Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#60884
A Constituição Federal de 1988, prevê em seu artigo sexto, o direito à saúde e informação como inerente a todo cidadão brasileiro. Conquanto, no cenário atual do país, observa-se justamente o contrário quanto à questão do estigma relacionado aos deficientes físicos na sociedade brasileira , dificultando, deste modo, a universalização destes direitos sociais tão importantes e necessários. Nesse contexto, percebe-se a configuração de um grave problema de contornos específicos, em virtude da falta de inclusão de deficientes físicos no âmbito social, trabalhista, publicitário e político.

Em uma primeira análise, deve-se ressaltar a falta de medidas governamentais para combater a restrição imposta aos deficientes físicos em locais de trabalho, na qual em grande maioria, são impedidos de ingressar em empresas devido a falta de adaptações em máquinas operacionais, por exemplo. Essa conjuntura, seguindo as ideias do filósofo George Shaw, que diz ser impossível progredir sem mudanças, atua como uma violação do "contrato social" do Estado, que não cumpre a função de garantir direitos sociais tão importantes aos cidadãos brasileiros, como descrito teoricamente na Constituição.

Ademais, é de fundamental importância ressaltar a falta de investimento no âmbito escolar para as crianças e adolescentes portadoras de deficiências físicas. Segundo a OMS, existem 38 milhões de pessoas cegas no mundo, das quais 1,5 milhão são crianças menores de 16 anos de idade. Diante de tal exposto, é notório que a maioria destas crianças não recebem um ensino de qualidade em suas escolas. Logo, é inadmissível que esse cenário continue a pendurar.

Conclui-se, então, a necessidade de combater esses obstáculos. Para isso, é imprescindível que o governo brasileiro, por meio de reformas de construção, faça adaptações para os deficientes físicos em lugares públicos e privados, como empresas e escolas, a fim de que todos os cidadãos brasileiros desfrutem de trabalho e educação de qualidade. Assim, se consolidará uma sociedade mais humana e empática, onde o Estado desempenha corretamente o seu "contrato social", fazendo surgir mudanças eficientes no país, tal como afirma George Shaw.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A pandemia de negacionismo no mundo

Sob a perspectiva histórica, é fato[…]

Em uma sociedade onde ler se tornou tedioso, utili[…]

• O Aumento dá violência contra […]

Akirakun18 , Andree Desculpa te incomodar,mas […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM