Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#39514
No documentário “A área cinza” o doutor Guilherme Passamani expõe a ideia compulsiva de que todas as pessoas são obrigadas a desenvolver uma sexualidade e, logo assim, se identificar com uma orientação sexual. Alguns dos problemas regidos na atualidade são a centralização da heterossexualidade no contexto social e a falta de representatividade das sexualidades que foram descobertas recentemente. A hiper sexualização e objetificação dos corpos são assuntos que necessitam de atenção assim como a banalização da pornografia na infância.
Em primeira instância, é de extrema importância expor que na sociedade atual, a heterossexualidade é algo que é imposto desde a infância e fazendo com que os futuros adolescentes cresçam tendo o pensamento de que a homossexualidade é um desvio de caráter. No livro “Devassos no Paraíso”, o autor deixa explicito que o descobrimento da própria sexualidade tem de ser algo natural e ao decorrer dos anos, e não ao adotar comportamentos que lhe foram impostos, pois ao se descobrirem diferente da sexualidade que lhe foi de certa forma imposta desde a infância, acaba-se tendo uma dificuldade maior em se expressar e saber sobre sua identidade.
De acordo com o IBGE, a inicialização sexual atual varia entre jovens de 12 e 13 anos, o que faz-se de extrema importância ressaltar que em alguns casos o ato é tido com crianças e adultos, e em 2020, devido a pandemia e o isolamento social, a quantidade de denúncias de abusos sexuais dentro de casa aumentou em 30%, de acordo com uma matéria publicada pelo G1. A objetificação dos corpos tem uma grande relação aos fetiches que acercam a sociedade atual, mas não é um problema relacionado somente a atualidade, pois desde as colônias as mulheres pretas eram enxergadas como objetos sexuais.
Portanto, é imprescindível que medidas são extremamente necessárias para que esses problemas sejam resolvidos. O MEC juntamente ao ministério da saúde deve iniciar palestras sobre a diversificação que abrange a sociedade atual para que todos tenham noção sobre o quão diferente as pessoas são umas das outras. As escolas, ONGS juntamente a mídia devem ajudar a conscientizar as pessoas sobre a importância de proteger as crianças e conscientizá-las através de palestras, aulas e comerciais sobre cuidados pessoais e medidas de proteção e dessa maneira, a dificuldade voltada a descoberta individual exposta em “ A área cinza” se tornará passado.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Democratização do desenvolvimento N[…]

O início do século XX foi marcado pe[…]

A Conquista dos direitos indígenas previsto[…]

Olá, poderia corrigir minha redaç&a[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM