Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#40779
O filósofo cristão Agostinho defende que todos devem ser tratados com igual importância. Entretanto, a questão do racismo no Brasil é algo que contraria o ponto de vista do pensador. Desse modo, são necessários caminhos para combater esse grave problema que tem como causas principais a base educacional deficitária e a insuficiência legislativa.
Em primeira análise, é notório ressaltar que a lacuna educacional corrobora para a persistência do racismo na sociedade brasileira. De acordo com Kant, o homem é resultado da educação que teve. Assim, percebe-se que a escola ao não discutir em sala de aula sobre o racismo e como ele influencia de forma negativa na vida das vítimas que sofrem com esse crime, faz com que o seu combate seja cada vez mais difícil é que mais pessoas sofram com essa mazela social.
Ademais, a insuficiência legislativa é outro fator que precisa ser combatido em relação ao preconceito de cor. Segundo o contratualista John Locke, as leis fizeram-se para os homens e não para as próprias leis. Sob essa lógica, o não cumprimento de leis como a 7.716 que visa a punição de quem comete racismo ou discriminação de qualquer tipo, faz com que a resolução do impasse seja dificultada e que permaneça enraizada na cultura do país.
Portanto, uma intervenção faz-se necessária. Para isso, o MEC - órgão responsável pela educação no Brasil- crie uma campanha que será divulgada em escolas para os alunos e seus familiares por meio de palestras que contarão com a participação de especialistas no assunto. Tal ação, tem como objetivo a conscientização da sociedade, para que esta se torne atuante no combate ao racismo no Estado.Assim, o Brasil passará a agir de acordo com o pensamento agostiniano e extinguir gradualmente o racismo da história brasileira.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A grande jogadora de futebol feminino Marta, quebr[…]

Promulgada pela ONU em 1948, a Declaraç&ati[…]

Humanização da ciência

Segundo Dalai Lama, monge budista tibetano “[…]

Democratização do desenvolvimento N[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM