• Avatar do usuário
#69984
Tema: A propagação de discursos homofóbicos na sociedade brasileira.

Ao afirmar, em sua célebre canção “O Tempo Não Para”, o poeta e
compositor Cazuza faz, de certo modo, uma comparação entre o futuro e
o passado. De fato, ele estava certo, pois a propagação de discursos homofóbicos no Brasil não é um problema exclusivamente atual, uma vez que acontece desde antes do Brasil colonial. Desse modo, na contemporaneidade, as
dificuldades ainda persistem, seja pela influência legislativa, seja pela Herança marcada fortemente pela influência católica de Portugal.
Em primeiro lugar, é evidente que o Poder público falha ao cumprir o seu papel enquanto agente fornecedor de direitos mínimos , o que contribui para a permanência desses discursos preconceituosos. No entanto, de acordo com o filósofo grego Aristóteles, "a política tem como função preservar o respeito entre as pessoas". Tal fato demonstra-se como uma grande incoerência,já que esse respeito muitas das vezes não é se dado a comunidade LGBT que sofrem com esses discursos homofóbicos. Logo é preciso uma intervenção para que essa inaceitável questão seja modificada com o fito de alcançar a isonomia esperada pela sociedade.
Ademais, a herança preconceituosa deixada desde a colonização do Brasil é comum aos fatores que agravam o impasse. Nesse contexto, vemos que durante o Brasil colonial a prática homossexual era punida com algumas das piores penas existentes nas ordenações imperiais seguidas das orientações da igreja católica Sob esse viés é visto que os pensamentos de muitos sobre os homossexuais não mudaram mesmo a pôs o Codigo Criminal de 1930 tornar nula essa instruções, tal ato não se tornou prático pois muitas pessoas ainda são preconceituosas, agridem e matam os LGBTs. Nesse sentido percebe se que essa questão de vulnerabilidade social configura não só um irrespeito colossal mas também uma desvalorização descomunal.
Fica evidente que a falta de informação e as influências passadas são prejudiciais a propagação de tais discursos homofóbicos e que, portanto, são necessárias mudanças. Para tanto o Governo a exemplo de influências políticas e maior acessibilidade ao público deve promover medidas em junção as escolas por meio de palestras, movimentos e aulas ligadas a esse público que sofre com tais discursos. Nesse sentido, o intuito de tal medida é levar mais informação as pessoas , principalmente aquelas gerações mais novas, as quais estão iniciando sua Visão de mundo e, consequentemente, minimizar os índices de mortes de homossexuais e o preconceito a Comunidade LGBT. Feito isso, a música de Cazuza cairá em desuso pois o problemas não será mais constante.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

O peso de ser gentil

Cordialidade trata-se do bom recebimento e tratam[…]

A Constituição Federal, norma de mai[…]

Sua redação está maravilhosa[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM