Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#59337
Jorge Amado, escritor brasileiro, propôs uma emenda que isenta qualquer imposto sobre a produção literária, além disso, tal proposta apareceu na Constituição de 1988. Mas, infelizmente, com o a nova possibilidade de tributação de cerca de 12% sobre o livro, emergirão problemas, tais como a diminuição do acesso à literatura pela classe social mais necessitada e a redução da produção literária.
A isenção de tributos sempre se apresentou como melhor maneira de democratizar os livros. O fato de que a ausência de qualquer imposto permite a chegada de obras nas camadas populacionais mais amplas, como foi dito no manifesto Em Defesa do Livros, escrito em 2020 pelas entidades relacionadas à literatura. Ou seja, o tributo sobre os livros podem impedir o acesso à cultura pelo povo.
O decréscimo na publicação de livros, caso aprovada a emenda, terá como principal causa a dificuldade do escritor ao lançar um livro. É o que afirma o editor da Editora Aleph, Daniel Lameira, em média o lucro de um autor é de 10% sobre o preço do livro, o valor cobrado pelo imposto ultrapassaria essa quantidade, desincentivando os escritores a publicar suas obras. Tal coisa pode causar a decadência de editoras e, consequentemente, dificultar a procura de obras.
Portanto, para evitar o surgimento de problemas em relação a essa cobrança no valor do livros, entidades representativas do livro devem, por meio investimentos e patrocínios, criar feiras do livro que facilitem a aquisição de títulos para a população, a fim de disseminar a cultura para todos. Ademais, o Governo deve, através da legislação, oferecer auxílio aos escritores iniciantes, a fim de evitar a queda na produção e incentivar mais indivíduos a publicar suas obras. Desse modo, a emenda que começou com Jorge Amado pode perdurar.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Alfabetização

No filme "Como estrelas na terra" &eacut[…]

NathaliaLima , olá, boa-noite! irei corrig[…]

Anninha , olá, boa-noite! irei corrigir su[…]

A vocação para o mercado de trabalho[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM