “Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, impondo-se ao poder público o dever de defendê-lo e preservá-lo”. Contudo, a realidade brasileira denota-se contraditória ao que é descrito no âmbito legal, uma vez que é visível a ausência de medidas estatais que visem coibir a degradação ambiental nacional, sobretudo na Amazônia. Nesse cenário, observa-se que, primordialmente, a fauna e a flora nacional tenderão a sofrer com as queimadas e suas consequências, encontrando-se à mercê da inércia governamental, o que transcende a importância de uma diligência adequada do Estado em busca de combater esse infortúnio social.

Comentário: Não achei nenhum erro ortográfico. Meus parabéns! Você argumentou muito bem. Trouxe um repertório sociocultural produtivo e pertinente ao tema. Além disso, as palavras usadas por você foram excepcionais.

3 - Desenvolvimento 2
Ademais, cabe pontuar que(1) o advento do modelo agropecuário, (2) em áreas de florestamento, alavancou o índice de queimadas no Brasil. Nesse âmbito, a agropecuária desenfreada proporciona um fenômeno preocupante: segundo o World Wildlife Fund (WWF) – também conhecido como Fundo Mundial da Natureza – a taxa de queimadas entre os anos de 2000 e 2002, no Brasil, quase triplicaram, passando de 16 mil para 42 mil casos por ano, o que evidencia um descontrole exacerbado, (3) e muitas vezes desnecessário, (4)do manejo agrícola para a plantação e pastagens de gado. Sendo assim, faz-se essencial a adoção de mecanismos, (5)por meio da esfera legal, que promovam uma adequada educação agrícola para com (6) pequenos e grandes agricultores.

(1) Faltou uma vírgula aqui.
(2) Vírgula desnecessária.
(3) Vírgula desnecessária.
(4) Vírgula desnecessária.
(5) Vírgula desnecessária.
(6) Esse "com" foi desnecessário.


Comentários: Seu maior erro é na colocação correta da vírgula. Outrossim, sua argumentaçãoestá ótima. Meus parabéns!

Dica: Antes de publicar a redação aqui, verifique se as vírgula estão colocadas corretamente para evitar a perca de ponto na C1.

4 - Conclusão
Desta forma, é necessário a intervenção do Governo Federal – órgão responsável por gerir e organizar a sociedade -, com o apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (AGENTE), a fim de corroborar mecanismos efetivos que promovam uma adequada educação agrícola (FINALIDADE) à pequenos e grandes agricultores (DETALHAMENTO), por intermédio do setor legal, (MEIO/MODO) em busca de estimular uma eficiência sustentável do manejo agrícola e, consequentemente, acarretar na preservação ecológica do meio ambiente brasileiro (OBJETIVO),assim como estipulado pela Constituição Federal.

Comentário: Com essa correção eu descobri que me equivoquei na nota da C5. Peço desculpa e irei por a nota de volta.

Apontamentos finais: Sua redação está ótima. Bem estruturada, com repertórios, boa escrita, meus parabéns!
Obs: Só melhora sua pontuação que o 1000 é garantido.


Bons estudos!
Dúvida!

Ashiley , os órgãos da sua cidade n[…]

CORREÇÃO (X) Em razão do c[…]

O artigo 5°, da Constituição Fed[…]

A chamada "Geração de 45",[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM