Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#37666
No filme espanhol "O Poço", é retratada uma plataforma em que há 666 pessoas, sendo duas por andar, e a comida é distribuída de forma hierárquica: quem está em cima come mais. De maneira análoga, percebe-se por meio dessa alegoria, o problema da desigualdade social, que se manifesta massivamente. Dessa forma, em razão do individualismo estrutural e da improbidade legislativa, emerge um problema complexo que precisa ser revertido.

Primeiramente, é preciso salientar que o egoísmo é uma causa latente do problema. Dessa forma, segundo o filósofo e sociólogo polonês Zygmund Bauman, "Vivemos tempos líquidos. Nada é feito pra durar". Diante disso, verifica-se que o indivíduo moderno se observa sob uma perspectiva individual e não como um coletivo, o que contribui para que o problema perpetue, uma vez que esse ideal estrutural está internalizado.

Em paralelo, de acordo com o jornalista e escritor brasileiro Gilberto Dimenstein, em sua obra "Cidadão de Papel", no Brasil, os direitos constitucionais são inefetivos, sendo garantidos apenas na teoria, o que gera uma falsa sensação de cidadania. No que tange à desigualdade social, nota-se uma forte influência dessa causa, uma vez que, no Artigo 5° da Constituição Federal de 1988, todo cidadão tem direito de viver plenamente sem qualquer tipo de distinção.

Portanto, diante de um cenário mutável, uma intervenção faz-se necessária. Para isso, é preciso que o poder judiciário, responsável pela fiscalização e cumprimento das leis, observe de perto e investigue de forma assídua, os diversos âmbitos hierárquicos da formação social, de forma sigilosa e prudente, de modo que a lacuna que conserva a disparidade entre classes seja encontrada, a fim de mudar as estruturas de poder para que a equidade prevaleça no sentido literal.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Atualmente, com o avanço do capitalismo, &e[…]

Depressão No Brasil.

No cenário social vigente, os caminhos para[…]

A homofobia no cenário escolar

A palavra homofobia significa a repulsa ou o preco[…]

Segundo o filósofo Sócrates, os erro[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM