Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#60667
A tragédia do dia 25 de janeiro de 2019, no município de Brumadinho, estado de Minas Gerais, foi um dos maiores desastres ambientais que o Brasil já viu. A barragem I da Mina do Feijão se rompeu, jogando os rejeitos nas dependências da mineradora Vale do Rio Doce, matando quase 300 pessoas, e deixando várias sem abrigo. Os parentes das vítimas ainda sofrem com o descaso da mineradora responsável, que não apresenta planos concretos para auxiliar as famílias, despoluir os rios afetados e muito menos em evitar novas tragédias.

Antes do rompimento, a barragem já estava em “zona de atenção”, pois já apresentava sinais de um possível rompimento, segundo técnicos responsáveis por vistorias. A Mineradora defende que monitorava a barragem e que ela estava desativada. Os engenheiros responsáveis pelas obras foram presos e a mineradora, que pagou indenizações às famílias das vítimas, além de uma multa de 100 milhões de reais.

Os moradores do local e os funcionários da mineradora não foram alertados quanto ao possível rompimento, o que levou às mortes, pois não houve tempo para que todos se salvassem. As buscas pelos corpos ainda não acabaram, com vários desaparecidos. Além da perda dos parentes e familiares, há o descaso dos responsáveis da mineradora com as famílias, que ainda sofrem com os danos causados pela tragédia.

Outro aspecto desta tragédia foi o grande impacto ambiental, que destruiu a vegetação local, causando a morte de várias espécies de animais. Os rejeitos também atingiram o rio Paraopeba, tornando a água imprópria para consumo, reduzindo também a quantidade de oxigênio disponível.

Dessa forma, o rompimento causou danos ambientais, sociais, e econômicos. A mineradora deveria investir em planos concretos para evitar tragédias futuras, e que não se pense apenas no lucro, mas sim nas vidas. Para as famílias que perderam tudo, deveria ser dado um auxílio maior, moradias, alimentos, para que não precisem passar por mais dificuldades. Já para a questão ambiental, pesquisas poderiam ajudar a encontrar uma solução para despoluir os rios, ajudar os animais e fazendeiros que perderam tudo.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A série Grey's anatomy que é transmi[…]

Em 1992 foi criado o Ministério do Meio Amb[…]

Karol17 , aqui está! Introduç&at[…]

“A Biopirataria no Brasil”

camis23 , Muito Obrigada pela correç&atild[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM