• Avatar do usuário
#75391
É indiscutível que existe uma sexualização e exploração muito forte em cima das mulheres envolvidas no esporte, de tal maneira que as atletas que seguissem o estereótipo e tivessem o corpo mais padrão e normativo conseguiam mais cobertura e tinham maiores chances de fechar patrocínio com marcas. Não há como negar que se enfatizam essa visão idealizada da feminilidade tradicional, garantem que permanecerão desejáveis para os homens, tendo em vista esses aspectos as fabricantes começaram, assim, a pensar uniformes que pudessem garantir uma performance técnica, mas que também ficassem bonitos na TV e nas fotografias, para o deleite dos espectadores. E, no caso da roupa feminina, ela deveria agradar o público masculino.

Em consequência de muitas vezes, emissoras pressionavam esportistas a, em dias frios, abrirem mão dos macacões térmicos usados por baixo dos uniformes oficiais porque eles "não dariam boa televisão". Não há uma justificativa para determinar esses uniformes mais curtos ou justos para as mulheres. Mas há uma 'tradição' que se construiu ao longo dos anos e que, talvez se baseie muito no papel que se pensa a mulher na sociedade.

É notório que nestes casos, o corpo da mulher seria uma moeda de troca para atrair dinheiro e atenção para as modalidades esportivas. É uma forma de manter a mulher em seu lugar. Ela não pode ser uma atleta de alta performance, ela tem que se contentar com a beleza, com a elegância.

Por fim foram anos de discussão e educação para que chegasse a esse momento em que estamos refletindo sobre os uniformes femininos e a exploração do corpo da mulher no esporte.

Dessa maneira, o correto seria que as marcas, os clubes e as federações esportivas ouvissem as mulheres para que elas possam opinar sobre o que preferem usar. Afinal a performance é delas, nada mais justo do que consultá-las.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Anabia15 , PFVRR CORRIGE MINHA REDAÇ&Atild[…]

Olá, thayolivb . Aqui está a corre&[…]

https://projetoredacaonota1000.com.br/combate-ao-a[…]

GabrielFelix obg💕

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM