• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#80491
No filme “Até que a sorte nos separe”, é retratada a história de Tino e Jane, um casal que vê suas vidas mudarem completamente após ganharem na loteria. Entretanto, a falta de educação financeira de ambos acaba por levá-los à falência em 15 anos. Fora da ficção, no cenário brasileiro atual, a educação financeira, assim como no filme, não é um tema abundantemente abordado. Assim, torna-se necessário discutir acerca de fatores como a escassez de tal ensino nos ambientes escolares e o consumismo como uma causa e uma consequência desse grave problema.

De início, vale ressaltar a escassez de educação financeira nas escolas como causadora do impasse. No ano de 2021, o Governo Federal lançou, mediante ao Ministério da Educação (MEC) juntamente a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o Programa Educação Financeira nas Escolas. No entanto, embora o programa tenha sido lançado, a situação brasileira permanece a mesma, visto que tal programa encontra-se apenas no papel, ou seja, não foi realmente aplicado na prática, dado que muitas pessoas ainda sofrem com a falta dessa educação. Logo, a persistência desse cenário corrobora o impasse.

Outrossim, cabe analisar o consumismo exacerbado dos brasileiros como consequência da problemática. Nesse sentido, a frase “Consumo, logo existo”, do sociólogo Zygmunt Bauman cabe perfeitamente, dado que nos dias atuais a população brasileira tem associado o consumo a algo necessário à vida. À vista disso, nota-se que os indivíduos têm, cada vez mais, o desejo de comprar e consumir, o que acaba por levá-los ao gasto financeiro excessivo com produtos, muitas vezes, fúteis e desnecessários, como é também retratado no filme citado anteriormente. Desse modo, a ausência de educação monetária acarreta na má gestão dos recursos financeiros.

Portanto, medidas são necessárias para amenizar o impasse. Para tal, cabe ao Ministério da Educação, órgão responsável pela formação educacional da população, por meio de profissionais qualificados, implementar a educação financeira na grade escolar. Essa medida terá como finalidade ensinar aos jovens, desde cedo, a importância de gerir os recursos monetários adequadamente, de modo que as próximas gerações sejam melhores que a atual. Dessa maneira, um passo colossal será dado rumo ao progresso e casos como o de Tino e Jane serão raros no país.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 167

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 167

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 167

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 167

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 167

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#80747
O filósofo Raimundo Teixeira Mendes, em 1889, adaptou o lema "ordem e progresso" não só para a bandeira nacional brasileira, mas também para a nação que, atualmente, enfrenta inúmeros impecilhos para seu desenvolvimento. Lamentavelmente, entre eles destaca-se a necessidade de educação financeira na sociedade brasileira, problema recorrente na atualidade. Isso se evidência não só pela má administração do dinheiro pelas pessoas, mas também pela neglicengia governamental relacionado a essa problemática. É necessário fazer a análise dos fatores citados acima, para a solução desse impasse.
Primeiramente, a má administração do dinheiro pelas pessoas, figura-se como relevante legadopara a necessidade da educação financeira na sociedade brasileira. Na comédia brasileira "Até que a sorte nos separe" mostra uma família que após ganhar na loteria, gasta todo seu dinheiro por usá-lo descontroladamente. Fora do filme, esse é um problema real no país, já que a população não possui um conhecimento necessário sobre como administrar seu dinheiro e acabam gastando mais do que possuem.
Além disso, a negligência governamental, representa um dos principais motivadores desse contexto. A constituição Federal de 1988, promulgada com base no Direitos Humanos, prevê a todos direito à educação, contudo o poder estatal fere essa legislação quando o assunto é educação financeira. No Brasil a população nos últimos anos sofre com endividamento, por nao saber administrar seu dinheiro, com a implantação da educação financeiras nas escolas ajudaria as pessoas a terem mais controle do próprio dinheiro.
Dessa forma, cabe ao ministério da educação -órgão responsável pela execução Política Nacional de educação- implementar nas escolas aulas de educação financeira, por meio de professores da área, com o objetivo de fazer com que as pessoas administrem melhor seu próprio dinheiro e assim se endividem menos.

Anna1 xIsabellasz vingrid KarllaViit Pe[…]

se puderem corrigir essa redação, fi[…]

Parabéns amiga! :)

O quadro expressionista "O grito" do pin[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM